clube   |   doar   |   idiomas
sexta-feira, 25 out 2013
95º Podcast Mises Brasil - Danilo Gentili

logo_baixa.jpgPODCAST 95 – DANILO GENTILI

- “Hoje em dia está muito fácil reconhecer quem está contra você. Ele sempre aparece a favor do governo”.

- “Se o governo disse que é verdade é porque é mentira”.

- “Tudo que vem do estado é uma merda! De funcionários à estrutura! Por isso sou antiestado”.

Se você não leu as seguintes frases publicadas recentemente no Twitter, dificilmente identificaria como seu autor o comediante Danilo Gentili, que tem cada vez mais elevado o tom das críticas ao governo e ao estado nas redes sociais e no seu programa Agora é Tarde, na TV Bandeirantes.

Para saber qual a origem e o fundamento dessa posição política, o Podcast do Mises Brasil entrevistou o comediante, que, para nossa surpresa, é ouvinte deste programa:

 “Meu pai era o que chamariam de proletário e eu cresci num cortiço em Santo André (São Paulo). E eu posso afirmar que naquele quintal, daquele cortiço, onde as pessoas eram pobres, todas odiavam a intervenção do estado, todas odiavam pagar imposto e [...] todos odiavam os sindicalistas, que nada mais são do que máfias. Desde sempre, eu coleciono uma série de insatisfação e até mesmo nojo do estado”.

Formado em Comunicação Social (Publicidade), comediante, roteirista, escritor e empreendedor (é dono do Comedians Club), Gentili começa esse podcast relatando como políticos do PT, ao perceberem o êxito de um empreendimento social (um orfanato) que vinha sendo realizado por sua mãe, decidiram confiscar e estatizar o estabelecimento, inventando várias calúnias contra sua mãe na Justiça.  Três meses após o confisco tudo já estava às traças, deixando claro que a “preocupação social” nunca foi o real interesse dessa gente.

Gentili também opinou sobre a razão pela qual as ideias socialistas continuam a seduzir tantos jovens, fez uma crítica sobre a ausência de uma ação e um discurso cultural por parte dos liberais e diz que falta apoio aos defensores das liberdades que estão na linha de tiro:

“O estado tem vencido no campo cultural e no campo do ensino. Acho que os liberais precisam ver quem são os ícones culturais ou que têm potencial cultural para influenciar as pessoas, além dos professores que estão na resistência contra a lavagem cerebral, e apoiá-los. Sinto que às vezes falta, daqueles que zelam pela liberdade, zelar pela liberdade daquele que está em cima do palanque falando sobre liberdade, porque o outro lado (os inimigos da liberdade) faz isso muito bem quando aparece no debate um ícone cultural que os representa”.

Perguntado se já foi de esquerda ou simpatizante do socialismo em sua juventude, Gentili é direto: “Talvez por ter sido pobre e não ter estudado na USP, nunca fui socialista.”  E conclui: “Graças a Deus tive de adquirir uma opinião própria a respeito das coisas. Quem não é doutrinado em universidade, e é capaz de ler e chegar às próprias conclusões, percebe como o estado e a intervenção estatal são uma desgraça na vida das pessoas”.

Gentili ainda fala sobre a importância da família e dos amigos na formação do indivíduo, a influência marxista no meio universitário, a ditadura do politicamente correto na sociedade atual, o humor contra políticos e muito mais.

Ao ser perguntado se temia perder o programa de TV por causa das críticas que têm feito: “A minha briga não é para manter emprego; a minha briga é para viver num país livre”.






