clube   |   doar   |   idiomas
Últimos comentários


Na Holanda, se vc demitir, vai ter problema pra contratar e treinar outro especializado. E tempo é dinheiro numa economia produtiva. Já países subdesenvolvidos têm um exército de mão de obra furreca pra colocar no lugar.


Chorarei baldes de lágrimas no dia em que o brasileiro médio entender que os direitos e as proteções nas relações de trabalho são custos que serão deduzidos anteriormente ao seu salário.

Chorarei outro balde no dia em que o esquerdista médio entender que não existe almoço grátis. Ações têm consequências e elas não importam com suas intenções.


E são mesmo, há mais mão de obra qualificada nos Países Baixos do que na Alemanha. É um caso de país que ficou por séculos relativamente livre economicamente. Tem sido assim desde o século XVII.


"Holanda é dificil demitir, como explicam? É o país mais dificil, varias leis trabalhistas q impedem demitir de qualquer jeito"

do que voce esta falando ?

na holanda as partes sao livres pra negociar uma rescisao
a menos que o empregador se sujeite a convençoes coletivas e isto conste em contrato firmado com o empregado , cada trabalhador decide o que é melhor pra ele

quem dera nos tivessemos as leis trabalhistas deles

nao da nem pra começar a comparar com a republica bananeira e voce me manda uma dessa



"Petrobras tem reserva de R$ 3 bilhões para custear vale-gás, diz Bolsonaro"

Além da questão da moeda doente e do monopólio prático da Petrobras para produzir o GLP, o que causa tamanho encarecimento ao chegar no consumidor final? Quais são exatamente as regulações sobre esse setor por aqui? Aqui no estado de São Paulo o ICMS no gás de cozinha é de 14 %, por exemplo. Chamo a atenção que no governo Doria eles embarcaram em aumento de impostos, o que é péssimo, apesar de eles terem extinguido estatais e feito reforma administrativa e previdenciária. Ponto fraco do Meirelles.

A Lei do Gás foi sancionada, ótimo, mas ela provavelmente vai englobar gás natural e não petróleo e seus derivados. Talvez devêssemos imitar mais os americanos e usarmos mais gás encanado para as residências?


Olha o motivo pelo qual estão censurando o remédio e ainda procurando soluções pra peste xinesa :

www.coletividade-evolutiva.com.br/2021/03/ivermectina-supera-vacina-mais-de-83por-cento-de-eficacia-conta-a-covid.html

Se não fosse verdade, não estariam censurando, o que acham?


Explicar o quê? No ranking da Heritage, a liberdade trabalhista no Brasil tem pontuação de 50,7. Na Holanda é de 60,1 (quase 20% maior).

Fora isso, o país tem alta liberdade empreendedorial (qualquer um pode abrir uma empresa, e rapidamente), baixas tarifas de importação, investimento estrangeiro é liberado, a propriedade privada é respeitada, a moeda é forte (nunca se teve hiperinflação no país), a população é qualificada (e, no mínimo, bilíngue).

Qual exatamente o seu susto?


Encontrei essa receita na internet pra limpar metais pesados de seus corpos! Quem tiver interessado, leia, anote e passe adiante! Boa leitura!

ELIMINAÇÃO DE METAIS PESADOS NO ORGANISMO

1. Devemos comprar carvão ativado para uso alimentar

2. Devemos comprar extrato de própolis ou Aloe vera (ambos 100% naturais)

Procedimento:
De manhã, devemos tomar uma colher rasa de chá (6-8 gramas) de carvão ativo em um copo de água. Uma vez ingerido, devemos ingerir outro copo de água a seguir.

2 vezes ao dia (1 hora antes do café da manhã e 1 hora antes do almoço)

Depois de passar uma hora, devemos tomar 0,5 ml de própolis diluído em meio copo de água quente ou fria. * na hora do café da manhã e na hora do almoço *

Repita este procedimento todos os dias por 15 dias.

* Se quiser repetir o procedimento, deverá fazê-lo após alguns meses apos os 15 dias.


Todos aqui tem razão de questionar por conta disso aqui embaixo :

A síndrome de Guillain-Barré

Encefalomielite aguda disseminada

Mielite transversa

Encefalite / mielite / encefalomielite /

meningoencefalite / meningite /

Encefalopatia

Convulsões

Narcolepsia e cataplexia

Anafilaxia

Infarto agudo do miocárdio

Resultados de gravidez e parto

Outras doenças desmielinizantes agudas

Reações alérgicas não anafiláticas

Trombocitopenia

Coagulação intravascular disseminada

Tromboembolismo venoso

Artrite e artralgia / dor nas articulações

Doença de Kawasaki

Síndrome inflamatória multissistêmica em crianças

Miocardite / pericardite

Doenças autoimunes

Mortes

fonte : www.stylourbano.com.br/a-teoria-do-grafeno-em-vacinas-esta-sendo-confirmada-por-mais-universidades-e-cientistas/

Boa leitura a todos!


Holanda é dificil demitir, como explicam? É o país mais dificil, varias leis trabalhistas q impedem demitir de qualquer jeito


Sim,

Em 2020, ao menos 20.000 dos portenhos mais ricos pediram residência para se mudar para o país à leste do Rio da Prata.



Sempre bom lembrar que a escola austriaca não ensina sobre como às coisas devem ser, mas sim como elas são. Como seria o ideal de um ponto de vista do conhecimento austriaco, cabe totalmente aos libertários e demais estudantes da escola austriaca que utilizam tal conhecimento para fazer juízo de valor. Aqui um
artigo inteiro sobre esse assunto:

www.mises.org.br/article/3341/o-que-defende-a-escola-austriaca-e-por-que-ela-nao-deve-ser-confundida-com-libertarianismo.


Curioso que a palavra "exploração" já se tornou uma cunha para descrever salariados, é a mágica de inverter a causalidade em ação, o Estado esbulha o empregador e o obriga á cubrir custos trabalhistas, e os empregados reclamam dos salários baixos, dizendo que é exploração (Mesmo ele estando ali por livre vontade).

Criou-se na mente do brasileiro, e de muitos outtos povos, a ilusão do direito, direito de receber salário mínimo, direito de saúde "gratuita", direito de passagem de ônibus "gratuita", só olham para a parte positiva, mas nunca pensam de onde todo o dinheiro utilizado para cubrir tudo isso sai, não percebem que direitos criados pelo Estado para alguns são obrigação para outros.

Essa ilusão do direito também se difundiu com o sistema jurídico, que se tornou uma verdadeira lambança, existem tantos "direitos" que você acaba nunca sabendo se alguém tem direito de te roubar, ou de te obrigar á fazer alguma coisa, a não ser que você pague pelos serviços de um advogado para te informar.

Esse intruso provavelmente teria um orgasmo caso o governo brasileiro abaixasse a jornada semanal máxima na canetada, para pessoas assim tudo é decidido e melhorado pelo governo, á capital, o investimento, os empreendores, e tudo que é demais não fazem parte do sistema produtivo e não criam nada, os anjos são os trabalhadores, e estes devem ser defendidos pelo governo contra os maldosos empreendedores. Deve ser bom pensar assim, é a inocência em ação.


Artigo feito sob medida para você, que acredita que horas de trabalho são determinadas pela caneta, e não por investimentos e produtividade. Quer dizer então que todos aqueles países do Terceiro Mundo, cuja população ainda tem de trabalhar mais horas por semana, poderiam imediatamente ascender da pobreza e usufruir mais horas de lazer caso isso fosse simplesmente decretado? 

Tudo o que é necessário para escapar da pobreza e ter mais horas de lazer é um decreto?


www.mises.org.br/article/2978/nao-o-trabalho-duro-sozinho-nao-garante-a-prosperidade-e-nao-retira-ninguem-da-pobreza

www.mises.org.br/article/2178/agradecamos-ao-capitalismo-pelo-fim-de-semana-pelos-feriados-e-pela-reducao-da-jornada-de-trabalho



Religião está mancomunada com o estado, um dos exemplos foi a omissão da igreja católica com o nazismo. E há interesses em comum de estado e religião, como por exemplo o controle da massa e povo obediente ao estado e a Deus, religião e estado criminalizam o aborto, favorecem nascimentos indesejados, pois, esses serão os seus futuros contribuintes/fiéis.


Concordo, e acho risível o brasileiro criticar o planejamento central da economia chinesa e russa.

As economias de ambos os países citados são muito menos planejadas por burocratas do que a brasileira.

O Brasil é um país que se diz capitalista e tem muito menos liberdade econômica do que a China e a Rússia, que se dizem comunistas.


Só entenda que direita e esquerda são apenas as duas faces de uma mesma moeda.

Ou você defende o anarcocapitalismo, ou você no máximo é um "socialista de direita".


Esse artigo precisa ser atualizado. No futuro brasileiro provavelmente nem existirão mais vestibulares e sim um ENEM cada vez mais inchado, com mais conteúdos e afins.

O engraçado é que normalmente existe nas regulações estatais a jornada máxima permitida para o trabalhador. Agora na docência não: existe uma jornada mínima semanal que você deve trabalhar. O sujeito não pode lecionar por 20 horas semanais e então ganhar o equivalente a isso. Aqui no Brasil os salários poderiam ser definidos também por hora, se assim os empregadores e assalariados quiserem.

Felizmente hoje há plataformas tais como o SuperProf, que é uma forma de o professor dar suas aulas virtuais e se afastar um pouco da burocracia estatal.

Como será que era o ensino brasileiro durante a República Velha? É um assunto interessante até para ser abordado em um livro.

Falando em ensino, recentemente li a obra "Educação: Livre e obrigatória", do Murray Newton Rothbard.

É um livro interessante e ele mostra as origens históricas do sistema educacional como o conhecemos hoje, embora seja algo curto (com 64 páginas), abordando a influência do Martinho Lutero. É abordado também o caso americano, cujo início se deu no século XIX.

Lendo a obra, fiquei pensando em como o Rothbard descreveria a educação brasileira, caso ele conhecesse aqui em detalhes. Falando de Paulo Freire, MEC, Plano Nacional de Alfabetização... acho que a obra alma teria um infarto.


O empresariado brasileiro explora sim os trabalhadores, basta comparar com os EUA, enquanto eles possuem uma jornada semanal de 40 horas desde 1938, o Brasil apenas em 1988 conseguiu abaixar de 48 para 44 horas semanais. Apenas Brasil e Colômbia possuem jornada tão extensa.


Houve sim um enorme ganho de recursos da diminuição da corrupção e desvios bilionários da era PT para o FORUM DE SP



Pretensão ao conhecimento se resolve , em parte, com IBGE e outros órgão governamentais, institutos de pesquisa ( o Brasil é Prolífico nisso) ou não que coletam e sistematizam esse conhecimento. Se o governo não faz uso eficaz disso, aí é outros 500.




Se o governo arrecadasse os R$400 bilhões em desonerações, a economia estaria arrebentada. Apenas imagine: R$ 400 bilhões a menos nas mãos de produtores, investidores e consumidores, e R$ 400 bilhões a mais nas mãos de políticos, burocratas e toda a máquina estatal? Já estaríamos em níveis venezuelanos.

www.mises.org.br/article/3006/ciclo-nefasto-a-economia-cresce-o-governo-gasta-e-os-gastos-do-governo-depredam-a-economia


O governo, arrecadando ou não, acaba "gastando" mesmo assim. Atualmente ele gasta 11 por cento do PIB acima do que arrecadou. O nome disso é déficit.

E claro, se o governo não desonerasse, esses 400 bilhões arredondados, ao entrar na arrecadação, diminuiriam o déficit, vistos que na conta é gastos menos impostos. E isso é o que defendem os gastadores do governo: que o déficit seria menor se o governo não fizesse desonerações. Nunca pensaram em gastar menos (gastar menos é o que não querem).

A lógica deles é gastar os tubos e, se o governo se endividar cada vez mais pelos gastos extras, botam a culpa no povo que não quer pagar mais impostos


Vai acabar não. Mais pra frente vc vai ser espoliado pra pagar a renda básica universal e outros assistencialismos.



Mas Jesus, que de acordo com os cristãos é Deus, na parábola do rico e São Lázaro contou que o rico foi para o "lugar de tormento" e São Lázaro foi para o compartimento bom do hades. De acordo com essa parábola que Jesus contou um cristão pode ser mendingo.


Com o Paulo Guedes defendendo moeda fraca, dificilmente teremos moeda forte nesse governo. Se ele fechasse a boca sobre isso, estaríamos em uma situação melhor, apesar das instabilidades políticas e institucionais.

Caso ele for reeleito, deveria trocar o Guedes por qualquer outro que não defendesse moeda fraca nem propusesse novos impostos (ou aumento dos atuais).

Há quem ache que o governo Bolsonaro fosse ser uma repetição do Reagan...




E a única "austeridade" existente foi apenas por causa do teto de gastos criado pelo governo Temer...


Normal, aqui toda a legislação é uma completa merda, aqui mulheres podem usar a legislação contra os homens, ex-esposas contra seus ex-maridos, devedores contra seus credores, empregados contra seus patrões, filhos contra seus pais, ninguém está seguro, você pode cometer crimes todos os dias e não saber, até alguém surgir e utilizar a legislação contra você.



