clube   |   doar   |   idiomas
A irrefreável ascensão dos intolerantes: é lícito punir alguém pelo "crime" de proferir palavras?
Somente o indivíduo é o responsável por seu consumo de informações

Primeiro começaram dizendo que tudo o que outro lado dizia era "fake news". Pediram censura. Aplaudiram quando Facebook, Twitter, Instagram e YouTube tiraram do ar perfis e páginas "ofensivas" e "difusoras de fake news".

Sempre alegavam se tratar de "fake news" quando as coisas ditas lhes eram desfavoráveis. E quase sempre pediam censura.

Então entrou em cena a mídia convencional dizendo-se a única fonte confiável de notícias, pedindo aos leitores que ignorassem as "inconfiáveis" redes sociais e recorressem somente a ela (grande mídia) caso quisessem saber "a verdade".

Em seguida surgiu o STF e simplesmente mandou confiscar a propriedade de qualquer pessoa que criticasse os togados nas redes sociais. Até mesmo pessoas que, por lei, contam com imunidade parlamentar foram presas sem o devido processo legal, em flagrante atentado à própria constituição nacional. Aplaudiram. 

Quando você pensou que tinha acabado, veio o Tribunal Superior Eleitoral e mandou "desmonetizar" canais no YouTube que fazem campanha pelo voto impresso e criticam a urna eletrônica. O TSE afirmou que tais canais não fazem "críticas legítimas" nem "propõem soluções para aperfeiçoar o sistema". 

E então, ápice do autoritarismo, surge o ubíquo Ministro do STF Luis Roberto Barroso afirmando que "opiniões anticientíficas" (quem define?) não são liberdade de expressão — o que significa que, na prática, qualquer opinião pode dar cadeia (será que isso valerá para defensores do socialismo?).

Sim, o estado agora define o que pode e o que não pode ser dito. Órgãos estatais assumiram a "curadoria" da sociedade, tutelando opiniões e punindo os "malfeitores".

A imprensa demonstra indisfarçável regozijo para com tudo isso — pois sabe que a atitude do STF fortalece seu monopólio da informação — e pede mais.

Não é necessário ser um adepto de teorias da conspiração para se constatar que há uma flagrante perseguição a ideias e pessoas politicamente incorretas e não-progressistas no Brasil. 

E as justificativas utilizadas para se impor este autoritarismo são sempre as mesmas: "fake news" e "atentado à democracia". 

Neste admirável mundo novo, criticar ministros do STF (que não foram eleitos pelo povo) e criticar urnas eletrônicas (pedindo mais transparência) significa "dizer mentiras e atentar contra a democracia".

E este autoritarismo está sendo defendido por todas aquelas pessoas que se dizem "tolerantes" e "progressistas".

Para começar, onde está a responsabilidade individual?

A liberdade de escolher e de pensar por conta própria é um dos mais sagrados atributos do indivíduo. No entanto, várias pessoas adotaram a atitude de colocar suas preferências ideológicas acima da responsabilidade individual.

Pior: a "politização de tudo" criou um divisor. Todos acusam aqueles com opiniões diferentes de estarem divulgando informações falsas. 

Mas, por enquanto, apenas um lado pede punição.

Para deixar claro: no mundo político, há muita informação falsa. Faz parte do jogo. E sempre foi assim. 

A novidade atual é a censura — que, de novo, vale apenas para um lado.

Quando Facebook, YouTube, Twitter e Instagram são pressionados e acabam banindo e desmonetizando determinados usuários, a alegação é que tais pessoas foram banidas porque incorriam em "discurso de ódio", faziam "bullying" e, claro, espalhavam "informações falsas".

Mas atenção: políticos, mídia e judiciário defendem a censura de informações incômodas (que rotulam de "falsas" ou "incorretas") exatamente porque têm medo de que as pessoas irão simpatizar com tais visões.

Pedir a censura ou até mesmo a prisão de alguém que dá opiniões ou espalha "fake news" — ou, mais realisticamente, de alguém que diz algo com que você não concorda ou que lhe ofende ou que lhe expõe —, apenas mostra sua insegurança. Você teme aquilo que está sendo dito. Você teme que tais idéias ganhem seguidores e que as ideias que você defende percam espaço. E teme não saber contra-argumentar.

Você, em suma, é contra a responsabilidade individual. Você quer soluções coletivistas para questões individuais.

Um pedido aos que defendem censura e punição para ideias

Ressaltemos o óbvio: afirmações falsas e opiniões erradas sempre existiram e sempre existirão, estejam seus portadores nas redes sociais ou não. 

Sendo assim, se você defende a censura e a punição para pessoas que expressam "ideias diferentes", entenda que há uma grande vantagem em permitir que tais pessoas possam expressar livremente suas visões nas redes sociais: isso permitirá às demais pessoas tomarem suas próprias decisões quanto a estas visões. 

Ao permitir que pessoas livremente se associem a outras pessoas que você considera repugnantes, isso lhe permitirá fazer um uso ainda melhor dessa mesma liberdade: você poderá optar por se afastar dessas pessoas. Isso vale tanto para pessoas que pensam diferente em questões mais explosivas como raça, sexualidade e religião, quanto para pessoas que pensam diferente em coisas mais prosaicas como economia e política.

Se um amigo passa a seguir uma pessoa cuja ideologia você despreza, você estará agora em posição de encerrar sua amizade com alguém que você considera "indigno". A liberdade de expressão lhe trouxe este presente: selecionar melhor suas amizades.

A melhor maneira de combater idéias ruins é com idéias boas. Ao permitir uma miríade de opiniões diferentes circularem livremente nas redes sociais, você dá a todos os indivíduos a oportunidade de julgar os méritos de cada opinião e, assim, tomarem suas próprias decisões. E se as idéias que você defende são realmente as "verdadeiras", então não há nada a temer.

Por fim, há também aqueles que dizem que "fake news", "discursos de ódio" e "incitações" devem ser banidos pelo bem do "tecido social", e também para evitar que a sociedade fique "politicamente dividida". Dizer o quê? 

Se o fluxo de informações, verdadeiras ou falsas, pode afetar a convivência das pessoas e esgarçar o tecido social, então a verdade é que esse tecido social nunca foi muito forte, e iria se arrebentar de qualquer jeito.

As perigosas consequências não-premeditadas

Finalmente, eis o ponto mais preocupante.

Quando um grupo politicamente influente consegue instituir a censura sobre aquelas idéias alheias que consideram ofensivas, essa ação bem-sucedida começa a atrair imitadores: a tendência natural é que outros indivíduos que também se sentem ofendidos por outras idéias passem a exigir a censura dessas idéias. 

Como consequência, o debate, as trocas de ideias e a liberdade de pensamento vão se tornando cada vez mais manietados.

Pior: quando um grupo vê suas idéias sendo censuradas, a tendência é que ele redobre a aposta em suas idéias, tornando-as ainda mais agressivas, podendo se degenerar em violência física.

Assim, qualquer sociedade que opte pela censura, ainda que branda, está continuamente colocando em xeque a resistência de seus pactos implícitos em torno da liberdade de expressão.

E aí está aberta a Caixa de Pandora.

O progressista que hoje vibra com a punição de pessoas que expressaram "ideias anti-científicas" poderá, futuramente, ir para a cadeia caso um eventual governo conservador faça uso desta mesma lei e decida punir pessoas que defendam ideias socialistas.

É o debate que faz a civilização

Para que uma sociedade progrida intelectualmente, o choque de ideias é fundamental em todos os níveis, principalmente entre as massas. Expressar-se livremente é o mecanismo por meio do qual o ser humano mantém a sociedade funcionando.

É em decorrência da liberdade de expressão e da capacidade de articular idéias que as pessoas conseguem apontar problemas, explicá-los, solucioná-los e tentar chegar a um consenso.