  • anônimo  25/10/2013 09:14
    Legal a iniciativa dos podcasts, mas seria muito melhor fazer um vídeo e postar no youtube.Mais fácil pra divulgar, até
  • Equipe IMB  25/10/2013 12:07
    Está no YouTube, como todos os nossos últimos podcasts.
  • anônimo  25/10/2013 14:40
    Legal, mas o que eu quis dizer é fazer um vídeo mesmo, filmar a entrevista toda.Ou pelo menos capturar a câmera se for pela internet, fica mais interessante e atrativo assim
  • Pedro Ivo  26/10/2013 10:44
    Seria uma iniciativa válida um talkshow libertário. A TV é o gran formador de opinião no Brasil. Seria "Fantástico" sair da internet e ir a TV.
  • Eduardo  25/10/2013 09:30
    Genial!
  • mauricio barbosa  25/10/2013 10:05
    Além de não ter o conhecimento alguns ainda acreditam que basta votar na pessoa certa que tudo mudará para melhor eis a questão...
  • William  25/10/2013 10:51
    Excelente podcast! Eu já era fã do Danilo como humorista há um bom tempo e acabei me tornando mais ainda quando ele foi revelando melhor suas visões políticas, e aposto que entre os fãs ainda tem muito mais gente assim.
  • PESCADOR  25/10/2013 11:32
    É raríssimo ver um libertário famoso no Brasil. Pode-se contar nos dedos de uma mão.
    Já era fã do Danilo como humorista, agora sou mais ainda.
    Parabéns, Danilo. Continue fazendo um bom trabalho!
  • Gisele  25/10/2013 11:45
    Perfeito!
  • Rui  25/10/2013 11:49
    Genial, eu já admirava o trabalho dele, agora que sei a visão política dele sou ainda mais fã.
  • Julio Heitor  25/10/2013 11:52
    O solo de guitarra é demais? De qual musica vocês tiraram?

    A proposito, excelente entrevista!
  • Fernando Chiocca  25/10/2013 13:45
    We fight for freedom!

  • Julio Heitor  25/10/2013 15:50
    Valeu Fernando!

    Abraços!
  • Sergio  25/10/2013 23:14
    Muito legal! Tem mais alguma musica ou banda para indicar?
  • Herberth Amaral  25/10/2013 11:57
    MANOWAR, PORRA!!!
  • Guilherme  25/10/2013 12:08
    Parabéns ao Bruno pela caça ao Danilo, rs. Excelente.
  • Daniel Jurkewicz  25/10/2013 13:05
    Muito bom programa, vale a pena ver, Danilo tem uma percepção social muito apurada, precisamos de mais pessoas como ele em posições de influência.
  • Felipe  25/10/2013 13:13
    O Danilo falou sobre a falta de divulgação das idéias libertárias no meio cultural. Já que ele é uma pessoa popular, seria legal se ele próprio fizesse isso. Imagina quantas pessoas ele não pode alcançar??
    Eu também acho que falta o conhecimento dessa idéias, porque ao debater com amigos, muitos deles concordam e até já trazem de maneira intuitiva muitos dos princípios liberais, só falta mesmo a pessoa "ligar os pontos".
  • inara kethlin  25/10/2013 18:52
    o danilo é muito inteligente e em resposta ao felipe eu acho que ele já está começando a fazer isso tanto que já está sofrendo bastante repressão como ele disse daqui um tempo é possivel que eles tierem ele da tv mas msm assim ele não teme o que talves ele teme(se é que ele teme)seria as perseguições até éla sua vida como ele disse se mataram aliados do pt por que não ele pra mim essa deve ser a unica coisa que ele teme e pra mim ele sem duvida está se tornando um grande pensador até que eu estou me interessando nisto só por causa dele e da visão dele que consegue expor o que ele pensa de forma que muitos até quem não tem tanto conhecimento entenda
  • Rodrigo D.  25/10/2013 13:23
    Parabéns.
  • Fred  25/10/2013 13:43
    Muito bem colocado a visão sobre a questão cultural. Nós, liberais, ficamos só na economia ao contrário dos socialistas que trabalham nas duas pontas da corda. Enquanto tivermos essa postura eles sempre estarão na frente. Como resolver a questão? Não sei, se alguém souber...
  • Reinaldo do Valle  25/10/2013 14:47
    Eu sempre reparei um viés liberal no Danilo quando inocentemente ouvia suas piadas, gosto muito do seu humor e ele é o que mais temos de parecido com o Seth Macfarlane (como comediante).

    Eu me simpatizo muito com a história contada por ele pois minha família já teve de tudo pra crescer mas toda a burocracia e impostos sempre atrapalharam tudo! Meu avô era empreendedor, tinha uma sorveteria, levantava as 4 da manha todos os dias para limpar a sorveteria sozinho e ficava nela o dia todo administrando...SÓ ELE...pois não tinha condições de contratar um funcionário...isso aos 65 anos.

