FORMULÁRIO DE CONTATO

Envie-nos sua mensagem e entraremos
em contato o mais breve possível.


Nome 


Email 


Mensagem 





Instituto Ludwig von Mises Brasil
Fone: +(5511) 3704-3782
E-mail: contato@mises.org.br
...pois sem ELE, qual padrão moral é válido?

Talvez...
O padrão moral de que é permitido escravizar negros e índios?
O padrão moral de torturar pessoas suspeitas de heresia?
O padrão moral de confiscar as propriedades e expulsar do país quem segue outras religiões ?
O padrão moral de que as mulheres devem obedecer e ser submissas aos seus maridos?
O padrão moral de que filhas que perdem a virgindade podem ser expulsas de casa?

Não, todos estes padrões morais foram ditados por quem alega falar em nome d´ELE.
A moral do desejo.kkkkk
E obviamente os estatistas vão torcer para que o governo proíba as empresas privadas de instalarem os geradores para poder dizer "Viu! Sem o governo ninguém teria eletricidade."
"Há cinco coisas fundamentais a se fazer no sistema financeiro do Brasil:
1- Privatizar todos os bancos federais, inclusive o BNDES, a CEF e o Banco do Brasil;
2- Extinguir de uma vez o compulsório dos bancos, o que reduziria os juros;
3- Proibir que se emprestem a estados, municípios, união e empresas públicas;
4- Abrir o mercado para que qualquer pessoa possa emprestar dinheiro sem ser considerada "agiota", abrindo caminho para a criação de novos bancos e para a entrada de bancos estrangeiros;
5- Extinção do Banco Central e do Ministério da Fazenda."
Errou tudo. Mas admito que a culpa foi minha, pois respeitei demais sua inteligência. Falei coisas partindo do princípio de que você dominava ao menos o básico do assunto que estava sendo discutido. Mas vejo que você nem sequer conhece a explicação econômica para o surgimento do poderio dos traficantes.

Vou tentar desenhar:

a) milicianos se impõe por serem agentes estatais e detentores do monopólio legal da violência. Sendo eles policiais, ninguém se mete com eles. Logo, eles têm carta branca para fazer o que quiserem. São o próprio estado dentro de uma favela, e só serão expulsos de lei se outros agentes estatais "do bem" entrarem ali e fizerem o serviço.

b) já traficantes se impõem porque, ao atuarem num mercado proibido pelo estado, adquiriram a capacidade de auferir uma renda muito maior do que a que aufeririam no livre mercado, e consequentemente conseguiram se armar militarmente, algo que ninguém mais na economia formal consegue. Para entender a explicação econômica e detalhada desse fenômeno, leia aqui.

Depois que você entender isso, aí sim volte para conversar.
"Já a garantia da propriedade privada foi aperfeiçoada com o Estado."

Por qual misticismo?

O estado é o violador supremo da propriedade privada. Ele é a única instituição que tem o poder de confiscar a propriedade alheia para se financiar. Ele pode confiscar a minha propriedade sem a minha anuência, repassar uma parte para você e ficar com a outra parte a título de "remuneração".

Logo, dado que o estado é o violador supremo da propriedade, algo que ele faz sem a minha anuência e o meu consentimento, como pode ele ser também o garantidor da propriedade?

Se você realmente pensa assim, então, por definição, você tem de aplaudir máfias e milícias. Ambas cobram "arrego" e "taxa de proteção", e ambas de fato proporcionam esta proteção.

Seja coerente e elogie também ambas as instituições.

"Mas a garantia de que o terreno será meu de fato vem com o Estado, do contrário, eu teria que ficar vigilante 100% do tempo com todas as minhas posses. Seria impossível eu ter posses em locais que fugissem aos meus olhares."

Errou de novo. A propriedade em que você vive não é sua; é do estado. Mas, mediante o pagamento de um arrego (IPTU), o estado permite que você viva ali. Experimente parar de pagar o arrego para você ver se o seu terreno é realmente seu. Você será despejado, seu bens serão confiscos e leiloados, e o estado ficará com o dinheiro. E você ficará sem nada.

"Inegavelmente, o Estado foi uma tecnologia que fez avançar em muito o conceito de garantia de propriedade privada, tal como conhecemos hoje"

Após o exposto, sinceramente, tem que ser realmente muito imbecil para defender esse arranjo.
O Camarote (acho que quis debochar com o meu nome citando o homonimo da Globonews, que no caso é Camarotti) tentar desqualificar o meu argumento de maneira contraditória e errática.

Primeiro ele assume que a força que os milicianos e traficantes têm advém de seu poderio financeiro, advindo da exploração de atividades ilegais ou de coação (de maneira completamente nonsense visto que o miliciano, quando atua enquanto miliciano, não o faz se valendo do distintivo de policial, o faz como "cidadão comum", no momento em que ele achaca os cidadãos da favela ele o faz sem estar investido de nenhuma licença concedida pelo Estado).

O problema desse argumento é que se vc atribui a capacidade financeira ou de coação a existência de poderes paralelos, vc ao mesmo tempo diz que podem surgir aparatos assemelhados por outros grupos que tiveram sucesso financeiro por qualquer outro meio. Pouco importa a origem do dinheiro de dentro da favela, se vem de um magnata de uma atividade legal que resolveu coagir a todos lá, ou se vem de um traficante que ascendeu pelo tráfico, ou se vem de um cabo ou sargento que por ali moram. O que há em comum nas áreas com poderes paralelos é o total desinteresse do Estado em servi-los.
Dái temos o problema: se vc advoga pelo fim do Estado, vc ao mesmo tempo advoga pela existencia de que tais poderes paralelos ascendam.

Querer imputar a existencia de poderes paralelos ferrenhos e achacadores como as milicias e o tráfico à I. existencia de Policiais (no mundo INTEIRO há policiais, não precisamos esquecer disso) e por isso é culpa do Estado, II. proibição ao comércio de drogas (que existe praticamente no mundo inteiro) é um tiro no pé, além de qualquer compromisso com a lógica
O conceito de propriedade privada veio antes do de Estado. Corretíssimo.
Já a garantia da propriedade privada foi aperfeiçoada com o Estado.

A maçã que eu colhi é minha, este terreno é meu. Isso vem antes do Estado (ainda que tivessem civilizações que não possuíam isso, em que o conceito de propriedade privada era muito etéreo e as conquistas e "bens" dele eram compartilhados com a tribo, mas passemos por isso).
Mas a garantia de que o terreno será meu de fato vem com o Estado, do contrário, eu teria que ficar vigilante 100% do tempo com todas as minhas posses. Seria impossível eu ter posses em locais que fugissem aos meus olhares.
Inegavelmente, o Estado foi uma tecnologia que fez avançar em muito o conceito de garantia de propriedade privada, tal como conhecemos hoje
"A informação de que a perseguição à publicidade infantil consiste em uma estratégia formulada com grande complexidade e empenho por ong's globalistas comprometidas com a instalação da nova ordem mundial.
O empreendimento tem três objetivos:
dotar as crianças de uma mentalidade mais propícia ao advento de uma sociedade socialista, em que sja o estado quem decida quais sejam as necessidades dos cidadãos; transferir a responsabilidade da educação dos pais para o estado;
e asfixiar os veículos de comunicação, especialmente os televisivos, para que passem cada vez mais a depender de financiamento estatal."
Compartilho aqui uma entrevista do William Kamkwamba, retratado no filme o 'menino que descobriu o vento'.

A historia dele é um incrivel exemplo real de como a livre iniciativa é a melhor força para acabar com a pobreza, segue um trecho:

"Quando a companhia estatal de telefones se recusou a atender às vilas, as empresas particulares de telefonia celular chegaram com torres e agora todos têm celulares. Nós simplesmente passamos por cima dessas companhias ineficientes. Espero fazer o mesmo com a energia no Malauí. Em vez de esperar o governo levar eletricidade até as vilas por linhas de força, vamos construir moinhos de vento e gerá-la nós mesmos."


revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu/0,,EDG87250-8489,00.htmL
Mas a CF já tem o meio para resolver o problema do conflito, pelo menos a pressupõe. O art. 142 é justamente o real moderador do nosso modelo democrático. Nada se modera em último caso que não seja pela força, é utopia imaginar que todos os conflitos se resolverão em apenas diálogo. Haverá momentos que a ordem necessitará ser cumprida. A resalva é ter em ordem uma Força Armada ungida em valores democráticos, o que deve ser feito durante os períodos de plena harmonia.
"no qual idéias abertamente comunistas são saudadas por intelectuais influentes e políticos declaradamente simpáticos a este regime são eleitos e respeitados."

Por isso o nosso pais está do jeito que está, uma bosta. O povo respeita politico e intelectuais sem verificar a verdade, prefere terceirizar o cérebro como muitos crentes fazem. Está ai o problema. Daqui a pouco vai ter gente falando para o povo pular da ponte e tem gente que vai seguir.

"Entendo que essa é a parte escondida do texto. Não sou comunista (óbvio) e me considero democrata."

Mesma coisa, só muda o nome para ficar menos feio para você. Tática velha. Todo comunista se diz democrata. Fraca essa, parte para outra.

"Mas alguns valores muito importantes foram trazidos pela esquerda."

Valores???? E desde quando esquerdista tem valores? Até agora, todos os países que a esquerda colocou seus valores o povo passa fome para sustentar seus lideres. Vamos la..

"Combater desigualdade social,"

Em todo lugar tem isso, especialmente no comunismo e na própria esquerda. Tem esquerdista pobre e milionário. Nossa, você é fraco hein.

"investir em educação e saúde"

O que? O negocio já não funciona a contento em lugar nenhum do mundo que o governo põe a mão nessa área e você fala em da mais dinheiro para o governo?

"esses temas não são debatidos pela direita."

É mais bonito você escrever. Eu não leio debates desse tema escrito pela direita pois não gosto de passar vergonha.

"Se o texto quer fazer que o leitor acredite que as ideias de esquerda são comunistas , ele é um texto muito perigoso ainda mais para um país pobre como o nosso."

Agora apelou para a ditadura. Incrível a hipocrisia de vocês. Não a toa que todo esquerdista que conheci explora o pobre de tudo que é maneira. Mas tem muita gente merece sofrer mesmo por conviver com pessoas como você.

"temos que colocar em prática alguns ótimos ideais da esquerda! E isso não tem nada a ver com ser comunista."

Isso já está sendo feito e a cada dia está pior.
"As atuações da milícias são identicas a dos traficantes. O que difere é que o miliciano são PMs ou milicos ou bombeiros que tiveram treinamento do Estado, e por isso são um poquinho mais escolarizados que os traficantes."

Errado. Traficante e miliciano têm a mesma escolarização. A diferença é que miliciano, por ter distintivo, tem liberdade para abordar, revistar e até espancar. Miliciano, por causa do monopólio da força que o estado lhe conferiu, sofre muito menos resistência que um traficante.

Se você mata um traficante, você ainda pode ser protegido. Se você mata um miliciano, você vai preso, pois matou um policial.

"Disso, temos a consequencia que a milícia apenas aperfeiçoou os métodos dos traficantes. Ou seja, começou a entrar em outros ramos além do trafico de drogas."

E teve essa liberdade exatamente porque são funcionários públicos detentores de um distintivo que lhes permite amplo acesso a tudo com zero resistência.

"Agora vc só pode comprar gás de cozinha se for o gas que o miliciano vende, só pode assinar o gatonet do miliciano, so pode comprar galão de agua que o miliciano vende. Claro, que o preço é sempre superior ao de mercado e quem não obedecer é bala! É o vacuo de poder assumido por bandidos."

Simplesmente confirmou tudo o que foi dito.

"Nao a toa os traficantes começaram a copiar esse modelo tb nas suas proprias comunidades. Independe se o cara que achaca nas favelas são formados pela Academia de Policia ou se são formados na pista. O método é o mesmo e é consequencia do vazio de ação governamental."

Errou de novo. Milicianos se impõe porque são agentes do estado. Traficantes se impõem porque enriqueceram e se tornaram poderosos em função de uma proibição estatal.

Escolha a quadrilha que quiser: ambas só existem por causa do estado.

"Você nunca deve ter entrado numa favela no país, amigo. Há empresas, há lojistas nas favelas, há inclusive franquias famosas mundialmente lá dentro. Só que elas tem que pagar o arrego pros traficantes ou milicianos."

O que só comprova o que foi dito.

"Uma "mesadinha" pelo "serviço de segurança particular" compulsório. Se não pagar é bala e destruição."

Óbvio. Chegaram a essa posição privilegiada por causa do estado.

"Ahhhh não adianta querer fazer uma "relação de troca livre" com o traficante ou miliciano, seja ele um desempregado sem escolaridade ou seja ele um funcionário da POlícia fazendo um bico, ele vai meter bala em vc se vc nao pagar o que ELE achar que é justo. ahhhhh, tambem nao adianta chamar a polícia, ou tentar processar em um tribunal, seja este tribunal privado ou público."

É claro que não adianta nada disso. Afinal, você está lidando com um poder paralelo que se estabeleceu e se fortaleceu graças ao estado, e contra o qual ninguém pode lutar.

"Galão de agua vc compra em qualquer lugar, TV a cabo idem, serviço de transporte idem. Não sao atividades criminalizadas, ainda assim são atividades exploradas pelo trafico e milicia e ambas são cobradas por pesados ágios, e "livremente transacionadas" com a ameaça de levar tiro vc e sua familia se descumprir"

Duh! Tais atividades são monopolizadas apenas nas favelas, que são territórios exclusivos dessas duas quadrilhas. Graças ao estado, elas se estabeleceram nas favelas, sem qualquer resistência. O fato de os moradores locais serem obrigados a aceitar este monopólio mostra perfeitamente as consequências de o estado ter o monopólio da violência e de o estado criminalizar crimes sem vítima.
Só cuidado para não perder o timing. O ouro já subiu 3% ontem e hoje sobe mais 1,30%.

Vai fechar o mês de março tendo subido 2%.

E discordo do Leandro acima. Não vejo o dólar abaixo de R$ 5. Além de não haver temperatura política pra isso, a escalada das tensões entre China e EUA não são nada positivas para as moedas emergentes.

As pessoas se empolgaram e se deixaram levar pelo mais recente rali do Ibovespa, o qual não tinha fundamento nenhum, e que foi conduzido apenas pelas bolsas estrangeiras — as quais, por sua vez, estavam subindo exclusivamente por causa das injeções monetárias dos bancos centrais.

Agora, com os PIBs sendo divulgados, a realidade volta a se impor.


P.S.: ainda que você tenha conseguido a façanha (ou o "azar") de entrar exatamente na máxima histórica do ouro em reais (alcançada no dia 15 de maio), você está agora com uma perda de apenas 7%. Isso não é nada. Um ganho de 8%, que se consegue em uma semana, já anula essa perda. (Eu já carreguei títulos públicos com perda de mais de 40% durante meses).

Muito mais arriscado é ficar parado esperando o ouro voltar aos níveis de fevereiro, o que exigiria uma queda de 25%. Acho tremendamente improvável. Mas, ei, cada um faz o que quer com seu patrimônio.
Pois é.
Dizer que a culpa da milicia é do Estado é um absurdo!