O debate aberto e sem censura é exatamente o que evita a predominância do "pensamento de manada", inclusive garantindo uma voz para os grupos mais marginalizados e excluídos — os quais, em tese, são o alvo da preocupação da esquerda progressista.

O que fazer?

Logo, se as redes sociais podem, mas não devem, banir usuários e postagens das quais não gostam, e considerando que o estado certamente não deve censurar opiniões ou controlar a disseminação de informações, o que então podemos fazer para estancar a difusão de informações falsas?

A resposta, que certamente irá incomodar a muitos, é uma só: absolutamente nada.

Tudo o que você pode fazer é criar e circular informações, e acreditar que suas idéias são robustas o bastante para falar por si sós, e com isso convencer as demais pessoas.

Somente o indivíduo é responsável por seu consumo de informações. Se uma determinada pessoa opta por acreditar em coisas erradas, ou se ela não quer checar a veracidade das coisas que lê e ouve, ela própria sofrerá as consequências. Isso se chama responsabilidade individual.

Ao constantemente tentar censurar e banir tudo de que não gosta, você, na prática, está dizendo que todos os outros indivíduos são incapazes de tomar a decisão correta por conta própria. E isso, além de arrogante, é uma postura totalitária.

__________________________________

Leia também:

A liberdade requer coragem - inclusive para ver e ouvir o que não se quer

Para que serve a liberdade de expressão - e quais os seus limites


autor

Gustavo Guimarães

é administrador de empresas pela FGV-SP, empreendedor do ramo da construção civil, e autodidata em economia.

 


  • Samor  20/08/2021 18:22
    Prometeram que o autoritarismo viria de Bolsonaro. Este, no entanto, está sendo o governo mais frouxo da história. Todo o autoritarismo está vindo dos togados, indicados por PSDB e PT.

    Hoje, dá cadeia você expressar um opinião (vide o próprio Oswaldo Eustáquio). E muitos apoiam isso. As pessoas não têm ideia do monstro que estão criando.
  • Marcos  20/08/2021 18:27
    Repito uma pergunta que já fiz aqui: se estão caçando, cassando e prendendo conservadores e direitistas, sem o devido processo legal, sob um governo tido como conservador e de direita, imaginem como será quando a esquerda revolucionária assumir o poder?
  • Humberto  20/08/2021 18:44
    Sim, e isso ainda não está nada precificado no mercado financeiro. Imagine quando essa extrema-esquerda assumir o poder em janeiro de 2023 (as urnas inauditáveis estão aí para isso mesmo)?

    Eis o cenário:

    1) O STF já está totalmente no bolso deles. Todos os ministros foram indicados por esses radicais (tanto é que esses ministros soltaram o ladrão-mor e chefão de todos). Ou seja, o judiciário será deles. Qualquer um que criticar irá preso.

    2) O Executivo também será inteiramente deles.

    3) E o Legislativo será devidamente comprado com o dinheiro das estatais (que agora estão saneadas e lucrativas).

    Se com a Petrobras e os Correios deficitários, esses caras compraram uma cidade, imagine como será quando herdarem todas as estatais lucrativas? Os caras vão comprar todo o continente.

    4) Acham que o dólar está caro? Pois eu digo que está uma pechincha. Pensem no cenário acima. Ainda tá relativamente barato cair fora. Só não sei para onde ir. Toda a América Latina cairá. Miami continua sendo a opção mais em conta.
  • anônimo  20/08/2021 19:18
    Isso tudo ainda é o de menos. Pode acrescentar aí também a compra da imprensa. Lula já percebeu que defender a "regulação da mídia" é tiro no pé. Não é bom ter uma imprensa indócil e insatisfeita. Muito melhor é domesticá-la via repasse de verbas (nossos impostos). Assim todos ficam felizes.

    A mídia toda irá apoiá-lo, fartando-se em recursos.

    O corte de repasses para a mídia começou sob Temer. Não à toa a imprensa repentinamente mudou o tratamento dispensado a ele (e olha que ele sempre foi extremamente cordial e respeitoso com a imprensa; mas assim que verba secou, acabou o amor). Inventaram vários calúnias escabrosas e ainda criaram três processos de impeachment.

    O atual governo aprofundou os cortes, e está sofrendo a ira desde 1o de janeiro de 2019.

    Lula, esperto, está observando tudo isso e certamente já fez reuniões com a família Marinho prometendo fartos repasses, bem como o perdão das dívidas do BNDES.

    Não haverá oposição nenhuma.
  • Ex-microempresario  21/08/2021 16:05
    Estatais "saneadas e lucrativas"? Onde?
  • Walterson Almeida  23/08/2021 01:54
    As grandes estatais pararam de dar prejuizo e estão dando lucro, até os Correios.
  • Ex-microempresario  23/08/2021 13:58
    Para quem detém monopólio garantido pelo estado e cobra o preço que quiser, não é difícil ter lucro. O preço da gasolina subiu 50% este ano. Assim é fácil.

    Quero saber qual a estatal que está sendo administrada em padrões comparáveis à iniciativa privada e que está sendo lucrativa em condições de concorrência.

    Quero ver números reais mostrando aumento de eficiência, não discursos de políticos alegando milagres.
  • ALEXANDRE JOSE ALMEIDA DA SILVA  23/08/2021 14:12
    Acho que hoje a máxima que tem se imperado é: "O inimigo do meu inimigo é meu amigo". Quando/se este pessoal assumir o poder, eles se dividirão novamente, se digladiarão e sabe-se lá o que restará e todos nós.
  • ALEXANDRE JOSE ALMEIDA DA SILVA  23/08/2021 14:10
    De fato.
  • Marcelo  25/08/2021 18:09
    A democracia tem por consequência primeira a liberdade de expressão.
    Art. 5º, IV da CF/88.
    "É livre a expressão do pensamento..."
    A liberdade de dizer "não" confunde-se com o próprio conceito de liberdade.
    Deus conferiu ao homem uma individualidade e o coletivismo pretende anular essa natureza, neutralizando a inteligência de todos.
    Coletivismo ateu em nome do Estado = Fascismo.
    Coletivismo ateu em nome da Raça = Nazismo.
    Coletivismo ateu em nome da classe = Socialismo.
  • Ex-microempresario  25/08/2021 20:46
    Discordo. Pela definição de "democracia", se 51% forem contra a liberdade de expressão, ela não existe.

    Ou, pior ainda, 51% podem acabar com a liberdade de expressão dos outros 49%, alegando "desrespeito", "fake news", "discurso de ódio", "pensamento antidemocrático" ou até mesmo uma palavra esquecida e recentemente "redescoberta": vilipêndio
  • Marcelo  26/08/2021 12:00
    Preste bem atenção na força das palavras, eu disse que a liberdade de expressão é CONSEQUÊNCIA da democracia.
    Você misturou tudo.
    A democracia tem os seguintes pressupostos:
    1- Transparência.
    2- Elevados princípios morais.
    3- Livre mercado.
  • Ex-microempresario  26/08/2021 16:31
    Tanto esses pressupostos como a liberdade de expressão existem apenas nos discursos. Na prática, qualquer político é contra a liberdade de expressão e contra o livre mercado se isso render votos, então ele sempre será a favor de reduzir os direitos dos grupos menos numerosos para bajular os grupos mais numerosos.

    Quanto aos "elevados princípios morais", a pergunta é óbvia: elevados na opinião de quem?
  • Estado máximo, cidadão mínimo.  26/08/2021 19:06
    "A democracia tem os seguintes pressupostos:
    1- Transparência.
    2- Elevados princípios morais.
    3- Livre mercado."

    Estes pressupostos talvez só possam ser encontrados em comunidades Amish ou mosteiros budistas hoje em dia.
  • Marcelo  27/08/2021 11:43
    Existem países que mais se aproximam desses ideais e outros menos.
    Podemos citar como mais democráticos, Israel, Japão, entre outros.
  • Anti-democracy   27/08/2021 02:24
    A democracia não tem pressuposto nenhum que a vontade da maioria.
    Acho interessante como a "democracia" se tornou a religião do mundo contemporâneo, pessoas querem associar todo tipo de coisa boa a ela e esquecem o significado original da palavra.
    Democracia = vontade da maioria
    Existem países que têm um misto de democracia com liberdade. Mas democracia e liberdade não são a mesma coisa.
    Existem países com democracia com pouquíssima liberdade e existem países sem democracia com muita liberdade.
  • Introvertido  26/08/2021 00:42
    Atá Marcelo, coletivismo ateu não pode, mas coletivismo teista está tudo bem né? Por que é isso que deu á entender o seu comentário.

    Sejamos mais honestos, irei atualizar seu comentário, substituindo 'ateu' por autoritarismo, pois 'ateu' no meio dá á entender que todo ateu é 'do mal', e adicionando dois novos sistemas de governo.

    Coletivismo autoritário em nome do 'Estado' = Fascismo.
    Coletivismo autoritário em nome da 'Raça' = Nazismo.
    Coletivismo autoritário em nome da 'classe' = Socialismo.
    Coletivismo autoritário em nome de 'deus' = teocracismo
    Coletivismo autoritário em nome da 'maioria' = democratismo
  • Fernando  20/08/2021 18:24
    Num grupo de discussão do WhatsApp, formado majoritariamente por familiares anti-bolsonaristas, fiz a seguinte pergunta:

    "Quem vocês criticariam hoje sem medo: Bolsonaro ou os ministros do STF?"

    Fui expulso do grupo acusado de "causar baderna" rsrsrs.
  • anônimo  20/08/2021 18:28
    Faça essa pergunta para qualquer progressista. E então "watch them squirm".
  • anônimo  27/08/2021 12:28
    Precisa ser um ou outro?
    Pois os dois cometem erros.
  • Yuri  20/08/2021 18:59
    Essa do Borroso de dizer que "opinião não-científica" é crime já basta para mostrar como já estamos vivendo em um estado de exceção. A idéia é ir promulgando leis estapafúrdias para fazer com que outros atos autoritários pareçam mais sensatos, como uma eventual prisão de Sérgio Reis ou mesmo a prisão de Roberto Jefferson (cujo "crime" foi fazer um vídeo de YouTube portando duas pistolas).
  • Adrilles  20/08/2021 19:17
    Hoje tá assim:

    1) Um juiz prende pessoas sem julgamento ou processo.

    2) Você protesta e o juiz te prende sem julgamento e processo.

    3) Você chama o povo para um protesto contra o juiz ditador .

    4) O juiz diz que teu apelo ao povo é antidemocrático porque critica ele, o juiz.

    E todos os progressistas e toda a mídia estão aplaudindo isso, dizendo que isso sim é que é democracia.
  • Edson  20/08/2021 19:51
    A extrema-esquerda assumirá o poder em 2023 e dirá que a Escola Austríaca é anti-científica. Barroso determinará que todos que acessaram esta página e comentaram sejam enviados para a Papuda.
  • anônimo  20/08/2021 20:42
    Não foi o Iluminismo que acabou em guilhotina de opositores e, logo depois, até dos próprios apoiadores? Alguém surpreso com as atuais medidas vindas de adoradores da tal "revolução"?
  • Sérgio  21/08/2021 19:41
    Caro Anonimo, permita-me fazer uma correção.

    Muito pelo contrário, foram os LIBERAIS ILUMINISTAS que aplicaram a guilhotina nos seus opositores. Devo lembrar das matanças na Revolução Francesa e seu Estado de Terror. Vários padres e Católicos foram mortos pelos liberais na Revolução Francesa, tudo em nome de "liberdade, igualdade e fraternidade".
  • Revoltado  31/08/2021 19:21
    Faltará espaço na Papuda para todos os freqüentadores do Mises Brasil...
    receio que seríamos realojados ao Carandiru e quem sabe usariam a Ilha Fernando de Noronha ou mesmo a de Marajó para que fossemos exilados em uma espécie de "gulag" BR tropical...
  • Luiz  20/08/2021 20:41
    Nos anos 40, o iluminadíssimo Stálin decidiu que a genética era "anticientífica" e prendeu quem discordasse do seu cientista oficial, Trofim Lysenko.

    Só isso.
  • Fernando S.  20/08/2021 19:30
    Quando John Milton foi ao Parlamento inglês, no século XVII, pedir liberdade para a edição de livros, as razões da censura eram constrangedoramente parecidas com as de hoje. Como era possível editar livros com ideias falsas, desestabilizadoras, ofensivas a tudo o que há de sagrado, e ainda ganhar dinheiro com isso? Pacientemente, Milton explicou que não cabia ao reino a definição do que era verdade, que ninguém era infalível. E que as pessoas deveriam fazer esse julgamento, e não o poder. Com isso lançou as sementes que fizeram germinar o moderno direito à expressão.
  • Preocupado  20/08/2021 19:33
    Eu admiro muito o trabalho do Mises Br mas desse jeito o próximo mandado de busca e apreensão será na casa do Hélio Beltrão.
  • EUGENIO  21/08/2021 05:06
    PARABENS AO HELIO BELTRÃO

    Esta cumprindo dever civico com coragem!

    O momento atual lembrou-me de GALILEU GALIlEI, ele descobriu que o sol não girava ao redor da terra, e sim a terra é que girava.

    Aexandre e barroso estão como a queles que afirmavam que o sol girava...caluniam,mentem,prendem e rebentam (como fizeram com Eustaquio), até que o povo os pare.

    A GANG DOS TOGADOS NADA MAIS PRECISA FAZER PARA LEVAR UM 142 NOS LOMBOS; QUEM DEVE AGIR DEVE AGIR POIS É "A HORA DO CARVOEIRO", SE PASSAR , A OMISSÃO DOS BONS AGIGANTARA OS MAUS.

    DIA SETE DE SETEMBRO PROVAVELMENTE FICARÁ NA HISTÓRIA COMO UMA DATA DO MAL COM TOGAS, CONTRA O BEM

    NÃO VISLUMBRO O POVO IR PARA CASA DE CABEÇA BAIXA.

    O excelente artigo deste site,OS TANQUES NA UNIÃO SOVIETICA RECUARAM ANTE AO POVO ,´me dá essperança, o povo indefeso e cansado de tanta safadeza, apostaram a vida ante aos tanques, e ganharam a aposta.

    Vislumbro o povo dia sete festejando no fim do dia uma vitória justa , e festejando um futuro melhor com bandidos na cadeia e fora do jogo.

    Esta situação que vivenciamos atualmente se deve a que a democracia deixa solto bandidos e delinquentes sociais de esquerda que usam a democracia demagógicamente para assassinar as Liberdades e direitos humanos a propria democracia.Em todos os tempos e em todos os lugares.

    BOLSONARO É O UNICO OBSTACULO AOS COMUNISTAS DA AMERICA LATINA, UM PEDAÇÃO DO MUNDO

    NA AMERICA DO SUL,DEZENAS DE PAISES CAIRÃO NAS GARRAS COMUNISTAS, O BRASIL RESISTE E ENFRENTA O EIXO DO MAL,BRAVAMENTE COM BOLSONARO E O POVO RESISTE. RESISTE E VAI A LUTA!

    CONSIDERO MILAGRE ( "ALEM " JOGANDO):

    -BOSONARO ELEITO APESAR DA FRAUDE (UNS 80% DOS VOTOS)

    - AS PROVAS DE FRAUDE NO SISTEMA ELLEITORAL FEITO PELOS TECNICOS E ENGENHEIROS DO STE- STF,PRONTINHAS ESPERANDO QUE UM GRANDE E CORAJOSO LIDER REVELASSE

    -O HACKER AUTOR DA VIOLAÇÃO DO SISTEMA -VIOLÁVEL-VIOLAVEL - DO BARROSO, CONTOU E EXPLICOU SUA "PROEZA" E O MINISTRO PAGOU MICO DE MENTIROSO.

    -AS MIDIAS NADA CONSEGUEM MENTINDO,AO CONTRARIO O POVO MAIS SE CONSCIENTIZA

    -O POVAREU DE TODO O PAIS APOIANDO O VOTO IMPRESSO E PUBLICAMENTE AAUDITAVEL

    -A BURRICE DOS TOGADOS TRANSPONDO E DANDO RAZÃO A INTERVENÇÃO MILITAR BASE 142

    -DEPUTADOS E SENADORES AMEDRONTADOS E ACOVARDADOS, OUTROS COMPRADOS SE OMITEM

    -A CLARA SITUAÇÃO DA MASSA ,DO POVO CONSCIENTE DO MOMENTO, DE DAR UM BASTA!

    - A PERCEPÇÃO POPULAR GERAL,GIGANTESCA, DE QUE SÓ SE O POVO "ENTRAR EM CAMPO" RESOLVE.

    - OS CRIMINOOSOS TOGADOS E COMUNAS DO MUNDO, DESESPERADOS AGINDO PARA TAPAR A BOCA E OS OUVIDOS DO POVO NADA CONSEGUEM; AO CONTRARIO O POVO REAGE E RESISTE , E VAI MESMO ENFRENTAR O QUE DER E VIER.

    É COMO DIZER QUE DEUS FEZ A SUA PARTE, FEZ VARIOS MILAGRES E AGORA É A NOSSA PARTE,FAZER A NOSSA PARTE,SAIR AS RUAS E MOSTRAR O BRADO FORTE E TALVEZ O BRAÇO FORTE.

    E DEUS ESTARA CONOSCO POIS É UM BOM COMBATE!

    É O BOM COMBATE.



    -
  • Luiz Fernando   28/08/2021 14:10
    Prezado neste caso não precisa de Deus o Presidente Bolsonaro e o povo vencerão não creio que a esquerda tenha força e o comunismo nunca existiu não acredito que conseguirão . Lenin e a sua famosa revolução bolchevique findaram em 1991. Mises previu a impossibilidade do socialismo dar certo e acertou. Brasil acima de tudo capitalismo e livre comércio acima de todos.
  • Felipe  20/08/2021 20:31
    De qualquer forma, se alguém reclamava da "censura" nos Estados Unidos em 2020, por aqui já está sendo um pandemônio antes mesmo de chegar as eleições, com uma censura abertamente estatal. Isso só mostra o desespero deles. Eles sabem que já não são mais o monopólio da informação. Como perderam isso, a única coisa que restou para eles foi a violência. Só que isso não vai adiantar. Se adiantasse, então agora estaríamos com Alckmin ou Haddad na presidência e até hoje a única fonte de informação seria a Rede Globo.

    Como mostrou o Peter Turguniev em um vídeo, essa história de criminalizar notícias falsas existia lá na época da ditadura militar.
  • Bolsodilma cirolulaguedes  21/08/2021 01:05
    Golpe e contragolpe, movimento contra movimento etc.
    Cada vertente é seguida pelo seu algozes, que fazem igual. Porque hipocrisia leva a hipocrisia.

    Assim sendo, se o judiciário não parar com seu idealismo, sofrerá mais tarde do seu movimento contrário.
  • Camões   21/08/2021 01:24
    Idealismo? Não há idealismo nenhum ali. Há apenas aquilo que Santo Agostinho chamou de "a concupiscência pelo poder".

    Ou aquilo que o Velho do Restelo chamou de "a glória de mandar".
  • Guzzo  20/08/2021 20:36
    SUPREMO TALIBÃ FEDERAL

    Os ministros do STF têm o aplauso ativo e entusiasmado da mídia, das classes intelectuais e de todo o vasto mundo que pode ser escrito como a elite urbana do Brasil

    revistaoeste.com/revista/edicao-74/supremo-taliba-federal/
  • Bruno  20/08/2021 20:57
    STF cometendo ilegalidade em cima de ilegalidade, inconstitucionalidade em cima de inconstitucionalidade, abuso de poder em cima de abuso. E ninguém vai fazer m.. nenhuma contra essa ditadura da toga? Não há mais direitos e nem garantias individuais.
  • Vladimir  20/08/2021 21:05
    Meu caro, não há o que fazer. Quem leu Hoppe sabe disso. E quem riu dos que levavam Hoppe a sério (vários conservadores riram) hoje estão em pânico.

    www.mises.org.br/article/2257/a-existencia-do-estado-e-acima-de-tudo-uma-contradicao-juridica
  • Narlo  20/08/2021 20:45
    Um ministro do Supremo acaba de suspender contribuições para uma passeata contra ministros do Supremo.

    Sério mesmo que vocês chamam isso de "democracia"?

    noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2021/08/20/moraes-bloqueio-pix-operacao-pf.htm
  • Bernardo  20/08/2021 20:49
    Pegue os acontecimentos recentes, substitua "Sérgio Reis" por "Caetano Veloso" e veja a mágica acontecer.
  • Lucas  20/08/2021 20:52
    Quando a CUT ameaçava "pegar em armas" para proteger o PT, ou quando Lula dizia abertamente que iria incendiar o país, a turma do Supremo estava numa pausa para o cafezinho.
  • Juliano  20/08/2021 20:55
    Eis uma notícia de 2014:

    CIJ: juízes na Venezuela perseguem opositores em vez de criminosos

    Tudo terminou bem, né?
  • Fernando  20/08/2021 21:53
    PIX é o real digital e permitirá o controle absoluto do dinheiro do cidadão. Exatamente como previsto aqui. Apenas começou mais cedo do que imaginávamos.

    As moedas digitais emitidas por Bancos Centrais são mais uma peça na privação de direitos do cidadão. Isso vale para o mundo todo.
  • Bernardo  20/08/2021 22:18
    E na CPI vazaram dados bancários de um blogueiro anti-STF. Isso é crime tipificado no código penal, mas como foi contra um conservador, então tá tudo certo.
  • Carlitus  20/08/2021 21:08

    As ações dos Senhores Morais e Barroso são desesperadoras e insipidas. Elas não mudam o fato lrincipal: uma parte substancial da popução definitivamente não toleram mais mentiras coletivistas. Há um claro sinal de desespero dos Comunistas, os quais estão encastelados no jornalismo, na politica, no judiciário e nas universidades, mamando o sangue de quem trabalha e paga impostos. O prejuizo que esses parasitas sofreram com a eleição de Bolsonaro foi gigante.
    O saneamento deve começar pelos atuais ministros petistas do STF que desavergonhadamente trabalham contra o Brasil.
    Não creio que haverá solução pacifica . Espero que isso se resolva no 7 de setembro.
  • Paulo  20/08/2021 21:33
    A censura vinha ocorrendo desde muito tempo antes da pandemia, essa pandemia serviu para mostrar o poder do estado, de que eles estão acima de todos, caiu como uma luva pra eles tudo o que ocorreu nesse período, e os mais alienados ficarão do lado deles alegando que SUS é o grande salvador e de que o Brasil precisa de estado, estado sempre causando os desastres e fingindo que estão salvando a população, e privando as verdadeiras informações de chegarem onde deveriam chegar. Depois dessa, não duvido nada que o estado toda vez que dejese demonstrar poder não reative o caos da pandemia para mostrar que somente eles podem salvar a população. Essa aceitação é nua e crua!
  • Sérgio  20/08/2021 22:12
    Culpa dos liberais. O Papa Leão XIII previu isso:

    "Se for concedida a todos uma liberdade de expressão e de escrever sem entraves, nada restará que seja sagrado e inviolável; nem serão poupados os mandatos mais altos e mais verdadeiros da natureza, justamente considerados como o património comum e mais nobre da raça humana. Deste modo, sendo a Verdade gradualmente obscurecida pelas trevas, o erro pernicioso e multifacetado, como muitíssimas vezes acontece, facilmente prevalecerá."

    É exatamente o que está acontecendo hoje. O erro está prevalecendo.

    Não pode criticar gays, não pode criticar os STF, não pode criticar o Congresso...
  • Ex-microempresario  21/08/2021 16:26
    Culpa dos liberais por que?

    O que o papa defendeu é exatamente o mesmo que o stf está fazendo agora: a proibição da liberdade de expressão em nome dos "mandatos mais altos e mais nobres da raça humana".

    Na linguagem popular, "todo mundo que não concorda comigo está errado".
  • Sérgio  22/08/2021 23:45
    Você que não entendeu. O que o Papa quis dizer é que quando o erro é colocado em pé de igualdade com a Verdade, o erro prevalecerá. É o que está acontecendo hoje. Por exemplo, primeiro defenderam os direitos dos homossexuais (um erro), para que os gays sejam tratados da mesma forma que os heterossexuais. Agora censuram quem falar contra o homossexualismo. Ou seja, o erro prevaleceu.

    E os liberais tem culpa nisso, pois eles nivelaram o erro à Verdade.
  • cmr  23/08/2021 01:26
    E quem determina o que é erro e o que é verdade ?.

    Pois não estamos falando de ciências exatas.
  • anônimo  23/08/2021 01:42
    Filosoficamente você pode estar certo. Mas pragmaticamente não.
    Será necessario um poder para determinar o que é verdade e o que é mentira , e mesmo considerando que alguém seja iluminado ao ponto de ter respostas para essas questões, ainda há o poder do corrompimento.
    O mesmo fogo que cozinha sua comida pode te cozinhar.

    E estamos falando do poder secular e politico. Aquele constituido por Renan Calheiros, Lula, e figuras dignissimas que estão dispostas a lutar contra a fake news propagada por austríacos que insistem em mostrar seus erros.

    Ou seja. A mesmissima justificativa do papa. Que não creio ter tido a intenção de crer que apenas a mentira seria restrita ao dar esse poder para politicos.

    Mais pé na realidade. Menos em hipoteses filosoficas
  • Estado máximo, cidadão mínimo.  23/08/2021 13:18
    "O mesmo fogo que cozinha sua comida pode te cozinhar."

    Lembrei do filme "Os intocáveis" onde na cena da barbearia, o Al Capone disse que se consegue ser mais convincente com uma arma e um pedido gentil, do que apenas com o pedido gentil.
  • Luiz Fernando  23/08/2021 10:58
    Até onde eu sei os próprios católicos romanos não tem uma unidade uns aceita a renovação carismática outros não, uns são sedevacantes outros não, uns aceitam a Missa Nova outros não e a Igreja Católica que argumenta que montou a Bíblia na passagem de Tobias 5:6 na Bíblia de Jerusálem está diferente da Bíblia Ave Maria ora para quem defende uma unidade e Verdade absoluta deveria ter só uma Bíblia. Agora o Cristianismo tem o catolicismo romano, protestante, ortodoxo e os desigrejados cada um tem entendimento. Isso é relativização no Cristianismo.
  • Ex-microempresario  23/08/2021 14:07
    Coloque a citação do papa na boca do Luís Roberto Barroso e ela se encaixa perfeitamente.

    Todo autoritarismo nasce exatamente da presunção de ter o monopólio de definir o que é verdade e o que é mentira.

    Todo autoritário acredita que a sua definição de verdade é a única aceitável. Nessa presunção, chegam a escrever "verdade" com maiúscula. É aquilo que o Leandro chama de aceno ortográfico.

    Enquanto os autoritários mais inteligentes sabem exatamente o que estão fazendo, os simples fanáticos são incapazes de perceber que são apenas fanáticos.
  • Sérgio  23/08/2021 19:43
    Deixem de ser relativistas. A Verdade é uma só. Já dizia Cristo: "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida."

    O problema é que como disse Santo Agostinho: "Muitos homens odeiam a Verdade, por amor daquilo, que tomaram por verdadeiro". Aí começam a relativizar.
  • Luiz Fernando  23/08/2021 20:27
    O Espírito Santo que de acordo com a crença cristã é Deus age para guiar,iluminar e capacitar a Igreja e parece que a segunda pessoa da santa trindade fracassou pois temos um cristiansimo católico romano, outro protestante outro católico ortodoxo e ainda tem os desigrejados., a pergunta que se segue naturalmente é: qual desse cristianismos é o verdadeiro? O Cristianismo tá relativizado.

    Se Jesus é a vida, o caminho e verdade então o Cristianismo deveria ter uma unidade doutrinária única e una para corroborar com as ideias de uma verdade uma vida e um caminho, unidade essa que eu nunca vi, logo Jesus idealizou uma coisa que não aconteceu. Essa frase de Jesus é uma opinião dele. Os católicos romanos tem todo direito de defender ferrenhamente que Jesus fundou a Igreja deles e isso implica obrigatoriamente a ação do Espírito Santo na História da Igreja, só que em um certo momento da História surgiu Lutero que os protestantes acreditam ter sido usado por quem?? Exatamente, ele mesmo, o Deus Espírito Santo para reformar a Igreja. Na verdade cada um(protestantes e católicos) tem uma interpretação subjetiva da fé cristã .
  • Ex-microempresario  23/08/2021 21:37
    "...a pergunta que se segue naturalmente é: qual desse cristianismos é o verdadeiro? "

    Pergunte isso para mil cristãos e todos eles responderão: "O meu, claro".

    O mesmo acontece com outras religiões (islamismo sunita, xiita, wahabita....)

    E o mesmo acontece com fãs de um político, ou de uma ideologia, ou de um time de futebol.
  • Sérgio  23/08/2021 23:39
    Caro Luiz Fernando, a frase de Cristo não é só uma opinião dele, é a Verdade. Cristo é Deus. É a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade. Então não foi uma opinião dele. Assim como o quadrado da hipotenusa ser a soma do quadrado dos catetos não é apenas uma opinião, mas sim uma Verdade.

    E não existem vários critianismos mas sim UM Cristianismo que é o que foi fundado por Cristo.
  • Ex-microempresario  24/08/2021 00:44
    Como diria Sheldon Cooper, é como dialogar com uma parede.
  • Luiz Fernando  24/08/2021 01:12
    Prezado Sérgio

    Jesus falou isso sim mas é a opinião dele apenas isso, o fato de você crer nele não faz dele Deus. Existem a priori quatros Cristianismos que são o catolicismo romano, o catolicismo ortodoxo o protestantismo e os desigrejados. Cada um deles tem uma interpretação do Cristianismo ou seja temos aí 4 Jesus´s. Se existisse um e só um Cristianismo não teriam essas divisões e veja essas 4 vertentes cristãs são uma realidade e um fato. Jesus quis fundar uma Igreja Una mas ele falhou e a própria Bíblia atesta que Cristo é a Cabeça da Igreja se ele e o Espírito Santo não conseguem manter a Unidade da Igreja ao longo dos séculos que é algo básico para eles logo é óbvio que eles dois fracassaram.


    A fórmula matemática é uma fato agora Cristo ser a 2ª pessoa da santa trindade é fé trinitariana.
  • Sérgio  26/08/2021 21:08
    Luiz Fernando, não sou eu que creio nele. É a VERDADE. Cristo é Deus, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade. Negar essa Verdade é como negar que o sol é quente.

    E Cristo fundou uma Igreja Una sim. Leia Mateus 16:18-19. A Igreja Católica Apostólica Romana é a única cristã, as demais são falsas que defendem um monte de erros. Cristo não falhou em nada, ele previu que haveriam falsos cristãos. Tá nos Evangelhos, é só pesquisar.
  • Luiz Fernando  26/08/2021 22:06
    Olá Sérgio sim o Sol é quente isso é um fato mas Cristo ser Deus é questão de fé.

    Parabéns, você como católico romano foi coerente por considerar a Igreja Católica Romana a única verdadeira e as outra falsas porém um determinado número de protestantes e ortodoxos podem considerar o catolicismo romano como uma falsa religião também e então quem está certo? Nem os protestantes e nem os ortodoxos aceitam o papado, então resta saber quando os católicos romanos irão refutar por completo o protestantismo e o catolicismo ortodoxo. Jesus tinha o direito de falar o que ele quisesse o que não significa que ele esteja certo.

    Agora uma dúvida a Bíblia Ave Maria é católica romana e a Bíblia de Jerusalém também e na passagem de Tobias 5:6 não são exatamente iguais, isso indica que o Magistério deveria definir uma Bíblia só e somente mas aceita as duas isso mostra uma falha do espírito santo no Magistério.

    Meu caro Jesus idealizou uma Igreja Una temos 4 Cristianismos o catolicismo romano, catolicismo ortodoxo, protestantismo, e os desigrejados então Jesus errou é só observar essa realidade . Até mesmo na Igreja Católica Romana tem divisões uns aceitam a Missa nova outros a missa Tradicional uns aceitam a renovação carismática e outros não.
  • Vamos  25/08/2021 17:19
    As religiões não criaram Cristo. Portanto, mesmo o próprio cristianismo sendo tão relativizado pelas religiões, o caminho continua sendo a pessoa de Cristo. Por isso Cristo diz ser Ele mesmo o caminho, a verdade e a vida, e não as doutrinas. Cristo foi tão pontual e assertivo, que sendo ele o caminho para a verdade, isso não abre espaço para religiões estarem certas ou não, elas precisam apenas apontarem para Cristo, pois ele é o caminho. E Cristo disse que a sua religião é cuidar dos órfãos e das viúvas (Tiago 1.27), ou seja, filosoficamente falando, é fazer o bem.
    Mas o estado deve ser Laico, e respeitar ambas religiões, e ambas religiões se respeitarem, isso é liberdade e democracia.
  • Luiz Fernando  25/08/2021 21:49
    Na verdade o seu argumento é uma tentativa de separar Cristo das religiões, ora Cristo praticava a religião judaica e nunca criticou a religião judaica e depois fundou a religião cristã e o espírito santo deveria dar prosseguimento a missão dele orientando e guiando a Igreja em unidade plena mas ambos falharam. A frase de Cristo não separa ele da religião cristã e veja essa frase já está incluída dentro da religião cristã, viver o que ele ensinou faz parte integrante da religião cristã ou seja seguir ele como caminho a verdade e a vida é e aceita-lo, e o que ele ensinou está contido dentro da religião cristã . Em Tiago 1:27 embora esteja escrito a palavra "religião" isso não quer dizer que a religião cristã é só isso, veja se uma pessoa cristã só praticasse isso, não estaria praticando os ensinamentos de Cristo como um todo estaria praticando uma parte, e a religião cristã vai além disso e para ver as práticas da religião cristã é só observar o catolicismo romano, catolicismo ortodoxo e protestantismo o mais importante não é o que está escrito mas o que está corretamente compreendido do contexto das escrituras cristãs. Você pelo que eu entendi não segue uma religião institucionalizada você segue uma outra religião a dos que não aceitam as religiões institucionalizadas você pode ter dogmas também mesmo que você não siga um padre, patriarca,pastor ou papa.
  • Observador  20/08/2021 22:19
    A tese é antiga, mas nunca ninguém respondeu: quem pode nos livrar e proteger da ditadura do judiciário?

    Gostaria de saber principalmente dos amigos minarquistas, que defendem o monopólio estatal da justiça.
  • Dario Mariano  20/08/2021 22:27
    Na célebre definição de Montesquieu, o poder executivo é responsável por administrar o Estado, o legislativo por criar as leis e o judiciário por aplicar o direito, de modo que sejam independentes e harmônicos entre si. Essa repartição de poderes está presente em todos os países democráticos.

    No Brasil, criou-se uma nova forma de ditadura, não imposta pela força, mas pelo direito, a pretexto de se interpretar a constituição federal, já que a palavra final é da Suprema Corte, não havendo a quem recorrer.

    Tal distorção na seara do direito recebe o nome de "ativismo judicial", ou seja, o poder judiciário se arvorando na função de legislar e interpretando as normas como bem lhe aprouver, mesmo que afrontando a Constituição Federal, que ele tem o dever de proteger.

    Atitudes deste tipo não só colocam em risco a própria democracia, uma vez que ferem a harmonia entre os poderes da República, como também levam a sérias crises institucionais, as quais são resolvidas pelo próprio Poder Judiciário, que dá a última palavra.

    Ou seja, temos um loop infinito.
  • Ancap  20/08/2021 22:28
    Resposta simples: não tem solução.

    Qualquer outra é mera tergiversação.
  • anônimo  20/08/2021 22:29
    O Senado, conforme Art. 52 da CF.
  • Constitucionalista  20/08/2021 22:38
    Ou o Exército, com base no artigo 142.
  • cmr  23/08/2021 01:28
    O exército brasileiro abandonará o povo brasileiro, assim como o exército afegão abandonou o povo afegão.

    Você ainda tem alguma dúvida quanto a isso ?.
  • Euller  23/08/2021 01:56
    Os caras ainda acreditam Exército… Pela madrugada. Esses caras estão preocupados só com suas pensões. É só Lula prometer que vai dar uns aumentos, e pronto! A milicada tudo começa a mamá-lo. Foi exatamente assim entre 2003 e 2010.
  • Venezuela é logo ali  21/08/2021 00:48
    É prerrogativa do Senado fiscalizar o STF, assim como é prerrogativa do STF julgar os senadores. Não preciso explicar o por que disso não estar dando certo né?
  • anônimo  21/08/2021 01:26
    na frança a soluçao foi a guilhotina, eu acho que algo mais simples como 10 metros de corda servem

    o que falta é uma multidao enfurecida, hoje em dia os ruminantes tem dificuldade em andar sob 2 patas

    justamente por sermos um pais continental, se de uma forma é dificil subjugar por inteiro, é dificil tirar o que esta ai
    a republica bananense é uma legiao de parasitas que nao abrem mao de seus confortos e vao usar tudo que tem a disposiçao pra reforçarem suas posiçoes sob os demais

    em termos leigos, quanto mais voce puxa o carrapato mais ele gruda ... tem que arrancar de uma vez

    quando eu era pequeno nao entendia o porquê pessoas mais velhas costumavam ser tao pessimistas quanto ao futuro, hoje eu entendo...
  • Ramiro Batista  20/08/2021 23:18
    1) O STF prendeu há mais de ano um jornalista, Oswaldo Eustáquio, sem processo, sem culpa formada, sem direito de defesa.

    2) Prendeu um ex-deputado e presidente nacional de um partido, Roberto Jefferson, sem flagrante, única condição prevista na Constituição.

    3) Proibiu 11 sites e canais de opinião de receber seus anúncios de empresas privadas através das plataformas de redes sociais.

    É como se sites consolidados como O Antagonista ou Os Divergentes, jornais como o Estado de S. Paulo, a Folha de S. Paulo e o Globo, fossem proibidos de receber o dinheiro de seus anúncios provenientes do Google.

    Nessa hipótese, o ministro interpretaria a opinião deles sobre a baixa transparência do TSE no caso da invasão de hackers, por exemplo, como se formassem uma quadrilha para disseminar ataques ao sistema eleitoral. E descesse o porrete antes de ouvi-los.