    Meu pai é um empreendedor nato, teve um açougue, acabou perdendo tudo justamente por não conseguir sustentar funcionários, regalias, impostos e toda a ferrugem que teimam em colocar nas engrenagens do empreendedorismo no Brasil. O engraçado é que na época, com os direitos trabalhistas, muitos comemoram, os funcionários do meu pai eram como filhos pra ele, todos gostavam dele e quando eu ia la sentia o clima de brincadeira...depois das mudanças e exigências que aconteceram nas leis, meu pai teve que demitir todo mundo e fechar o açougue...ninguém comemorou, alguns ficaram desempregados e outros sumiram com o passar do tempo...ninguém mais se viu.

    Eu sou empreendedor, descobri isso depois de trabalhar em 5 empresas e notar que nasci para gerenciar, planejar e ousar, mas novamente, o sistema faz mais uma vitima na minha família...eu mesmo! pra terem ideia, eu tenho uma agência de criação e uma loja de roupas que está começando a confeccionar, eu gosto de empreender, empreenderia em várias áreas, acho bonito você oferecer algo que está faltando no mercado, é mais altruísta do que cobrar impostos prometendo boas estradas... estou sofrendo bastante com a carga tributária, com o péssimo serviço dos correios e com a burocracia toda para importar, exportar, revender, alugar, confeccionar...

    Os defensores dos pobres, os esquerdinhas, acham que as leis trabalhistas pioram a vida do patrão e melhoram a vida do empregado, eles acham que essas leis vão ferrar com os Eike batistas da vida, Abilio Diniz e outros...mas na verdade, essas leis vão ferrar com o seu Manuel da pequena e humilde padaria de esquina onde todos confiam o pão de cada dia, vão ferrar a dona Maria da feira que ta todo domingo la tentando oferecer o melhor abacate possível, vão ferrar o seu João que vende doces e salgados feitos por ele e pela esposa e que alimentam muitos horários de almoço no nosso Brasil.

    Voltando ao Danilo, ele esta certo, temos que trabalhar as emoções, mostrar motivos que ultrapassam números, mas se ele mesmo não reparou, ele faz parte do lado cultural...e tem feito muito bem! No humor temos ele, mas precisamos de outros, também, na música temos o lobão, que é ótimo, mas precisamos de outros...e no geral? Nas revistas em quadrinhos, nos filmes, nas novelas, nas séries? Acho que tem muita gente com sangue liberal nas veias mas tem medo de se revelar, Danilo tem muito culhão, bombou agora na mídia e ja jogou seu lado político na cara de todo mundo! Tem artistas que levam anos pra fazer isso, alguns já partem para o clichê socialista e revelam sua real faceta.

    Enfim, ótimo podcast!
    Abraços pra galera do Mises, Freedom!!!
  • Julio Heitor  25/10/2013 15:50
    Reinaldo,

    ótima descrição do seu pai. Parabéns pelo pai que tem e continue na luta.

    Só não acredito que alguns libertários sejam medrosos. Quem descobre a verdade não consegue ficar sem dizer a todos que conhece o que ele descobriu.

    Eu mesmo sou um deles. Posto no meu facebook todos os artigos que acho de fácil entendimento para o publico em geral. Compartiho posts do Fernando e do Paulo Martins (um jornalista conhecido do SBT que também fala a verdade nua e crua sobre o estado) DIARIAMENTE. Minhas fotos, informações estão todas lá para quem quiser ver.

    To pensando até em criar um twitter para defender o Danilo sempre que ele estiver sendo "atacado" pelos esquerdistas. Vou tentar atiçar a curiosidade de quem já segue o Danilo.

    Um grande abraço!
  • Silvio Pinheiro  06/12/2013 20:02
    Você e sua família merecem todo o nosso respeito. Apesar do nosso governo ser o maior inimigo do homem de bem, nunca desanime e não quebre essa corrente de empreendedorismo. Sempre se tenha em mente esse verso da Canção do Tamoio:

    Não chores, meu filho;
    Não chores, que a vida
    É luta renhida:
    Viver é lutar.
    A vida é combate,
    Que os fracos abate,
    Que os fortes, os bravos
    Só pode exaltar.
  • Filipe Celeti  25/10/2013 14:55
    Épico!
  • Daniel   25/10/2013 15:54
    Gostei muito da entrevista!
    A liberdade vai nos sendo tirada aos poucos sem que percebamos.

