Mises Brasil Instituto Ludwig von Mises Brasil
http://www.mises.org.br


A teoria econômica austríaca do intervencionismo
por Equipe IMB, sexta-feira, 17 de junho de 2016

Nesta aula sobre "A Teoria Econômica Austríaca do Intervencionismo", no Mises Summer School 2016, o professor Fabio Barbieri, tendo por base a análise econômica do intervencionismo, apresenta um panorama de como a intensidade das intervenções estatais na economia varia de forma cíclica.

Períodos profundamente intervencionistas sempre são necessariamente seguidos de períodos um pouco mais liberalizantes.  Se não fosse assim, todas as economias já teriam entrado em total colapso. 

Barbieri compara sistemas econômicos, esclarece algumas atribuições ao conceito de "capitalismo", e mostra que o intervencionismo é um sistema econômico, analisando o ponto de vista de Adam Smith, Turgot, Condillac, Say e Bastiat.

As intervenções sob pressupostos da teoria de equilíbrio competitivo, assim como seus objetivos, são abordadas e criticadas pela ótica austríaca.

Barbieri discorre sobre a errada crítica ao intervencionismo feita com base na "teoria do equilíbrio de mercado", a qual não apenas desconsidera a limitação do conhecimento dos agentes como também reforça a crença na tese de que reguladores são seres moral e intelectualmente superiores.

Exemplos de intervenções comuns em nosso cotidiano são apresentados.

O professor explica os ciclos intervencionistas com base no tamanho do estado e a trajetória econômica, tratando em maiores detalhes das fases expansionista, contracionista e os períodos de desaceleração.

A aula termina com um estudo de caso, observando a França no século XVIII.

Para assistir à aula completa, acesse: