clube   |   doar   |   idiomas
Dia da liberdade de impostos - 3ª edição

Evento — que será realizado em oito capitais e em outras sete cidades — tem como objetivo conscientizar a população sobre a alta carga tributária.  DIA 25 DE MAIO - quarta-feira.

 

O Brasil é um dos países em que mais se cobram impostos no mundo.  Neste ano, os brasileiros terão de trabalhar mais de 150 dias apenas para pagar os tributos cobrados pelo governo.  Para lembrar a data e chamar a atenção da opinião pública para a questão, será realizado pela terceira vez em São Paulo, o Dia da Liberdade de Impostos, em que a população poderá adquirir gasolina sem o preço dos tributos.  Além de São Paulo, o evento também será realizado em Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Manaus, Brasília, Vitória, Colatina, Linhares (ES), Caxias (RS), Florianópolis, Blumenau, Lages, Joinville e em Santa Rosa do Sul (SC).

O objetivo é conscientizar a população quanto à abusiva carga tributária do país. Muitos consumidores nem mesmo sabem, mas pagam cerca de 40% de imposto em cada produto comprado.  Para a gasolina, os tributos chegam a 53%. Trabalhamos praticamente cinco meses do ano apenas para bancar o governo.  Somos súditos, não cidadãos!

Em nome da "justiça social", Brasília e as demais esferas de governo arrecadam quase metade do que é produzido de riqueza no país.  Em troca, produzem muitas leis estúpidas e um mar de corrupção.  A renda per capita da capital é a maior do país, de longe. Como agravante, somos chamados pelo eufemismo de "contribuinte", como se estivéssemos fazendo uma doação voluntária (com o perdão do pleonasmo) para bancar a farra dos parasitas consumidores dos nossos impostos.  Esse ato imoral de nos tirar quase a metade do que ganhamos sob a mira de uma arma precisa ficar mais transparente.

Os péssimos serviços prestados tornam a situação ainda mais calamitosa.  Mas é importante destacar que esse não é o cerne da questão, ao contrário do que muitos pensam.  Mesmo que o senhor de engenho ofereça alguns confortos razoáveis para seus escravos, isto não altera a natureza imoral da escravidão.  E quando somos forçados a transferir a metade do que ganhamos para governantes, isso não pode ter outro nome senão escravidão, ainda que velada.  Infelizmente, muitos não se dão conta disso, e nem sequer sabem o quanto entregam para o governo.  Eis o porquê de a iniciativa do "dia da liberdade de impostos" merecer todo apoio possível.  Chega de imposto!

Nesta data simbólica, a venda de gasolina será subsidiada nas cidades supracitadas.  A gasolina sairá pela metade do preço cobrado normalmente, que é quanto a gasolina custaria caso não incidissem sobre ela tributos como a CIDE, PIS, Cofins e ICMS.

Em São Paulo, o Dia da Liberdade de Impostos em São Paulo está sendo organizado pelo Instituto Mises Brasil, pelo Movimento Endireita Brasil e pelo Instituto de Estudos Empresariais.  A venda de gasolina subsidiada (R$ 1,32) ocorrerá no Centro Automotivo Portal das Perdizes (bandeira Ipiranga), que fica na Avenida Sumaré, esquina com a rua Dr. Franco da Rocha.  As vendas serão limitadas a 30 litros de gasolina por veículo.  Após encerrada a cota de 6.000 litros, a ação terminará.  Será aceito somente pagamento em dinheiro.  A diferença no preço do combustível será paga pelas entidades organizadoras do protesto.

O Dia da Liberdade de Impostos foi realizado pela primeira vez em 2003, em Porto Alegre.  Desde então, diversas cidades no Rio Grande do Sul aderiram ao movimento. Em 2009, pela primeira vez o evento foi realizado simultaneamente em quatro capitais. Diversos outros países também realizam o evento, que é chamado de "Free Tax Day".

_________________________________________

Abaixo, a programação nas respectivas cidades:

São Paulo

Avenida Sumaré, travessa da Rua Dr. Franco Rocha, 664, Sumaré

Posto Ipiranga, Centro Automotivo Portal das Perdizes.

Horário: Abastecimento a partir das 9:30h, por ordem de chegada.

Pagamento: Apenas dinheiro.

Observação: Para dar oportunidade para mais pessoas, cada veículo poderá colocar no máximo 30 litros.

 

Rio de Janeiro:

Horário: 11:00 - 14:00 (senhas distribuídas a partir das 10h30)

Local: Posto ALE, Rua General Góes Monteiro, 159 (em frente ao Canecão), Botafogo-RJ


Porto Alegre:

Horário: a partir das 10h

Local: Posto Firense (Rua Santana 345)


Caxias (RS):

Horário: 9h às 12h

Local: Posto Cidadão Caxias, Rua 13 de maio, 1004 (bairro Lourdes)

 

Belo Horizonte:

Horário: 8:00 às 14:00

Local: Posto Albatroz - Av. Afonso Pena, 2122, esquina com Av. Brasil

 

Manaus:

Horário: 8:30 - 11:30

Local: Posto Shell da MS Casa - Av. Djalma Batista

 

Brasília:

Horário: 07:00 - 10:00

Local: Posto Jarjour (206 norte)


Florianópolis

Horário: a partir das 8h

Local: Posto Nienkötter, Avenida Ivo Silveira

 

Santa Rosa do Sul (SC)

Horário: 9:00 - 12:00

Local: Posto Passo, avenida Damásio Peres


Lages

Horário: a partir das 9h

Local: Posto Raid II, Avenida Dom Pedro II


Blumenau

Horário: a partir das 8:30h

Local: Posto RG, Rua Pedro Zimmermann, Itoupava Central


Joinville

Horário: a partir das 9h

Local: Posto Amin, Rua Visconde Tauney

 

Espírito Santo:

Cidade: Vitória

Horário: 08:00 - 12:00

Local: Posto Monza (próximo a 3ª Ponte)

 

Cidade: Colatina

Horário: 08:00 - 12:00

Local: Av. Silvio Avidos, 815

 

Cidade: Linhares

Horário: 08:00 - 12:00

Local: Posto Ouro Negro

 

Ainda em São Paulo, haverá outro evento, organizado pelo partido Libertários, contra os impostos.  O ato ocorrerá em frente ao impostômetro da rua Boa Vista, das 12:30 às 15:30.


0 votos

autor

Equipe IMB

  • Tiago RC  24/05/2011 09:18
    Esse é evento é muito bom, parabéns por continuá-lo!

    Sugestão, para eventos futuros talvez: pensem em vender não só gasolina, mas itens de supermercado também, sem os impostos. Vendam alimentos, bebidas alcoólicas, vestimentas, enfim, tudo o que puder para mostrar à população que todos são afetados, e quanto.

    Parabéns mais uma vez pela iniciativa!

  • Bruno  24/05/2011 10:44
    Ótima iniciativa. Só faltou deixar claro quando será o evento. É amanhã?
  • Rodrigo Meira  24/05/2011 14:09
    quanto mais videos tiverem dessas manifestções melhor, infelizmente o alcance do video hoje é superior ao de um bom texto.
  • mcmoraes  24/05/2011 14:56
    Caras, vocês estão mudando o Brasil para melhor!
  • Yuri Herdt  24/05/2011 16:02
    Pessoal, vai acontecer em Florianópolis também -

    No mesmo dia: quarta, 25 de maio de 2011
    Posto Rita Maria - Centro
    Em frente a Rodoviária.
    A partir das 9h.
  • Leandro  24/05/2011 16:13
    Obrigado pela informação, Yuri. Já a acrescentamos em nosso texto.

    Grande abraço!
  • André Poffo  24/05/2011 16:51
    Em Santa Catarina acontecerá nas cidades de Lages, Blumenau, Joinville e Florianópolis.

    Lages
    Preço: R$ 1,76
    Local: Posto Raid II, Avenida Dom Pedro II
    Início: 9h
    Venda: 2 mil litros, com limite de 15 litros para carros e cinco para motos

    Blumenau
    Preço: R$ 1,68
    Local: Posto RG, Rua Pedro Zimmermann, Itoupava Central
    Início: 8h30min
    Venda: 3 mil litros

    Joinville
    Preço: R$ 1,70
    Local: Posto Amin, Rua Visconde Tauney
    Início: 9h
    Venda: 3.365 litros, com limite de 20 litros

    Florianópolis
    Preço: R$ 1,73
    Local: Posto Nienkötter, Avenida Ivo Silveira
    Início: 8h
    Venda: 10 litros para os primeiros 273 clientes

    Fonte: www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18§ion=Economia&newsID=a3321855.xml
  • Felipe André  24/05/2011 17:01
    Valeu pela informação, André. O posto RG de Blumenau é pertinho de casa. Vou tentar abastecer lá. :)
  • Leandro  24/05/2011 17:03
    Obrigado, André. Atualizado!
  • Robson  24/05/2011 16:18
    caralho , vai ter em santa catarina? quem tá organizando por lá? alguem sabe me dizer?
  • Yuri Herdt  24/05/2011 16:30
    Quem está organizando em Florianópolis é a ACIF Jovem:

    acifjovem.blogspot.com/2011/05/acif-jovem-de-florianopolis-participa.html

    Eu e meu sócio tivemos contato com o grupo recentemente e eles nos informaram sobre.
  • Tulio  24/05/2011 19:49
    Prezado Leandro,\r
    \r
    posso copiar o texto e enviar por e-mail para minha lista, indicando, obviamente, o link do site?\r
    \r
    obrigado,\r
    Túlio
  • Leandro  24/05/2011 20:00
    Caro Tulio, por favor, faça isso. E sinta-se bastante à vontade para fazer o mesmo com quaisquer outros textos do site.

    Grande abraço!
  • Erick Skrabe  24/05/2011 20:05
    Parabéns Mises Brasil ! ! !

    Espero que daqui pra frente essa data seja cada dia mais cedo. Quem sabe um ano ñ seja no dia 1o de janeiro...
  • Siomara  25/05/2011 08:05
    Gostaria que o movimento se estendesse para o interior de São Paulo tambem pois mostra que isto é democracia aos brasileiros e mostra o quanto pagamemos de impostos pelo nosso combustível que a as vezes tem péssima qualidade. \r
    Mesmo assim PARABÉNS PELA INICIATIVA\r
    E felizes aqueles que podem aproveitar um pouco desta oportunidade, vale a pena ficar na fila e economizar!!!
  • Leandro  25/05/2011 08:31
    Prezada Siomara, de fato, esse seria o ideal. O problema está justamente em arrumar patrocínio e disponibilidade de financiamento. Para cada posto, as instituições patrocinadoras do evento gastam por volta de 10 mil reais. Não é pouca coisa, principalmente quando se considera que o retorno financeiro para quem faz o evento é praticamente nulo.

    A coisa toda é feita apenas com a intenção de mostrar o quanto somos roubados pelo governo. Não há interesses comerciais por trás desses eventos, muito menos qualquer objetivo de lucro.

    Grande abraço.
  • marcel  25/05/2011 12:58
    tem vários portais de notícias chamando o protesto de Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte. que palhaçada é essa???
  • Leandro  25/05/2011 13:12
    Isso é coisa das entidades politicamente corretas que não têm coragem de dizer que imposto é roubo. Para estas, a monstruosa arrecadação gerada pela imoral carga tributária é simplesmente "mal gerida" -- caso a educação, a saúde e a segurança melhorassem um pouquinho, então pagar impostas repentinamente passaria a ser uma benção.

    Aproveito para relembrar que o IMB está participando apenas do evento de São Paulo, não se responsabilizando por absolutamente nada que as outras entidades organizadoras no restante do país venham a pronunciar.

  • Joao  25/05/2011 13:25
    O engraçado é que a economia está passando por problemas em praticamente todos os países, variando apenas o nível dos problemas e a forma como as pessoas enxergam esses problemas. No Brasil, por exemplo, a dívida pública é uma coisa assustadora, a expansão monetária nos últimos anos foi gigantesca, o estado já praticamente decide quem deve e quem não deve prosperar, o estado financia grandes empresas como empreiteiras e, mesmo assim, muita gente acredita que está tudo indo muito bem.
    Parece-me ser quase impossível demover as pessoas da ideia de que o Brasil só sofre de um problema de mau uso dos impostos. Mesmo que os serviços não sejam péssimos, o estado acabará, na melhor das hipóteses, torrando as riquezas do país para manter uma estrutura de bem-estar social fantasiosa. Agora que os governos estão falindo, a culpa recaiu sobre o mercado, e prega-se um controle ainda maior sobre o mercado. Tal controle deve ser feito pelos mesmos governos que se endividaram até o pescoço para brincar de dar felicidade a todos os cidadãos em troca de votos e prestígio!

    Recomendo a todos a leitura dos seguintes artigos deste site:
    O estagnado socialismo sueco
    O mito do assistencialismo escandinavo reexaminado

    Tais artigos me ajudaram a descartar totalmente a hipótese de que basta o Brasil "gastar corretamente os impostos" para que tenhamos uma qualidade de vida como a dos países Escandinavos.
  • Fernando Ulrich  25/05/2011 14:10
    Aqui no Sul continua Dia da Liberdade de Impostos...\r
    zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1§ion=Economia&newsID=a3322393.xml
  • augusto  25/05/2011 14:29
    No Rio de Janeiro, tambem esta sendo chamado de "Dia da Liberdade de Impostos".\r
    \r
    materia: oglobo.globo.com/economia/mat/2011/05/25/gasolina-sem-impostos-provoca-filas-por-duas-quadras-no-rio-924532882.asp\r
    \r
    Agora, para DESANIMAR, vejam o comentario que aparece no fim da reportagem:\r
    \r
    "O casal Mario e Nali Ferrandino sugere que a ação seja feita outras vezes. \r
    - Ficamos mais de duas horas na fila e isso porque deram prioridade ao meu marido que foi operado. Economizamos R$ 30. Valeu a pena. Todos os comércios deveriam dar um dia para o consumidor - disse."\r
    \r
    Como assim "os comércios deveriam dar um dia para o consumidor" ? Os comercios dao todos os dias para o consumidor. O preco alto eh resultado dos impostos. Acho que alguem nao entendeu do que se tratava o comercio. Talvez as pessoas tivessem que passar por uma provinha de avaliacao depois de abastecer o tanque, hehe...
  • mcmoraes  25/05/2011 16:40
    Essa me fez lembrar de um velho ditado: Contra a burrice, até mesmo os Deuses lutam em vão! :)
  • Maurício Gonçalves  25/05/2011 15:09
    Pessoal,\r
    \r
    A Levi's, empresa de roupas, também está dando um desconto inspirado no dia da liberdade de impostos.\r
    \r
    Para quem for de SP, é só na loja do Shopping Morumbi.\r
    \r
    abraços,\r
    \r
    Maurício
  • Bernardo Santoro  25/05/2011 16:21
    Vários restaurantes entraram nas comemorações do Dia da Liberdade:

    www1.folha.uol.com.br/mercado/920646-em-15-capitais-restaurantes-deixam-de-cobrar-impostos.shtml
  • Bernardo Santoro  25/05/2011 16:45
    Infelizmente o nome oficial do dia 25 de maio é Dia Nacional do Respeito ao Contribuinte, de acordo com a Lei n. 12.325/2010. Quem quiser pode ler o conteúdo aqui:

    www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12325.htm

    Inclusive, o art. 3, vetado, dispunha que quem faria a programação e organização das festividades seria o governo.