    Todos vivem hoje principalmente dos anúncios do Google postados aleatoriamente no meio de textos, posts e vídeos, entre posts do Instagram ou Facebook, no início e meio dos vídeos do Youtube. São anúncios privados, selecionados pelo algoritmo segundo as preferências ou hábitos de navegação do internauta, que remuneram, em caso de clique, a plataforma e os sites/canais que os veiculam. 

    Sites e youtubers vivem dos cliques da audiência. Sua repercussão é produto da vontade soberana de quem gosta. Não há crime ou organização de quadrilha nessa disseminação, como acredita o ministro que mandou asfixiá-los.
  • Observador  21/08/2021 04:25
    Isso é um aviso para quem aplaudiu o "Iluminismo" , tão anti Deus e pró homem, da Revolução Francesa ( na verdade, a primeira revolução comunista do mundo, onde a expressão "esquerda", ficou famosa...), onde todos os "inimigos" da Revolução "iluminista", eram guilhotinados ( nobres, padres, bispos, empresários, fieis cristãos, etc...), e logo depois, como lembrou aqui um comentarista, os próprios apoiadores da "revolução", Danton, Robespierre, só para citar os mais famosos. Depois, na própria França, veio a tal "Comuna de Paris", onde tudo se repetiu em nome do "Iluminismo".

    Lembro também que o motivo da citada "revolução", era a fome do povo ( isso lembra algo, certa ideologia vermelha?), e os presos injustamente na Bastilha, que eram "milhares". Pois bem: esses "milhares", eram apenas 4 pessoas: 2 estupradores, um assassino e um louco. Na verdade, a Bastilha era prisão e arsenal, onde tinha muita munição e armamento, por isso os "revolucionários", queriam "tomar" a Bastilha; precisavam do arsenal bélico de lá.

    Isso eu li em um site francês, infelizmente não tenho o link aqui, com fontes extraídas de documentos da época da Revolução Francesa.

    Hoje, isso se repete aqui, como se repetiu no mundo pós Revolução Francesa.

    Iluminismo norte-americano, que proporcionou a Independência dos US, é diferente dos "Iluministas" europeus, tão apegados aos "direitos dos homens" sobre Deus. Lá, nos US, houve uma Revolução onde não se negava Deus, não se punha o homem acima do Criador.

    Quando a ciência "infalível", muito defendida pelos iluministas daquela época, séculos XVI/XVII, e defendida pelos seus seguidores de hoje; está acima de tudo e de todos, com opiniões contrárias sujeitas à fogueira, como acontece com todos os críticos da vacina fake contra o tal vírus chinês, é para ficarmos preocupados. O mesmo acontece para os tais poderes do "povo", quem os critica, pode ser jogado na fogueira da purificação ideológica e apenas haverá redenção para quem adorar o Grande Irmão, se nada for feito pela sociedade amante da verdadeira liberdade.

    Link interessante sobre o Iluminismo. Uma análise profunda sobre o tema:

    catholicism.org/enlightenment-not-over.html

    Abs.

  • Ex-microempresario  21/08/2021 16:22
    Essa coisa de "jogar na fogueira" quem tem opiniões diferentes não é novidade nenhuma.

    Antigamente, aliás, isso era feito de forma literal.
  • Observador  22/08/2021 01:47
    Bom dia, ex-microempresário.

    Exatamente! O mais "engraçado" é que a conta dos "jogados na fogueira", cai toda na Igreja Católica, sendo que na grande maioria dos casos, eram os tais "senhores do poder", na época, alguns reis e nobres canalhas, que mandavam para a fogueira quem eles não gostavam ou queriam destruir, não eram os bispos da Igreja que faziam isso. Claro que em alguns casos, sim, eram eles.

    Um caso muito interessante, é o da liderança da Ordem dos Templários. O rei, Felipe, o Belo, da França, com o país sem dinheiro, endividado, resolveu pegar o dinheiro, os bens, da Ordem dos Templários. O papa da época, um banana, que estava exilado em Avignon, França, por causa de guerras em Roma, apoiou as ações de Felipe, contra a Ordem dos Templários.

    Eu lembro que essa Ordem, foi a pioneira em fazer empréstimos a quem quisesse, cobrando juros. Pioneira depois dos judeus, claro. Ela ganhou muito dinheiro com isso, despertando a inveja de muita gente, incluindo o tal Felipe, o Belo.

    Bem, ele, com a ajuda de um promotor e do papa banana, conseguiu prender os membros da Ordem dos Templários, tomar todos os seus bens e condenar, com morte na fogueira, os dois líderes da Ordem.

    Tem muita informação sobre isso na Net.

    O interessante, é que o líder da Ordem, Tiago de Molay, quando começou a ser queimado, rogou uma praga aos três culpados pela condenação dele, dos outros, e da destruição da Ordem, ou seja: o rei Felipe, o papa e o promotor. A praga é que eles morreriam em menos de um ano e de fato, os três morreram em menos de um ano após Tiago de Molay ser queimado vivo. Isso aconteceu em uma sexta-feira 13, daí, ter essa maldição com a referida data.

    A Ordem dos Templários, junto com outros combatentes, impediram que os muçulmanos dominassem a Europa e com isso, a Civilização Cristã Ocidental progrediu, tornou o mundo ocidental como o conhecemos hoje, já que o Oriente Médio islamita seguiu atrasado, cheio de preconceitos.

    Tiago de Moley nada tem a ver com a Maçonaria, que resolveu adotar o nome de Moley em uma de suas Ordens.

    A História é sempre fascinante. É preciso conhecê-la bem para evitar os mesmos erros. Infelizmente, as pessoas não conhecem e por isso, muitos seguem apoiando as esquerdas, claro; àqueles que não procuram conhecer sites como esse e tantos outros com a mesma disposição em colocar a realidade na mesa.

    Abs.
  • Bolsodilma cirolulaguedes  22/08/2021 05:30
    Felipinho, o belinho, era um perdulário. Gastava muito no governo. E de quem ele emprestou na época, pra se financiar? Dos templários.

    Pra dar o calote neles, ele mandou prendê-los. Não apenas confiscou o que tinham na França , como saiu ganhando também o dinheiro da dívida. Os templários fugiram da França.

    E o tio patinhas achou o dinheiro deles na Escócia.
  • Leitor Antigo  22/08/2021 05:31
    Artigo que mostra as consequências das medidas de Filipe, o Belo:

    www.mises.org.br/article/1091/governos-pandemias-e-a-grande-depressao-do-seculo-xiv
  • historiador  23/08/2021 02:22
    Permita-me algumas correções, caro Observador.

    Oo Papa da época não era nenhum banana. Em 18 de Novembro de 1302, Bonifácio emitiu uma das bulas mais importantes da história do papado: Unam Sanctam, onde ele declara a superioridade do poder espiritual sobre o temporal, no entanto, o documento possuiu pouca repercussão e não foi aceito pelo corpo de fé. Em resposta, Guillaume de Nogaret, ministro-chefe de Filipe, acusou Bonifácio de ser um "criminoso herético" para o clero francês. Em 1303, Filipe e Nogaret foram excomungados. No entanto, em 7 de setembro de 1303, um exército liderado por Nogaret e Sciarra Colonna da família Colonna, surpreenderam Bonifácio em seu retiro em Anagni. O Rei e os Colonna exigiram que o Papa renunciasse; Bonifácio, porém, respondeu que prefereria morrer. Reza a lenda que, em resposta, nessa altura um membro da família Colonna deu-lhe um tapa, que ainda é lembrado no folclore local de Anagni. Bonifácio foi espancado até quase a morte, mas foi libertado da prisão após três dias por intervenção dos habitantes locais. De volta a Roma, protegido pelos Orsini, veio a falecer em outubro de 1303. Foi o último Papa antes do exílio em Avignon. Ao abrirem seu túmulo em 1605, mais de 300 anos depois, seu corpo estava incorrupto. Papa de 1295 a 1303.