Quem defende subsídios à exportação é a esquerda. Liberais são contra.

Aliás, a esquerda não só defende mandar tudo pra fora, como ainda defende proibir importação.

Aprenda a bater no inimigo correto:

Exportar muito e importar pouco não gera crescimento e é o caminho para a pobreza

Quanto a proibir exportação, trata-se de uma medida que garantidamente irá reduzir a produção e, consequentemente, a oferta de comida. Ou seja, aumentará preços e a fome.

Imagine que você é um pecuarista. Você está produzindo para mandar pra fora, pois, ao exportar, você ganha dólares, que é uma moeda forte. É muito melhor produzir para vender para estrangeiros ricos que pagam em dólar do que vender para o populacho que paga em reais.

Se as exportações começarem a ser taxadas, você, obviamente, não continuará produzindo o mesmo tanto para agora vender apenas para o populacho em troca de reais. Se você fizer isso, você estará pagando para trabalhar e produzir (você estará produzindo o mesmo tanto, mas ganhando muito menos; na prática, seu custo de produção aumentou).

Logo, você obviamente irá reduzir sua produção até o ponto em que a redução da oferta aumente os preços e lhe traga uma receita satisfatória.

Ou seja, trata-se de uma medida que, ao contrário do que se almeja, reduz a oferta de alimentos.

A solução é uma só: fortalecer o real; fazer com que o real seja uma moeda tão demandada quanto o dólar. Se o real fosse forte, ninguém pensaria em exportar em vez de vender para o mercado interno.

Concomitantemente, zerar as tarifas de importação das carnes de Argentina, Uruguai e Austrália. Com essas duas medidas, comida cara ocorreria apenas em caso de colapso agrário mundial.

Só que a esquerda é contra moeda forte e tarifa zero.


Eu era empresario, de tanta sacanagem que sofri, uma vez que os proprios funcionarios tem conhecimento dos absurdos das leis trabalhistas, que se utilizam pra se darem bem! Eu tinha 180 funcionarios, fechei a minha empresa, e nunca mais na minha vida assino carteira de trabalho, novamente, invisto em outro país, no Brasil, nunca mais!!!!


Muitas pessoas que foram vacinadas contraíram o vírus.

Semana passada, deparei-me no Twitter com uma publicação (que não sei como não fora prontamente excluída pela plataforma) que dizia mais ou menos assim:

-----
Se a pessoa tomar a primeira dose da vacina e contrair o vírus: "Ficou doente por que só tomou uma dose";

Se ficar doente após ter tomado as duas doses: "A vacina é para evitar que fique grave";

Se ficar doente em estado grave após ter tomado as duas doses: "A vacina é para que a pessoa não morra da doença";

Se ficar doente, em estado grave, e vir a falecer, mesmo tendo tomado as duas doses: "Nenhuma vacina protege 100%"!
-----

É bem por aí...


"Não menosprezem tanto o atual arranjo, ele tem uma vantagem incomparável: nenhum deficit na balança comercial ou no balanço de pagamentos precisa ser pago. Num Padrão-ouro, na presença de tais déficits, os juros aumentariam."

Ué, em um padrão-ouro genuíno e em escala mundial, déficit e superávit comercial seriam totalmente irrelevantes, já que não existiria moeda nacional com câmbio flutuante, apenas ouro e moedas atreladas no ouro, não seria necessário essa histeria em relação às reservas nacionais, e às moedas de ouro obviamente pertenceriam apenas aos indivíduos, então "reservas nacionais" nem existiriam mais. Pelo menos assim seria em um padrão-ouro genuíno, criado e feito por indivíduos e sem intervenção e distorção por parte do governo nessa área, os EUA na era de brenton Woods mostra bem isso, imprimiram tanto dólar que ultrapassaram às reservas, e isso foi tão somente culpa do governo.

Mas claro que eu estou falando apenas do cenário ideal, mesmo em um cenário onde ainda existisse uma moeda fidunciaria como moeda de reserva internacional, eu ainda não conseguiria ver á importância disso, já que investidores (e possivelmente até exportadores) iriam alegremente trocar seus fiat money por essa moeda atrelada no ouro, e como é praticamente impossível de haver especulações em torno de uma moeda atrelada no ouro, não iria haver qualquer crise de especulação enquanto tal país ainda estivesse desenvolvendo sua indústria exportadora.

"Ou seja, no atual arranjo, é possível um país se financiar da poupança interna dos outros países sem precisar pagar verdadeiramente por isto. Os EUA que o digam."

O que tem de bom nisso? Só o país detentor da moeda internacional realmente sai ganhando, enquanto o resto fica em uma espiral insustentável e megalomaniaca de déficits e endividamento, além de ficarem financiando os déficits do país detentor da moeda de reserva internacional.

"Os preços internos irão cair só em termos de ouro. Se houver moedas fiduciárias no mundo, e estas moedas se desvalorizarem em termos de ouro, nada garante que o país que adotou o padrão ouro elevará suas exportações. Isto geraria uma recessão no país que adotou o padrão ouro, dependendo da intensidade em que ocorresse."

Não entendi essa sua visão, e muito menos esse salto de lógica de que "importação em 'excesso' causaria recessão", mas irei te explicar o básico: ouro é reserva de valor, moeda fidunciaria não é, enquanto os preços comerciais do país que adotou o ouro caem, os preços comerciais dos países que adotam fiat money aumentam, e isso, em conjunto com á soberania cambial de uma moeda atrelada ao ouro, que seria uma moeda muito mais valorizada que o restante, faria com que mais bens de produção fossem importados, e que às empresas fossem mais produtivas. Mesmo se o consumo dos produtos nacionais se tornasse fraco em razão das importações, ainda sim á indústria nacional se manteria, em razão das altas exportações, e o país acabaria sendo uma potência capitalista, já que estaria tanto importando quanto exportando.

Com produtos no mundo inteiro podendo ser importados por baixo preço até esse país, fazendo com que às empresas de lá obtessem bens de produção de excelência e á preços baratos, não demoraria muito até multinacionais e empresas poderosas no mercado externo surgissem alí, e isso é exatamente o que acontece atualmente, já que existem diversos países (muitos, aliás, minúsculos) que possuem moeda forte, forte respeito á propriedade privada, responsabilidade fiscal e cambial por parte do governo, e por isso são superpotências no comércio externo (e muitas vezes são fortes no próprio mercado interno também).

