clube   |   doar   |   idiomas
sexta-feira, 8 jun 2012
23º Podcast Mises Brasil - Adriano Gianturco

logo_baixa.jpgENTREVISTA 23 - ADRIANO GIANTURCO

 

Mestre (Universidade de Turim) e doutor em teoria política (Universidade de Gênova), o italiano Adriano Gianturco está há dois anos no Brasil. Nascido na Catania, Sicília (Itália), trabalha como professor do departamento de Relações Internacionais do Ibmec de Belo Horizonte (MG) e nos apresenta, neste podcast, sua perspectiva comparativa sobre os ataques e ameaças à liberdade na Itália e no Brasil.

"Na Itália, além das coisas mais famosas, como uma dívida pública de 120%, um mercado de trabalho muito fechado, especialmente para os jovens, e corporações profissionais muito mais regulamentadas até do que no Brasil, mas que em parte vocês copiaram exatamente da Itália, neste momento o debate público está baseado na evasão fiscal. Está quase que se criando o que podemos chamar de um estado policial no que se refere à cobrança de impostos. O empresário já é visto como um potencial sonegador. Não há presunção da inocência, um dos pilares fundamentais do direito em quase todos os ordenamentos jurídicos. No Brasil, pelo que vejo, além dos aspectos mais evidentes, como um protecionismo muito forte e um welfare state que está crescendo, há também pequenas proibições, um higienismo de estado, onde se regula até guardanapos e canudos. E um dos aspectos mais problemáticos que eu vejo é a proibição dos trabalhos informais, especialmente para os estratos econômicos mais baixos, como limpar carros, vender pipoca, comida na praia etc. Isso limita as possibilidades dessas pessoas."

Adriano também disserta sobre o ambiente acadêmico italiano, no que se refere ao interesse e estudos das ideais liberais e do pensamento Austríaco. "Já tivemos professores e pesquisadores estudando a Escola Austríaca na Universidade de Luiss (Roma), mas, infelizmente, hoje a situação está declinando e não sei se vai aumentar o número de professores austríacos."

Ele próprio estudioso da Escola Austríaca, Adriano produziu trabalhos acadêmicos sobre a justificativa moral da propriedade, a imoralidade da redistribuição, além da ação e função empresarial na obra de Israel Kirzner e sobre a obra de Bruno Leoni, autor do excelente A Liberdade e a Lei. O professor do Ibmec também comenta seus estudos atuais sobre o problema dos votos brancos e nulos, e das abstenções.




  • Fábio MS  21/06/2012 04:54
    Bruno, você saberia me dizer (ou repassar o questionamento ao entrevistado para que ele diga, se possível) se o Adriano tem algo publicado (artigo, comentário, debate) a respeito dos votos brancos, nulos e das abstenções e onde posso encontrar esse material?
    Abraço.
  • Adriano Gianturco  21/06/2012 08:02
    Fabio,\r
    \r
    Obrigado pelo interesse. Sim publiquei um capitulo de um livro sobre isso, mas em italiano! Depois a coisa foi reportada em alguns artigos jornalisticos online (logo disponiveis) mas sempre em italiano (acho que coisas escritas e sobre questoes cientificas da para entender para voces).\r
    Ja tenho em programa traduzir estas coisas mas falta o tempo! \r
    Pode me contatar a adriano.gianturco@gmail.com
  • Fabio MS  21/06/2012 08:41
    Adriano, eu é que agradeço a sua gentileza.\r
    Depois de ouvir o podcast, fiquei bastante interessado por esse tema, ainda mais por causa do seu entendimento de que a proporção de votos em branco gere a mesma proporção de cadeiras vazias no parlamento. Nunca tinha visto a coisa por esse lado.\r
    Se precisar, entrarei em contato.\r
    Abraço.


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.