clube   |   doar   |   idiomas
sexta-feira, 30 mar 2012
13º Podcast Mises Brasil - Cristiano Chiocca

logo_baixa.jpg13 - Entrevista com Cristiano Fiori Chiocca

Cristiano Fiori Chiocca, economista, empresário e vice-presidente do Instituto Mises Brasil é categórico ao afirmar que o futuro do pensamento econômico é a Escola Austríaca. Sua afirmação baseia-se na avaliação de que a "ciência econômica, no ultimo século, se entregou totalmente ao positivismo científico, ao utilitarismo; e, com a avalanche keynesiana, virou uma completa conversa de loucos travestida de ciência". A Escola Austríaca, assim, seria a salvação da economia enquanto pensamento econômico.

Nesta entrevista para o Podcast do Instituto Mises Brasil, Cristiano diz que o estudo do conteúdo disponível no site do IMB vale mais do que os doutorados em economia oferecidos no Brasil. À minha pergunta sobre se a matemática é simplesmente útil para construir uma carreira acadêmica ou no mercado financeiro ou também é importante para o próprio estudo e desenvolvimento teórico da Escola Austríaca, ele disparou: "Para se tornar um economista de fato você não precisa de uma única aula de matemática. Conhecimento elementar do ensino médio é mais do que suficiente. Mas para conseguir um diploma de economista você precisa. E muito." Frases como esta dão o tom desta entrevista com o Cristiano, que também falou acerca da aplicação da teoria Austríaca no mercado financeiro, sobre o grau de intervenção estatal nesse segmento, sobre os ciclos econômicos, sobre o fracasso da democracia no que se refere à redução do tamanho do estado. "Cada vez mais as piores pessoas têm assumido o poder. As pessoas que buscam o poder são as mais gananciosas, egoístas. A democracia é um prato cheio para essa gente. É a forma que elas têm para alcançar o poder e exercê-los sobre outras pessoas".




  • Cristiano  01/04/2012 17:28
    Cristiano,
    Eu achei bem interessante o trecho da entrevista em que você destaca o impacto da regulação da CVM no ambiente de competição no mercado financeiro.
    Sou aluno de Economia e preciso fazer um artigo para a disciplina de Economia do Setor Público. Eu pensei escrever um artigo sobre o mercado de planos de saúde no Brasil.
    Tu acha que se o mercado de planos de saúde fosse totalmente desregulamentado, ou seja, fosse extinto a ANS haveria preços mais baixos e serviços de melhor qualidade?
    Tu conhece algum artigo de um economista austríaco que aborda a questão da regulamentação nos planos de saúde?
    Parabéns pela entrevista!

  • Rafael  01/04/2012 21:51
    No final da página principal do site você encontra um guia de artigos por assunto.

    www.mises.org.br/Subject.aspx?id=32
  • Cristiano  02/04/2012 14:14
    Xará, Com o mercado desregulado teriamos, sem duvida serviços melhores mas também, teriamos srviços piores. E isso é bom! Muitas vezes, clientes querem alggo que custe menos e ofereça menos opções.
    Imagine alguem que tem um médico especialista em cancêr na familia, esse sujeito não vai querer plano com cobertura para cancer. Caso o orgão regulador exija que todos os planos ofereçam essa cobertura, esse sujeito vai pagar por algo qe ele não quer.
    Isso mata pequenas empresas que se especializariam em planos diferenciados, com coberturas especificas.
    No outro lado, essa regulação faz com que tenhamos serviços mediocres uma vez que impede a segmentação e só as grandes conseguem atender todas as regulações, criando, assim, um monopólio.
  • Cristiano  02/04/2012 16:02
    Cristiano,
    Eu concordo plenamente ctg!
    Só aqui no Rio Grande do Sul a UNIMED representa 29% do total das operadoras de planos de saúde! Na cidade onde eu moro, Rio Grande, existem apenas três operadoras de planos de saúde e a UNIMED é a maior delas.
    Tu conhece algum artigo sobre planos saúde com uma abordagem austríaca? Eu encontrei alguns artigos no Mises Institute mas esses artigos abordam o caso específico do sistema de saúde estadunidense.
    Abraço.
  • anônimo  02/04/2012 17:43
    Qualidade do Podcast sensacional, A biblioteca é ótima também, os artigos, tudo! cara adoro esse site, está nos meus favoritos.
  • Alfeu Rabelo Neto  03/05/2012 20:17
    Pessoal do IMB, vocês ainda acham que o Ron Paul pode ganhar?
    Acho isso extremamente improvável, infelizmente, porque ele sequer ganhou em algum estado nas primárias do Partido Republicano.
  • Paulo Sergio  04/05/2012 04:45
    Ninguém nunca se enganou com isso, o mérito dele é espalhar as idéias libertárias pras gerações futuras
  • void  04/05/2012 05:31
    Agora é apoiar Rand Paul pra 2020! :P
  • Fernando Chiocca  04/05/2012 07:38
    Ron Paul pode ganhar sim. Ele já ganhou em diversos estados e nos outros ele tem muito mais delegados do que a mídia diz.



  • Tiago RC  04/05/2012 08:21
    O Mitt Romney já tem 724 delegados. O Ron Paul só tem 54 delegados até agora. Segundo a wikipédia, são necessários 1144 delegados pra ganhar. E segundo a tabela da wikipédia, só restam 815 delegados que ainda não foram contados. Com mais 420 delegados o Romney leva. O Ron Paul não chega a 1144 nem que todos os restantes votem nele.
    https://en.wikipedia.org/wiki/Republican_Party_presidential_primaries,_2012

    Não sei o que acontece se o Ron Paul tiver mais delegados que os outros, mas ninguém chegar a 1144...

    Só sei que as chances do Ron Paul são bem pequenas.
    Eu só espero que ele se lance como independente, sem os republicanos. Do jeito que tem apoio, acho que seria o primeiro independente a "chamar atenção" numa eleição...
  • Helio Beltrão  04/05/2012 09:32
    Ron não tem a menor chance de ser escolhido pelo partido, mas pouco importa, pois ele já ganhou.
  • Nyappy!  04/05/2012 09:57
    Ora, ora. Não seja assim, Hélio.
  • Helio Beltrão  04/05/2012 10:14
    Nyappy, arrisco dizer que o Paul superou sua própria expectativa. É preciso compreender que a campanha é um palanque para as ideias libertárias. A batalha não se dá em eleições ou em Washington, mas todos os dias, na sociedade civil. Ron Paul é um verdadeiro herói desta guerra de estatismo versus liberdade. Sua grandeza irá aumentar com os anos. Ele já é um mito, e se tornará ainda mais. Essa guerra é de muitas décadas e até de séculos. Ron será reconhecido como peça fundamental da vitória final.
  • mcmoraes  04/05/2012 11:05
    Essa me fez lembrar de um dos podcasts do Lew Rockwell (acho que este aqui), em que o cara que conversou com o Lew falou que ele tem a impressão de que o RP é um tipo de João Batista dos dias atuais, que está preparando o terreno para algo novo que está para chegar.
  • Andre Luiz S. C. Ramos  04/05/2012 11:39
    O Juliano Torres me disse que o Ron Paul vai ganhar, e tenho uma testemunha para comprovar isso.\r
    O Juliano não mentiria para nós.\r
    hehehe...\r
    :-)
  • Borges  04/05/2012 12:27
    Sou da mesma opinião. Ron Paul já venceu. Falar sobre eliminar o FED seria um assunto restrito a , sei lá, uns 8 mil economistas, burocratas e estudantes.
    Pelo que sei o livro já vendeu mais de 1 milhão de cópias.
    Business Cycle sendo comentade em rede nacional, escola austriaca, coisas que antes eram restritas a minusculos circulos.
    A revolução já começou.. seu fim é imprevisivel.
  • Alfeu Rabelo Neto  06/05/2012 22:21
    Olha só o que acabou de sair:
    libertarianismo.org/index.php/academia/187-prometheus/978-o-ceu-e-o-limite-episodio-5
    São boas notícias, mas ainda tou pessimista quanto a vitória dele pelos motivos citados lá.
  • anônimo  19/12/2014 23:10
    Cristiano, então quer dizer que as Small Caps no Brasil não são tão "small" assim?


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.