Alguns diriam que, como essa moeda estaria muito valorizada, acabaria não tendo muito de seus produtos exportados em razão da diferença de preços causados por uma teórica diferença cambial muito grando, mas não é isso que vemos atualmente, atualmente paises com moedas fortes geralmente são os que mais exportam (enquanto os países com moeda fraca são, ironicamente, os que menos exportam, e os burocratas de tais países geralmente se gabam devido aos superavits na balança comercial, mesmo com a produção nacional se esfacelando), isso se deve á excelência de qualidade e da alta produção por parte desses países, como também aos preços baratos dos produtos vendidos em tal país, que descontam bastante na hora da conversão das moedas.

Ou seja, se só um país adotasse padrão-ouro, ele acabaria se tornando uma potência capitalista, mas não é como se isso fosse durar muito, já que, se um país adotasse o padrão ouro, não demoraria até que os demais também o seguissem, isso se deve á imigração em massa do dinheiro dos investidores que ocorreria nesse cenário, por motivos óbvios (alta taxa de crescimento, empresas necessitando de sócios, financiadores e investidores, e por aí vai), além de que esse país provavelmente serviria como refúgio/paraíso fiscal. Banqueiros e fundos financeiros obviamente prefiririam utilizar essa moeda atrelada ao ouro em suas reservas, e logo comecaria á haver pressão no governo ou órgão que detesse essa moeda utilizada internacionalmente como reserva.

Não é atoa que os EUA nunca deixam qualquer outro país sair da linha, os burocratas do governo que detem á moeda de reserva internacional nunca irão deixar tal controle cambial escapar facilmente, já que é uma ótima maneira de financiar dívidas, mas tenho certeza que o governo americano nada poderia fazer caso a China, por exemplo, atrelasse sua moeda ao ouro.


Franceses já tiveram experiencia historica, li aqui no mises, o governo deu papel,moeda papel para o povo que deu ouro para o governo, dizendo ser GARANTIDO.

Num primeiro momento foi um milagre! A economia ressuscitou,desde a construção civil ,empregos , um milagre.

Como não sabiam administrar e não foram corrigidos os erros, tudo ficou pior do que antes e o povo viu que não tinha nada garantido,seria impossivel o governo garantir.

A França hoje hipocritamente quer que outros paises façam o ela não faz, e a riqueza que detem é em grande parte advinda de saques e roubos a outros paises , e seus museus mostram isso, se orgulham de ter saqueado e roubado.
Macron quer que façamos o que eles não fizeram, queimaram suas florestas.Deviam reflorestar as florestas da França que eles mesmos destruiram.

A França tem mágoa do Brasil, pois daqui foram expulsos apos invadirem ,e Napoleão foi TROLADO por D João VI que disse iria invadir a França e viajou para o Brasil.Napoleão esta até hoje esperando D.João VI.Não são flor de se cheirar...




Por que os liberais brasileiros preferem deixar que a população passe fome por falta de poder aquisitivo a proibir a exportação de alimentos para o exterior?
A fome nunca foi de fato um problema para os liberais. Como se vê aqui nas respostas deles, eles não dão a mínima se o brasileiro mais pobre não tem mais o que comer.

Pode chorar no mercado, pode ficar horas na fila do osso para conseguir alguma proteína. O liberal não liga para o pobre sem acesso a alimentos


"Proposta de parcelamento de precatórios desagrada mercado, que fala em calote"

Se você deve alguma coisa para o estado, eles irão correndo te cobrar. Quando é o estado que te deve algo, eles fazem de tudo para atrasar.

O que é uma vergonha é que daria para pagar isso integralmente e não furar o teto, só que esse é o caminho mais difícil e os governantes sempre tentam por atalhos. Ainda querem furar o teto para ampliar o Bolsa Família...

Não houve quase nada de austeridade no governo Bolsonaro.


Lula não é burro, mas sim um baita de um fi#@# da @#$&, são coisas diferentes. Esse trecho, aliás, que você trouxe á tona, mostra bem isso, o sujeito disse que não é bom taxar grandes fortunas porque os ricassos acabam fugindo do país, logo o ideal seria um imposto que não empobrece e nem enriquece, um imposto que faz á economia ficar estagnada, e onde o parasitismo e os programas sociais reinam.

Mas o diferencial é este mesmo: Lula sabe cativar o coração dos iludidos, já Ciro diz que tem poderes mágicos que atraem abundância, algo que só engana os mais tolos e inocentes.

Se o Lula está lendo IMB, só posso sentir tristeza em pensar em tal hipótese, já que ele estará descobrindo novas táticas para enganar às pessoas, psicopatas sempre serão psicopatas.


Minha opinião:


"Eai amigos, quando essa pandemia vai acabar?"

Enquanto se tratar uma doença com letalidade de 2% como "pandemia" a resposta é nunca.

"Olha a PALHAÇADA, países vacinados, obitos sobre controle mas casos explodindo. Lockdowns e mascaras voltando a ser obrigatórios igual no começo da pandemia."

Exato. Muitas pessoas que foram vacinadas contrairam o virus. Isso mostra o quão sem nexo são essas políticas de segregação de vacinados e não vacinados, algo imoral e contra o príncipio libertário.

74% dos casos de covid recentes em Massachusetts foram em pessoas vacinadas:
www.zerohedge.com/covid-19/74-percent-covid-19-cases-massachusetts-outbreak-occurred-fully-vaccinated-people-cdc

"A China sairá ilesa, no Ocidente a liberdade esta praticamente extinta com os governos fazendo o que bem querem, vendendo promessas falsas de liberdade e ate chantageando a liberdade individual com passaporte e agora Variante Delta"

Todas essas medidas restritivas tem o unico intuito de controle populacional e restrição da liberdade do indivíduo, pois não existe nenhuma evidência comprovada que elas funcinam. Governos não se importam com você, apenas querem que você continue dentro do curral deles.


Só vim passar aqui um ano depois para parabenizar O Flávio pelos otimos argumentos nesses comentários. Foi um massacre.


Incrível como o Leandro é preciso em suas análises. Merece ser homenageado em um livro de Economia, só compilando todos os seus escritos sobre a economia brasileira (e sem deixar de lado o bom humor). Confesso que ri na parte que você falou de churrasqueiros e dos peões.

Acho que de lá para cá, a qualidade oferecida nos serviços brasileiros só declinou (os de setores fortemente regulados pelo governo são os piores, como planos de saúde, farmácias, etc.). Os melhores cérebros ou foram para o funcionalismo governamental ou saíram do País. Claro, hoje temos um pouquinho mais de dinamismo, já que em 2012 eu nem sonhava que haveria entregadores de aplicativo e o Mercado Livre usando aviões de entrega...