    Vamos lutar por ela!
  • Mary Smmehier  25/10/2013 16:02
    Fico muito feliz ao presenciar uma Liberal espalhar suas ideias políticas sem induzir ninguém a este pensamento, apenas com fatos.

    Parabéns pelo Podcast, está excelente!
  • Caio-SP  25/10/2013 16:15
    Muito bom. Agora, libertário só pensa em economia? Dê uma olhadinha nesse site.... só pra começar.
  • Fábio de Paula Martins  25/10/2013 16:44
    Bruno,
    Está na hora de chamar para o seu programa o Roger do Ultraje a Rigor, o Marco Antonio Villa, Luiz Felipe Pondé.
  • Fabio de Paula Martins  25/10/2013 17:32
    Outra sugestão de convidado para o Podcast é o Flavio Morgenstern!
  • Bruno Garschagen  27/10/2013 23:08
    Obrigado pelas sugestões, Fabio.

    O Morgenstern já foi entrevistado: www.mises.org.br/FileUp.aspx?id=229

    Abraços.
  • Bernardo  28/10/2013 13:56
    Parabéns, Bruno!
    Depois de ver o PC Siqueira "explicando" o que é direita e o que é esquerda no YouTube, fiquei preocupado e pensei em qual personalidade influente poderia combater essa doutrinação dos jovens nas escolas e nas universidades via internet.
    Apesar de sempre ter curtido muito o Danilo, acabei só pensando no Adnet (quem sabe um possível liberal e um bom nome para o Podcast?), mas o Danilo é o cara! Vc foi bem no ponto!
    Parabéns aos dois!
    Tá na hora de chegarmos aos mais jovens! A internet é o caminho! Idas às escolas e universidades também, mas a internet é a ferramenta (como os doutrinados do outro lado já descobriram há muito tempo).
    Força galera. Força, Danilo!
    Abs.
  • anônimo  30/10/2013 20:09
    Alguém tem que fazer uma resposta a altura, pra colocar lá bem grande como vídeo resposta.
  • Humberto Miguez  25/10/2013 18:53
    Adoro o Danilo como humorista político, mas como analista, melhor iniciar do pré-primário ... parabéns pela entrevista Bruno, acompanharei outras!
  • Henrique P.  25/10/2013 19:40
    Ótimo, Podcast. Sempre gostei do trabalho dele.
    Eu, infelizmente ou felizmente, sou um dos que estão cansados e sem disposição alguma de acreditar em alguma mudança. Eu não discuto e não argumento mais nada... A minha única meta nos últimos meses é mudar de país o mais rápido possível e aos poucos estou conseguindo. abs e boa sorte a todos.
  • Helder Ribeiro  30/10/2013 12:02
    Excelente a entrevista! Tenho ouvido o podcast há um mês mais ou menos e foi a primeira vez que me motivei a escrever.

    Ótimos o que ele fala sobre esse mito de "quem não quer pagar imposto é patrão". A parte cultural também é super relevante. Leis Rouanet et al são um problema mesmo. Vamos apoiar diversidade!

    Parabéns por o terem convidado.

    P.S.: dando a visão de "ouvinte iniciante", sugeriria trocar a música de abertura. Foi meio chocante no começo e me fez questionar um pouco a qualidade do programa (que, fui vendo, é muito boa).
  • Anônimo  02/11/2013 14:10
    Eu particularmente ainda defendo a minimização e reforma estatal, diferente do próprio Gentili, que visa explícitamente a abolição do intervencionismo em todos os âmbitos (principalmente no cultural), havendo então, uma pequena divergência de perspectiva no que se diz respeito à liberdade individual. Mesmo assim, fico com tamanha satisfação por poder confiar a minha "audiência" ao ilustre entrevistado. Não por idolatrá-lo ou por superestimar sua competência profissional, mas sim por reconhecer humildemente a sua condição e postura diante da mídia/estado.
  • Anderson  02/11/2013 15:38
    O Danilo não é um herói...não é um pensador ou uma liderança com novas opiniões ou sejá lá o que for.
    Ele é uma pessoa comum, igual a todos nós, que tem um dom igual a cada um de nós (o dele é a comédia, eu acho pelo menos).
    O que ele diz reflete a opinião das pessoas, o que devemos elogiar é a coragem de tomar a frente, de falar, de dizer o que pensa.
    Parabéns Danilo!
  • Celso Vieira  03/11/2013 13:30
    Parabéns pelo podcast Bruno, neste momento de trevas que passa nosso país com essa esquerdopatia precisamos de mentes pensantes pra construir o Brasil do futuro para nossos filhos e netos.
    Obs: A trilha sonora do seu podcast é sempre uma surpresa agradável. Hail to IMB!!!!
  • Felipe  06/11/2013 23:34
    Muito bom!!! Já achava o cara maneiro, agora só confirmei que o cara é um humorista inteligente.
  • anonimo  24/11/2013 20:20
    Acredito que os marxistas doutrinam as pessoas desde a idade infantil.