    Como eu não me considero um contribuinte, pois eu não contribuo voluntariamente para nada, eu simplesmente me recuso a aceitar essa lei como um todo.

    E continuarei a chamar de Dia da Liberdade de Impostos.
  • Fernando Chiocca  25/05/2011 17:42
    Nossos inimigos são muito espertos, como todo malandro.

    O governo tenta surripiar até esta data e este protesto da sociedade.

    Hoje uma reportagem de uma rádio sobreas ações nos postos de gasolina já se referiu ao Dia da Liberdade de Impostos como Dia do Respeito ao Contribuinte. É a máquina propagandista estatal funcionando a todo vapor para continuar enganado as massas.

    Temos que contra atacar. Ano que vem o DLI deve ser no dia 29 de maio, que foi o dia que o IBPT calculou como o dia em que começamos a trabalhar para nós mesmos.
  • Daniel Marchi  25/05/2011 19:17
    O Brasil é o país da piada pronta mesmo... Uma lei federal rege o "Dia Nacional do Respeito ao Contribuinte". Só faltou a lei instituir um fundo de financiamento para as festividades da data.
  • Augusto  25/05/2011 22:29
    Pode-se concluir que no restante do ano, os contribuintes podem ser desrespeitados?
  • Miguel A. E. Corgosinho  25/05/2011 18:48
    Precisamos contra atacar com o dia da liberdade da taxa de juros - grande parte do roubo é para ela.
  • André Ramos  26/05/2011 10:18
    Dia do respeito ao contribuinte???
    É como se os ladrões fizessem um dia do respeito às vítimas e dissessem: "podem sair de casa hoje, que nós não vamos roubá-los"...
  • augusto  26/05/2011 11:21
    nao, nao. vao roubar, mas com respeito. sem esculachar.
  • Mariana  26/05/2011 17:52
    se desde 2003 essa liberdade foi a ilusao de um dia.. eu sugiro: desistam pq não está adiantando nada.
  • Fernando Chiocca  26/05/2011 17:59
    Adiantou para vc vir até aqui e dizer que não está adiantando nada.. ou seja, adiantou para algo. E você não é a única a chegar aqui.. bem vinda.
  • Miguel A. E. Corgosinho  26/05/2011 18:46
    Muita gente contra o ano inteiro, está feliz por um dia de liberdade... Parece até que eles desejam que a economia possa ser uma ciência de verdade.
  • void  26/05/2011 18:38
    Haha, ok. Invertemos Gramsci, e essa revolução pode levar quanto tempo for, mas uma hora a liberdade deve triunfar. Sinto muito por vocês, tiranos e parasitas, vão ter que procurar um emprego normal e viver de seu próprio trabalho.
  • Arnaldo  26/05/2011 19:25
    E qual a sugestão de algo que adiantaria?
  • Angelo Viacava  26/05/2011 21:42
    Lênin: "acuse seus inimigos do que você faz, xingue-os do que você é." Escondendo-se atrás da falta de idéias próprias, ou de não posicionar-se contra ou a favor de algo, torna-se fácil opinar sem opinar em sites como este. Receitas prontas não existem, graças a Deus, pois fatalmente levariam ao desastre. Ainda bem que discordam de minhas opiniões, assim jamais chegarei ao poder para exercitar minha tirania. Sigamos tentando, de tombo em tombo. Conversar é assim mesmo; uns discordam, outros concordam e a vida segue. Antes de conhecer este site, e outros de opinião livre, tinha minhas dificuldades em reconhecer as causalidades dos fatos. Agora, ao menos em parte, já consigo ver as coisas de maneira diferente e sei melhor a quem apontar o dedo na hora de acusar.
  • Emerson Luis, um Psicologo  12/12/2014 00:15

    O Estado cobra impostos extorsivos e o mercado que leva a culpa pelos preços altos!

    * * *


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.