Ao menos a contratação de novos funcionários estatais tem caído desde o governo Temer e a estratégia atual de o Bolsonaro deixar para contratar mais gente para o funcionalismo após a reforma administrativa é boa. A parte ruim é que só no longo prazo é que os resultados serão bons, mas... e se no longo prazo houver mais governos atrapalhando ou mesmo revertendo esse processo?


às vezes me pego a divagar, sobre vários "SE" que poderiam ter ocorrido ao longa da história do Brasil... um universo paralelo só meu:
01. SE os portugueses tivessem aqui estabelecido uma colônia de povoamento efetivo, utilizando a comunidade judaica e mozarab expulsa da espanha à época, criando colônias portuguesas nos moldes que os romanos fizeram;
02. SE ao invés de terem praticado a escravidão africana tivessem trazido mão de obra da índia, onde possuíam contatos comerciais;
03. SE tivessem implementado uma colônia com liberdade economica e religiosa como era a região do Couto Misto, lá mesmo em portugal (en.wikipedia.org/wiki/Couto_Misto), recebendo toda aqueles que viriam à ser mortos em guerras religiosas na europa ao longo dos séculos XVI, XVII..
04. SE Dom Pedro I ao invés de correr atrás da coroa portuguesa tivesse focado sua energia em construir o Brasil tendo como seu principal assessor José Bonifácio, implementando as causas políticas desse (abolicação da escravidão, inclusive);
05. SE Dom Pedro II (e/ou seus sucessores republicanos) tivesse recebido em mãos e o coração tocado pela "Riqueza das Naçoes", de Adam Smith;
06. SE uma cópia de "O Caminhão da Servidão" de Hayek tivesse chegado às mãos e tocado o coração de Getulio Vargas;
07. SE o governo militar tivesse lido e entendido "A constituiçao da Liberdade" de Hayek e implementado seus princípios;
08. SE a Assembléia constituinte de 1988 tivesse mirado em algum país com sucesso e feito nossa constituiçao à sua imagem e semelhança (exemplo Suiça);
09. SE José Sarney tivesse chamado a turma do Milton Friedman para prestar consultoria em 1985;
10. SE Bolsonaro tivesse mantido as propostas de campanha e implementado de maneira firme todas as políticas econômicas com as quais promoveu sua campanha.
é muita viagem na maionese, sem rigor cientifico e superficial? sim! mas são meus sonhos que nunca se realizarão, porque já passaram...



"Lula se manifesta contra taxar grandes fortunas"

Mais interessante é esse trecho abaixo da notícia:

"'O problema não é taxar as grandes fortunas, porque você pode taxar as grandes fortunas e ela voarem pra outro país. Eu lembro que a França taxou as grandes fortunas e muitos empresários foram embora. O problema é ter uma política de imposto de renda que seja justa, que as pessoas paguem de acordo com o que ganham', advertiu."

Lembro de um comentário do Leandro em um dos artigos, de quando ele diz de que o Lula é menos perigoso que o Ciro, porque o Lula admite não saber de Economia e indica alguém que saiba algo, ao contrário do Ciro que se acha o sabichão de Economia. Acho que ele tinha razão nessa também.

Parece que o Lula está lendo artigos e comentários do IMB...


ÊÊÊPA, ..."quase entrou em guerra civil por causa do cambio flutuante..."!

Não pelo cambio flutuante , mas porque já estava insolvente!

Faltou administrar a volta da realidade, o que seria possivel fazer para consertar as incurias dos governantes que quebraram o pais

Não foi o cambio flutuante, foi o CAMBIO ENGESSADO, ao tirar o gesso a realidade ,as roubalheiras, tudo veio a tona e não souberam projetar uma recuperação.

Não vou citar uma grande empresa de petróleo nossa conhecida, onde roubavam o que queriam, congelava os preços e a tapeação continuava...



E "JESUS TINHA RAZÃO"!
======================

Minha nossa,nunca tinha ouvido essa, soube que jesus pregava respeito a propriedade privada ,A CESAR O QUE É DE CESAR,A DEUS O QUE È DE DEUS, Meritocracia e Justiça social na história dos TALENTOS ,quem fez mais recebe mais...

KEYNES RECOMENDOU IDÉIAS DO DIABO! (Segundo Luiz, comentarista do blog).

KEYNES, IDÉIAS DO DIABO E QUE JESUS CONDENOU ,DISSE NÃO FUNCIONARIAM!

De fato,plicaram as idéias do DIABO na União Sovietica e seus países satélites, e mais recente VENEZUELA E CUBA, agonizantes e que desgraçaram seus povos.NÃO SE TEM NOTICIA DE ALGUM LUGAR QUE TENHAM FUNCIONADO.

Não dava para desconfiar que idéias do diabo seriam temerarias,perigosas no minimo?

Fazer negócio com o diabo nunca terminou bem, ex.: um PRESIODENTE e uma PRESIDANTA disseram que" iram fazer o DIABO"! e outros também "penam", veja a Argentina e outros todos sem nenhum exemplo positivo.

Luiz, essa foi muito oportuna, alguem poderia mandar esta idéia ao PAPA FRANCISCO? Ele é "chegado em idéias e teorias comunistas e socialistas, fizeram um filme para difundir idéias socialistas e comunistas onde o PAPA FRANCISCO é ativista comuna e protetor de terroristas em nome da "justiça social"!

Aqui no site tem artigos fantasticos que demonstram que é o contrario, os povos que escolhem o capitalismo privado vivem melhor, e põe melhor nisso, do que em CUBA e VENEZUELA onde os sinais do fracasso final é não ter nem papel higienico.

SEGUIR IDÉIAS CONSELHOS E SE ASSOCIAR COM O DIABO,COMO ALGUNS GOVERNANTES FIZERAM, É PÉSSIMA IDÉIA.

Conclui-se :

JESUS TINHA RAZÃO!


Essa alemã foi entrevistada por Italo Lorenzon do canal Terça Livre na internet! Dá uma olhada lá se quiser! Até a comunidade judaica malhou ela! É chumbo grosso por todos os lados! O nome dela é Beatrix Von Storch.


China ilesa? Olha o que está ocorrendo lá recentemente! Tufões, tornados, e rachaduras de algumas represas! Se a represa das 3 gargantas desabar, até 400 milhões de chineses irão pro saco! Isso é quase 1/3 da China inteira! Sem falar de usinas nucleares com vazamento! Não seja tão pessimista! Se tudo isso acontecer, não irão esconder isso pra sempre!


caro colega,

nao tenha nada que esteja acontecendo no momento que alguem por aqui ja nao tenha comentado / previsto no passado

pra algumas pessoas proximas eu mando uma palestra do tom woods ano passado, tem closed caption em portugues , caso queira espairar um pouco da histeria em massa assista ai tambem :





Praticamente em todos os paises ,se imprimirem mais dinheiro como fazem, há um FEEDBACK interno no pais ,e em seguida preços aumentam há uma distorção de preços até que se estabilizam num patamar maior do que antes .
Nos Estados Unidos praticamente não há este FEEDBACK, pois eles emitem mais dinheiro e o mundo absorve, compra e guarda na gaveta, iludido que é totalmente confiável.Como se sabe, pura ilusão. Falta um grafico que desse uma idéia do que oficialmente foi emitido e o que está "engavetado",enrustido e espalhado pelo mundo.
Como foi explicado, pode se fazer uma analogia , o dólar seria uma especie de "CHEQUE SEM FUNDO" mas que ninguem desconta,ninguem quer descontar pois também perderia com isso.Atualmente a CHINA seria talvez a maior prejudicada por possuir creditos em dólares como nunca antes .

PS.: Aquela história :
se tens pouca divida no banco deves te preocupar em pagar
se tens divida gigantesca com o banco,o banco é que deve se preocupar.
A China ,CREDOR,não pode se dar ao luxo de fazer "molecagem" ao mundo e principalmente aos EEUU, pois eles são DEVEDORES,se a economia deles for mal...
A China hoje é CREDORA do mundo todo e por isso acho que pode ter vindo de lá os tais virus, mas eles não iriam querer que as economias de seus clientes e DEVEDORES quebre ou vá a banca rota...ou iriam, ,quem sabe, se alguem sabe ou explica deveria falar e explicar.


Veja esse vídeo. Variante Delta é só uma variante como... qualquer outra. Qualquer organismo tem variantes. É menos mortal e grave. Normal, afinal se o vírus matasse muitos hospedeiros, ele não sobreviveria. Nenhuma pandemia dura para sempre, embora os políticos e burocratas e parte da mídia queiram muito isso.

Peço que não acompanhe mais televisão e esses entulhos midiáticos.


Eai amigos, quando essa pandemia vai acabar? Olha a PALHAÇADA, países vacinados, obitos sobre controle mas casos explodindo. Lockdowns e mascaras voltando a ser obrigatórios igual no começo da pandemia.
Quando isso vai acabar meu deus? A China sairá ilesa, no Ocidente a liberdade esta praticamente extinta com os governos fazendo o que bem querem, vendendo promessas falsas de liberdade e ate chantageando a liberdade individual com passaporte e agora Variante Delta


Um verdadeiro banho de luz. Agradeço profundamente a oportunidade de ter escrito escrito e posto a público, uma vez que nas escolas e universidades nos omitem o verdadeiro conhecimento. Muito bom o texto, espero comentar ele com meus amigos numa rodada d bar em breve.


Olha isso : www.youtube.com/watch?app=desktop&v=doVjhdIqVcE&feature=youtu.be

''Professor aposentado toma quatro doses de vacina de três fabricantes diferentes.''



Esperto foram os franceses que se tocaram que não havia ouro suficiente para manter o padrão funcionando e trataram de limpar o estoque americano a US$ 35,00.



ótimo artigo, estou tendo que estudar essa escola canalha para o ENEM. Na mídia tradicional dizem que eles são as mil maravilhas. É sempre bom ter uma visão liberal sobre as coisas que são tradas como verdades absolutas pela esquerda.


Seu post não faz sentido.
Desconexo da realidade.

Por que raios o cliente ia ter que pagar 2%, poderia ser até 1% ou 0,5%, pelo mesmo produto, se o concorrente da loja vende pelo menor preço?

Quem cobra mais, é esperado que venda menos, e os clientes não tem nenhuma obrigação de ''entender'' ou ''tolerar'' isso.
Esses tipos de lojistas não tem que reclamar se suas vendas despencarem.


O complicado vai ser algum professor falar aos seus alunos "estão vendo esta estáua? ela representa o ódio e o preconceito. Este homem matou centenas de pessoas e mantemos a peça ali para lembrar de não cometer o mesmo erro"

====Mais fácil os professores modernos alegarem que era um Jesus Cristo socialista do século XX combatendo o Anticristo, representado pelos EUA e que seu sangue derramado em 1967 foi para a redenção da humanidade.


Ainda não chegamos a esse ponto, mas á alienação é claríssima, só não é tão unilateral, o cidadão médio, mesmo sendo diariamente alienado pelo ponto de vista da sociedade e pelos intelectuais, ainda possuí uma capacidade de raciocínio próprio, capaz de destinguir coisas claras e que pareçam fazer algum sentido lógico, essa idéia de "Nunca estivemos em guerra com a Oceania, e sempre fomos seus aliados" é papo furado e nunca funcionaria na vida real, á memória própria não é algo á ser tão menosprezado assim, porém é de se concordar com á idéia do monopólio das informações, já que muitas pessoas tenderão a serem absorvidas por um determinado ponto de vista, caso não haja qualquer versão mais interessante. Não é atoa que muita populações se rebelaram contra seus governos exatamente assim: Tiveram acesso á outras informações que pareciam sobrepujar dialeticamente á informação fornecida pelo partido, e se uniram aos intelectuais que organizaram tais revoluções, porém obviamente á maioria delas terminaram por substituir um partido autoritário por outro.

====E a alienação segue a todo vapor. Agora estão esforçando-se diariamente para colar no atual presidente a etiqueta de "nazista"; primeiro começaram com a suposta visita de uma alemã neta de um nazista declarado que é filiada à extrema-direita (já explicado em outro artigo do site que não existe isso por lá) e que a visita não teria sido protocolada em divulgações oficiais e a mais recente, segund0 o confiabilíssimo The Intercept, é que uma carteirinha de afiliado a um grupo nazista de 2004 atribuída a ele, foi achada.
Interessante que, taxá-lo como "nazista" é tudo menos novidade; escuto essa palhaçada desde ao menos dez, onze anos e só agora uma "carteirinha de anuidade" (se é que podemos chamar assim) surge? E garantem que não é fake-news...

Bem escreveram por aqui mesmo, que a Esquerda conhece bem os quadrúpedes que manipula, especialmente os usuários de I-Phone que não tocam em uma cédula de Real há bastante tempo.


pegando o gancho sobre cripto vs fiat , quem se lembra da conversa sobre BTC e consumo de energia ? as premissas ja foram dadas :

PCs gamers são banidos de cinco estados dos EUA por consumir muita energia

olhardigital.com.br/2021/07/28/games-e-consoles/pcs-gamers-sao-banidos-de-cinco-estados-dos-eua-por-consumir-muita-energia/

Os PCs gamers da empresa Alienware, uma subsidiária da Dell focada em computadores para jogos, foram banidos de cinco estados dos EUA, incluindo a Califórnia. A proibição se deu porque as máquinas têm um poder de processamento de imagem muito grande, fazendo com que seu consumo de energia seja muito mais alto do que o dos computadores comuns.

na terra da liberdade o papai-estado agora vai dizer que equipamento de informatica voce pode ter na sua casa

nao ficaria surpreso se daqui uns dias exigirem autorizaçao pra entrar na internet ... ja regulam ate quem pode andar na rua e a populaçao aceitou bovinamente , vao continuar enfiando ate os bagos

o que seria da gente sem politicos e burocratas , nao é mesmo ?


Foram exatamente esses problemas apontados por você que não permitiram os EUA continuarem com o padrão ouro. A emissão superior ao ouro fez com que resgatassem o ouro. Mas não tinha ouro suficiente. Isso fez com que o ouro evaporasse.

Ao mesmo tempo, não seria possível os EUA cumprirem a promessa de trocar o dólar por ouro. Mas o governo queria continuar emitindo. Então não dava pra continuar com o padrão. Aí ele conveniente destruiu o padrão ouro. E o dólar se tornou fiduciário. Mesmo com uma inflação baixa, ainda assim ele é fiduciário.


Ué, foi exatamente por isso que todo o arranjo se desfez. O padrão-ouro não perdoa. Por isso nenhum político quer ouvir falar nele.


Como o padrão ouro funcionava com os EUA emitindo mais dolares do que possuia em reservas? Isso não gerava problema para suas reservas de ouro, caso um país, que possue dolares, tentasse resgatar em ouro? E dado que essa emissão de dolares faria o dolar se desvalorizar cada vez mais, e o cambio era fixo, não estava ai a semente de algo semelhante a uma crise cambial? O descolamento da taxa de conversão com o valor real da moeda?

Creio que o sistema estava fadado a fracassar, o cambio nunca seria fixo com esse descolamento..



Rezemos que El Salvador tenha sucesso. Lá saiu na lei que aceitarão o bitcoin. Quanto mais aceitarem, mais fácil implementar. Inclusive a tecnologia pra facilitar as trocas vai melhorar. Com isso, El Salvador agora pode receber dinheiro do mundo todo, ao passo que a união europeia vai proibir a cripto carteiras.


Numa analogia bem grosseira, o episodio das moedas fiduciárias flutuantes parece se repetir com as cripto. Algumas são meras pirâmides, outras não vingarão por causa do suprimento infinito, fundamentos falhos, etc..sao como governos tentando cada qual obter o maior retorno possivel com suas fiatshit. A esperança seria uma moeda com lastro em si mesmo e não vinculada ao dólar, ou, como defende Peter Schiff, um tipo de criptomoeda lastreado no tradicional ouro. Quem viver verá.


Me parece que este cenário pós covid de inflação será o ponto de ruptura deste sistema. As pessoas já estão tendo extrema dificuldade para comprar casas/terras/bens duráveis, e isso deve piorar. A pergunta é, onde isso pode parar?

Hoje se o cara for esperto e tiver a oportunidade de comprar algum bem durável como terra, deveria faze-lo o mais rápido possível.


Claro que tem. No momento a moeda continua muito volátil e portanto não tem condições, más assim que se tornar estável será muito mais utilizada como moeda de troca.


Concordo totalmente com voce, amigo. Eu nao tenho vontade nenhuma de injetar esse experimento, especialmente de um laboratorio obscuro chines do qual nunca ouvi falar. Corrupcao nao e so estatal, tem muito na industria farmaceutica tambem. Por mim , nao tomaria de jeito nenhum, ate porque ja tive o tal covid e meu sistema imune foi incrivel e me curou naturalmente (tomei muita sopa de raizes nos dias que estava mal).

Agora a questao, como sempre, e a tirania estatal. Pelo que li em SP, com o ditadoria, ja querem pra 2022 fazer uma revacinacao, semelhante a gripe, porem se o nosso caro congresso aprovar mesmo esse passaporte/certificado de vacina, estamos ferrados, pois nao so voce precisara do passaporte de vacina pra fazer coisas basicas como tera que ter "atualizado" com as doses.. Ai acho que seria o caso de procurar o menor dos males, como essa coronavac. ORWELLIANO isso!


A história depende de quem conta.. olha a narrativa em voga de que o bitcoin é ameaça real ao sistema financeiro mundial, ou seja é doutrinação para os desavisados repetir em cada buteco que é o bitcoin que causará hiperinflações ao redor do globo, e não os políticos...


Por hora, sem chance. As criptos, enquanto não forem utilizadas como meio de troca de forma contundente, não vão conseguir substituir as moedas Fiat.


E aí ?, o Bitcoin ou outra criptomoeda tem o potencial de substituir esse arranjo de petrodólares ou não ?.

Os biticonheiros juram que sim, os estatistas e minarquistas juram que não...



Diria que essa pandemia foi uma ruptura no padrao monetário também.
Entramos na era do helicopter money. Antes era meta de inflações. Agora nem isso. Parece haver uma disposição global para tolerar


De certa forma, sim. É como se a casa da moeda americana tivesse se tornado em uma mina de ouro. Mas lembremos que a economia americana ainda é pujante: é um dos maiores produtores agrícolas, um dos maiores destinos turísticos e sua indústria apesar da forte concorrência que apareceu nos últimos anos ainda consegue criar inovações. Tudo isso ajuda a dar sustentação ao dólar como moeda internacional.


p2p e blockchain sao tecnologias superiores pois sao descentralizadas
pra quem nao entende o motivo esta ai um exemplo


O que a esquerda diz? culpa da "precarização"

A verdade? olhe o comprasnet e você encontrará aquisição de equipamentos de informática (servidores e software) pelo CNPq nos últimos 5 anos. Isso é puramente incompetência e negligência dos funcionários públicos.


Consegui obter um gráfico histórico da taxa cambial entre dólar americano e peso mexicano. O interessante é que, de 1999 até o início de 2002, apesar daquela brutal valorização do dólar após o estouro das bolha das empresas pontocom, o peso mexicano se valorizou.

Você saberia me dizer se o nuevo sol peruano mudou o regime cambial? Pergunto isso porque, como você pode ver nesse gráfico da taxa de câmbio da moeda peruana, os padrões das linhas mudaram desde março de 2021, lembrando uma espécie de câmbio semi-fixo.


O sujeito vem dizer que a "automação" está excluindo e diminuindo o "consumo".