As atuações da milícias são identicas a dos traficantes. O que difere é que o miliciano são PMs ou milicos ou bombeiros que tiveram treinamento do Estado, e por isso são um poquinho mais escolarizados que os traficantes.
Disso, temos a consequencia que a milícia apenas aperfeiçoou os métodos dos traficantes. Ou seja, começou a entrar em outros ramos além do trafico de drogas.
Agora vc só pode comprar gás de cozinha se for o gas que o miliciano vende, só pode assinar o gatonet do miliciano, so pode comprar galão de agua que o miliciano vende. Claro, que o preço é sempre superior ao de mercado e quem não obedecer é bala! É o vacuo de poder assumido por bandidos.

Nao a toa os traficantes começaram a copiar esse modelo tb nas suas proprias comunidades. Independe se o cara que achaca nas favelas são formados pela Academia de Policia ou se são formados na pista. O método é o mesmo e é consequencia do vazio de ação governamental.

Por fim, vamos rir um pouquinho mais dele:
2) Consequentemente, empresas de fora poderiam ir se instalar naquele bairro, abrir lojas com janelas à prova de balas e vigiadas por seguranças muito bem armados, e vender cocaína e outras drogas para os moradores (ou, principalmente, para os clientes que vêm de outros bairros) por uma fração do preço vigente nas ruas.

Você nunca deve ter entrado numa favela no país, amigo. Há empresas, há lojistas nas favelas, há inclusive franquias famosas mundialmente lá dentro. Só que elas tem que pagar o arrego pros traficantes ou milicianos.
Uma "mesadinha" pelo "serviço de segurança particular" compulsório. Se não pagar é bala e destruição.
Ahhhh não adianta querer fazer uma "relação de troca livre" com o traficante ou miliciano, seja ele um desempregado sem escolaridade ou seja ele um funcionário da POlícia fazendo um bico, ele vai meter bala em vc se vc nao pagar o que ELE achar que é justo.
ahhhhh, tambem nao adianta chamar a polícia, ou tentar processar em um tribunal, seja este tribunal privado ou público.

Quem garante a reserva de mercado e os altos lucros dos traficantes? Exatamente: as políticas anti-drogas do estado.
Galão de agua vc compra em qualquer lugar, TV a cabo idem, serviço de transporte idem. Não sao atividades criminalizadas, ainda assim são atividades exploradas pelo trafico e milicia e ambas são cobradas por pesados ágios, e "livremente transacionadas" com a ameaça de levar tiro vc e sua familia se descumprir
É óbvio que cada caso é um caso e seus motivadores devem ser levados em conta.
Alguem que escreve horoscopo não necessariamente o faz de má-fé. O mesmo se diz sobre o terraplanismo.
Então alguem que oferta esses serviços sem apontar que os mesmos não são validados pela ciência presta um desserviço e merece ser punido.
Lógico que uma punição muito mais severa merece aquele que inventa fake-news para ganhar eleições. Pois aí tem-se má-fé, tem-se a fraude. Como num julgamento que só vale o que tem nos autos, para que se tenha um julgamento válido acerca de candidatos para uma democracia é necessário que todos saibamos o que é verdade e o que é mentira. Daí que dizer que o Obama não é americano ou que a Michele Obama é na verdade homem, merece punição bem severa.
Um malucão que ensina que a terra é plana pq é maluco merece uma punição x, quem ensina que a terra é plana com intuito obscuros ou de má-fé merece punição 2x

Uma solução interessante que arranjaram para homeopatia é obrigar que coloquem no rótulo uma mensagem de que o tratamento não é reconhecido pela ciência. Torna muito mais justa a relação comercial pois dirime a assimetria de informacional.
Cara...tinha q esfregar essa noticia na cara do economista fdp que deu aquela entrevista na BANDNEWS>.
Hj em dia...com o STF prendendo quem da noticia falsa...ele deveria ser preso tb
Inflação de 0.22 por cento pra ele é negativo. A meta de inflação boa é 0 por cento. O cara já trata 4 por cento como ideal e qualquer valor abaixo disso como negativo. Vai entender.
Noruega admite que lockdown foi um erro.