    Acredito que a Igreja Batista Doutrina (Americana) as pessoas desde a idade infantil.
    Acredito também que nas periferias do estado de São Paulo, um branco e Paulista não conseguirá vender para os habitantes Nordestinos, lembrando que mais da metade dos empregados das empresas paulistas são nordestinos.

    Lembrando que uma grande parte das empresas foi para a zona Franca de Manaus.
    Acredito que os impostos e a especulação prejudicam a economia.

    Acredito que a economia é uma ciência feita para o dono do capital e somente ele.
  • filipe  08/12/2013 03:32
    acredito que o anonimo eh muito burro. a ciencia economica eh uma ciencia, logo tem como premissa compreender algo, entender algumas leis de como funciona o comercio. o marxismo, por exemplo, eh uma parte da ciencia economica nao feita para o dono do capital.

    acredite menos e tente saber mais.

    nao entende nada de periferia de sao paulo e vomita os seus achismos. parabens pelo seu compromisso com a verdade!
  • anonimo  08/12/2013 13:07
    acredito que o burro seja você, e você tem menos conhecimento e honestidade que eu
  • anônimo  18/01/2014 15:02
    Como é? Marxismo é parte de alguma ciência? Então quando foi na história que algum resultado prático confirmou as teorias do marxismo?
    Que eu saiba foi justamente o contrário
  • Igor Gudima Cunha  07/01/2014 13:40
    Olá!

    Conheci o seu podcast pelo Luciano Pires, que tenho amizade no Facebook. Adorei a entrevista, já ouvi este episódio, o do Luciano e do Lobão. Este me fez mudar a percepção sobre o Danilo Gentili, que eu não tinha esta percepção da sua posição política. Excelente episódio, parabéns!

    Abraços!
  • Lucas Conrado  18/01/2014 12:03
    Ouvi o programa só nessa semana. Achei muito bom e concordei com muito da posição política do Gentili. Agora, só não achei convincente quando ele foi se defender das críticas.

    As críticas que ouço ao Gentili, muitas feitas por amigos meus esquerdistas, não tem nada a ver com ele concordar ou não com o PT, Mais Médicos etc. As críticas que chovem em cima dele tem a ver com piadas que ele conta que são consideradas machistas ou racistas.

    Tipo a piada daquela mulher que doava leite no interior de São Paulo (se não me engano), mas teria sido tão zoada na cidade que não conseguiu mais doar leite. Outro ponto, foi quando o Gentili perguntou (de "brincadeira") quantas bananas um negro queria para relaxar quanto às piadas.

    Se o Danilo é de direita, esquerda, centro, cima, baixo, etc, pouco importa ao grande público. Agora, na minha humilde opinião, liberdade de expressão não é desculpa para ofender pessoas.

    Tirando o fato de ele jogar a culpa das críticas numa suposta perseguição política, foi um ótimo programa.

    Abraços,
    Lucas
  • Matheus Bonfim  22/11/2014 19:10
    Amei esse podcast, Danilo Gentili é mito mesmo, eu estou no primeiro ano do ensino médio e estou amando ler os livros do Mises e estou tendendo para o lado Liberal, e infelizmente aguento na escola professor dizendo que o capitalismo é ruim, que burguês é inimigo e que a resposta para esse problema é Marxismo, é triste, adorei o podcast, parabéns o/


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.