Ele só não percebeu que computador e internet, no qual ele está falando tamanha bobagem é...oras oras...a malvada automação!


Os bancos centrais podem hoje imprimir qualquer quantidade de dinheiro que julguem necessária. O dólar, que funciona (pelo menos até agora) como moeda de reserva internacional, tem o poder de adquirir bens reais sem oferecer absolutamente nada em troca. O Banco Central americano imprime dólares, estes são enviados ao exterior e, em troca, estrangeiros mandam bens reais aos americanos. O que eles ganharam em troca? Pedaços de papel, os quais eles vão utilizar para comprar títulos do Tesouro americano, ajudando a financiar o déficit orçamentário do governo.

É claro que, dentre os usuários de dólares, há muita gente que trabalha duro, gente integrada à estrutura de produção e que contribui para a sociedade fornecendo bens e serviços reais. Mas não podemos ignorar os políticos e os burocratas — uma classe de pessoas completamente distinta.

Essa classe parasítica enfraquece a classe produtiva, além de manipular a produção por meio do gasto público.


A abolição do sistema de Brenton Woods é aquele tipo de coisa fácil de ser implementado, mas extremamente difícil de voltar atrás. O padrão ouro era uma bola de ferro amarrada no pé dos governos. Não é de se admirar que, depois deste evento, a tendência de crescimento do poder dos governos, em detrimento da população, se consolidou em um nível sem precedentes. Mesmo em nações mais livres economicamente se pode notar esta tendência. O poder de criar dinheiro do nada é algo que nenhum governante quer abrir mão nos dias de hoje. Aliás, eles nem podem abrir mão, porque um arranjo monetário lastreado em ouro não permitiria sequer que os estados sejam capazes de sustentar o tamanho que eles atingiram. Do jeito que está, eles conseguem incrementar seu poder sem limitações, e existe um batalhão de economistas muito bem pagos dar as explicações mais mirabolantes possíveis para os problemas causados pelo sistema fiduciário de curso forçado e para convencer a população que este sistema é importante e necessário para o funcionamento da sociedade.


Artigo muito bom. Este vídeo resume também a saída do padrão ouro:



(em inglês, mas com legendas em português).


Se isso fosse verdade os países que mais desvalorizassem suas moedas estariam em melhor situação, quando na verdade o oposto é o que ocorre.

Se um país adotar padrão ouro isolado ele terá uma moeda mais forte que os demais, sua economia estará mais atrativa para receber investimentos de longo prazo e crescer. Sua moeda mais forte permitira comprar bens mais baratos em outros países o que é ótimo para sua população que estará mais rica e para os empresários que poderão comprar maquinários mais baratos, e exportará aquilo que tiver vantagem relativa ( como David Ricardo demonstrou, sempre haverá vantagem em comercializar com outros países sejam eles mais fortes ou fracos).

Quanto aos possíveis déficits na balança isso é irrelevante. A longo prazo a balança tenderá a um equilíbrio e as flutuações serão mínimas.


Se um país está apresentando déficit, dentro de um regime padrão ouro, os preços internamente irao cair, o que elevará suas exportações e até um aumento de IED.

Os preços internos irão cair só em termos de ouro. Se houver moedas fiduciárias no mundo, e estas moedas se desvalorizarem em termos de ouro, nada garante que o país que adotou o padrão ouro elevará suas exportações. Isto geraria uma recessão no país que adotou o padrão ouro, dependendo da intensidade em que ocorresse. O atual arranjo de câmbio flutuante é muito melhor neste aspecto, o padrão ouro só é verdadeiramente bom quando as maiores economias do mundo estão nele, devido aos motivos que apresentei.


Throughout most of the 20th century, the Mexican peso remained one of the more stable currencies in Latin America, since the economy did not experience periods of hyperinflation common to other countries in the region.

However, after the oil crisis of the late 1970s, Mexico defaulted on its external debt in 1982, and as a result the country suffered a severe case of capital flight, followed by several years of inflation and devaluation, until a government economic strategy called the Pacto de estabilidad y crecimiento económico) was adopted under President Carlos Salinas. 

en.wikipedia.org/wiki/Mexican_peso#New_peso

Ou seja, o peso mexicano ficou atrelado ao dólar até o fim de Bretton Woods. Economia com moeda estável cresce por gravidade.

Eventuais aventuras desenvolvimentistas tiveram de ser pagas na décadas de 1970 e, principalmente, na dolorosa década de 1980. E em 1994, com o peso flutuante, o México quase entrou em guerra civil.


Sim, por causa do ouro. Mas há ainda outro lastro: a população americana que, por ora, é altamente rica, produtiva e com grande capacidade de gerar riquezas. Os títulos governamentais americanos possuem também esse lastro.

Para quem estiver curioso, esse vídeo mostra a história das moedas utilizadas como reserva mundial.


Um padrão ouro, quando respeitado, não teria esse tipo de problema, pelo simples fato de que a longo prazo a balança tenderia a um equilíbrio, fazendo com que as flutuações fossem insignificantes.

Se um país está apresentando déficit, dentro de um regime padrão ouro, os preços internamente irão cair, o que elevará suas exportações e até um aumento de IED.


Não menosprezem tanto o atual arranjo, ele tem uma vantagem incomparável: nenhum deficit na balança comercial ou no balanço de pagamentos precisa ser pago. Num Padrão-ouro, na presença de tais déficits, os juros aumentariam. Ou seja, no atual arranjo, é possível um país se financiar da poupança interna dos outros países sem precisar pagar verdadeiramente por isto. Os EUA que o digam.


Em breve eu devo publicar um artigo falando sobre isso e a relação do Brasil com esse colapso.

Esse trecho abaixo que me causou dúvidas:

"A classe média americana havia alcançado o apogeu da prosperidade, sendo a inveja de todo o mundo. Em termos relativos, o nível de prosperidade da época jamais seria equiparado novamente. Outros países como Alemanha, Japão e até mesmo o México estavam enriquecendo rapidamente, uma vez que eles também participavam do padrão-ouro global, tendo suas respectivas taxas de câmbio fixadas em relação ao dólar (o qual, como dito, tinha um valor fixo em relação ao ouro)."

O México vivenciou esse crescimento alto por causa disso? Fazendo uma pesquisa rápida de Internet, tem fontes dizendo de que isso se deve ao fato de o país ter adotado políticas desenvolvimentistas... para os curiosos, achei dados históricos de PIB per capita de Brasil, Bolívia e México.


Não sei se é lenda, mas foi-me dito que foi numa reunião informal em Londres, que o Presidente Nixon disse a vários líderes mundiais que não iria mais lastrear o dólar ao ouro, e que ia ser assim mesmo e acabou.