clube   |   doar   |   idiomas
terça-feira, 16 jun 2020
Podcast 412 - As Constituições contra o Brasil (Paulo Roberto de Almeida)
logo_itunes_podcast.png


Rodrigo Marinho entrevista o diplomata de carreira, historiador das relações internacionais, estudioso da economia política e autor e organizador de diversos livros, Paulo Roberto de Almeida, que nos conta um pouco a respeito da história das constituições do Brasil e como elas construíram o nosso país.


Paulo Roberto também mostra como a atual constituição de 1988 é arcaica e responsável por atrasar o nosso desenvolvimento político e econômico.


Paulo Roberto de Almeida é Doutor em Ciências Sociais pela Université Libre de Bruxelles, Mestre em Planejamento Econômico pela Universidade de Antuérpia e Licenciado em Ciências Sociais pela Université Libre de Bruxelles. Como diplomata serviu em diversos postos no exterior e exerceu funções na Secretaria de Estado, geralmente nas áreas de comércio, integração, finanças e investimentos.




  • Felipe  18/06/2020 19:18
    Rapaz, mas que disparate é esse? O convidado não perde a chance de chamar nosso presidente de autoritário, elogia a social-democracia e chama a China de capitalista no podcast do Instituto Mises??? Pobre austríaco... está se revirando no túmulo.
  • Lucas Souza  30/06/2020 05:55
    Não é à toa que houve uma ruptura no Instituto Mises Brasil e os irmãos Chiocca saíram e criaram o Instituto Rothbard. É lá que a defesa da liberdade continua.
  • Paulo Roberto de Almeida  20/06/2020 06:15
    Caro Felipe, creio que você deveria examinar com atenção o caráter do atual presidente: um autoritário com alma de tirano (se é que ele tem alma); existe um livro do jornalista Maklouf sobre o autoritário capitão, e suas fraudes no Exército: ele deveria ter sido expulso sem concessões, e se fez um arranjo para não causar confusão, pois ele era um terrorista potencial. A social-democracia é um tipo de construção social, política e econômica que tem legitimidade histórica e eleitoral, e construiu brilhantes democracias na Europa. Não seja sectário e conheça melhor a trajetória das social-democracias europeias. Quanto à China, é um despotismo, ou uma autocracia, mas se trata de um pais MAIS CAPITALISTA do que o Brasil. Se você não conhece a China, leia mais sobre o país, e visite, de preferência com mais tempo do que simples turismo. Aprenda que o mundo não é o mundinho da Escola Austríaca apenas. Não seja sectário, e tenha sobretudo o espírito aberto.
  • São Paulo é meu país  23/06/2020 05:47
    A social-democracia foi criada para defender a concentração de poder no estado em locais e situações onde o comunismo mais radical não têm espaço. Ela funciona como uma ponte para a ditadura socialista, obtendo mais espaço aos poucos.

    Historicamente, tem causado grandes desastres na vida das pessoas, como foi o caso aqui na América Portuguesa com o PSDB.
  • Imperion  20/06/2020 18:53
    Social democracia na europa ta é tirando a liberdade do seu povo.
  • Paulo Roberto de Almeida   21/06/2020 06:35
    Tanto Imperion, quanto Tia do Zap, ambos se escondendo sob pseudônimos— Que Vergonha! — demonstram sectarismo, desconhecimento e arrogância, o que é tipico de AUTORITÁRIOS , não de liberais. Só recomendo que se informem, antes de escrever bobagens de extrema direita.
  • Tia do Zap  20/06/2020 22:21
    É, se o instituto Mises se prostrar à esquerdopatia como fez a melancia MBL, a defesa da liberdade na internet tenderá à perda de suas esperanças. Continuemos lutando.


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.