    Outro erro histórico, você disse que o "Iluminismo norte-americano, que proporcionou a Independência dos US, é diferente dos "Iluministas" europeus, tão apegados aos "direitos dos homens" sobre Deus. Lá, nos US, houve uma Revolução onde não se negava Deus, não se punha o homem acima do Criador." Isso é um erro histórico. Os Iluministas americanos eram maçons e protestantes. Eles eram tão anticlericais como os europeus. Recomendo ler o livro "Liberty, the God that Failed" do Christopher Ferrara. Contra a ideia de que a Revolução Americana foi uma "revolução conservadora", - propagada especialmente por Russell Kirk e seus seguidores do "Imaginative Conservative" - Ferrara mostra o caráter claramente subversivo da revolução, marcada pela manipulação da opinião pública através da imprensa da época (utilizada para propagar factóides sobre a "violência"dos ingleses e sobre o "papismo" do rei George) e por denúncias hipócritas sobre a carga tributária supostamente opressiva da Coroa Britânica.
  • Observador II  24/08/2021 02:03
    Bom dia, Historiador.

    Eu me referi ao Papa Clemente V, a este eu chamei de "banana", pois foi ele que se acovardou junto ao rei Felipe, o Belo, talvez por estar abrigado em Avignon, sob a "proteção" de Felipe, longe de Roma, a sede da Igreja. Pode ser por isso que ele, Clemente V, concordou com Felipe na destruição da Ordem dos Templários, com a prisão de seus líderes, sendo que, claro, muitos templários fugiram para longe e nunca foram encontrados. Se hoje, com toda a tecnologia, muitos conseguem se esconder, imagine naquela época!

    Sim, Bonifácio VIII foi um ótimo Papa, como vc. bem lembrou aqui. Obrigado por isso.

    Sim, maçonaria, que financiou a Revolução Francesa, também esteve nos US e concordo em parte contigo: embora a Revolução Americana tenha forte presença dos Maçons, os mesmos que sempre estiveram ligados à esquerda, houve também homens cristãos que participaram da criação deste grande país que é os US.

    Penso que, pela causa da independência, cristãos e maçons lutaram juntos por um país, isso aconteceu aqui também, mas, não tenho conhecimento profundo do tema sobre a Independência Americana, logo, posso sim, ter me enganado.

    Obrigado e tenha um bom dia.
  • Régis  21/08/2021 14:20
    Destaque-se também o pedido quebra de sigilo bancário do pessoal do Brasil Paralelo. O pedido foi feito por um senador petista e por Renan Calheiros. Gilmar Mendes acatou.

    A ditadura já está escancarada. Qualquer um que se atreva a questionar o mainstream está liquidado.
  • Eris  21/08/2021 18:20
    Eu realmente não entendo os defensores de Mises no Brasil. O meu conhecimento sobre liberalismo infere o caráter progressista na sua ascenção histórica nos EUA e Europa No grupo do Mises, considerando o autor, é esperado que o liberalismo seja asssociado à conservação das instituições e não a defesa de fake news.

    As fake news sempre existiram, ok.

    A educação deveria dar condições de identificar e evitar a assimilação das ideias por ela propagadas e não deveria de fato ser papel da Justiça controlar.

    Pode parecer difícil distinguir informação de opinião, mas o desenvolvimento da linguística, psicologia e da filosofia nos dão instrumentos suficientes e abudantes para distingui-las, assim como também nos dão instrumentos para identificar as intenções por trás de sua propagação. Todas as teorias modernas sobre cultura de massa, por exemplo, são ótimas referências. Algumas são até demonizadas por vocês, porque existem figuras que não são somente conservadoras no sentido político e teórico, são preconceituosas, o que é outra coisa.

    A educação nesse contexto de cultura de massa é custosamente capaz de vencer a miscelânea de fatos distorcidos que vão por goela abaixo e as pessoas que financiam sites como esse aqui, por exemplo, suponho saberem disso. Talvez não você, não sei realmente.

    Nesse sentido, acho muito válida a sua colocação, mas ela carece de mais elementos de discussão como definição de verdade, como as fake news são operadas nas manifestações de massa e os efeitos que dela resultam, defninição de autoritarismo, a história do autoritarismo no Brasil etc. Após a compreensão do que significa as fake news no contexto atual e considerações a cultura de massa que hoje se configura com internet de forma um pouco diferente do qu antes com a TV e a rádio, acredito que as ações do STF têm exercido o papel de definir com obrigatoriedade o que as fake news realmente representam na democracia.

    O jogo pode não ser perfeito e pode ser necessário ajustes, mas nós temos 513 deputados para serem cobrados sobre as definições que melhor se ajustam à nossa realidade.
  • Pedro  21/08/2021 23:33
    Qual exatamente a sua posição? Não ficou muito clara. Você defende que o estado — políticos e burocratas — façam a curadoria da sociedade, estipulando o que pode e o que não pode ser dito (e mandado prender pessoas que dizem coisas "não autorizadas")?

    É isso, e apenas isso que está em jogo. Não há meios termos. Pelo visto, é isso que você defende.
  • Bolsodilma cirolulaguedes  22/08/2021 22:32
    Ninguém aqui defende fake news, cara. A mentira é a principal ameaça à liberdade defendida aqui. E pra diferenciar a mentira da verdade, aqui se defende o livre pensamento, coisa que você não obtám na "educação estatal restritiva" que defendem por aí.
  • anônimo  23/08/2021 23:43
    "Após a compreensão do que significa as fake news no contexto atual e considerações a cultura de massa que hoje se configura com internet de forma um pouco diferente do qu antes com a TV e a rádio
    acredito que as ações do STF têm exercido o papel de definir com obrigatoriedade o que as fake news realmente representam na democracia"


    NEWS é o que alguem nao quer que seja publicado, o resto é PROPAGANDA

    divulgar algo que é sabidamente falso a fim de prejudicar / se aproveitar de alguem é estelionato , nao precisa reinventar a roda

    na vida real o que leva o carimbo de fake news aspas é outra coisa

    acusar algo de fake news sabendo que é verdadeiro nao é fake news ? quem corrige os "donos" da verdade ?

    o amigo do amigo do meu pai todo mundo sabe quem é
    nao foi a imprensa que inventou, consta em processo judicial
    o veiculo de imprensa foi censurado sob este pretexto e a materia retirada do ar
    o processo onde consta foi entao remetido aos proprios citados
    a censura eventualmente foi levantada pois o objeto em questao sumiu
    o amigo do amigo do meu pai , por fim, é fake news ?
    ou foi fake news dizer que era fake news, ja que existe documento oficial e foi reconhecido pelo proprio interessado que acusou, julgou e executou a sentença ?

    é serio ... ações do STF para definir as fake news na democracia ?
    que diabos isso deveria significar , nao tem um pingo de letra na constituiçao que de a eles o poder de definir o que voce esta ai dizendo que é papel
    na democracia que supostamente deveria existir o julgador nao pode investigar e-ou acusar , isso é caracteristica de um estado de exceçao
    voce quer falar sobre autoritarismo e nao reconhece ele ai na sua cara ...
  • Aurílio Nascimento  31/08/2021 08:51
    Vamos imaginar que alguém (A) em uma rede social publicou o seguinte: NASA afirma que vulcão considerado extinto no centro-oeste do Brasil vai voltar a atividade. Logo em seguida, um jornal (J) faz a mesma publicação em sua página, acrescentando que como se sabe, no centro-oeste existe o maior manancial de águas termais do mundo, devido a um vulcão extinto que agora poderá voltar a atividade. O que A publicou não é notícia, é um boato. Se o fez por ingenuidade, alarmismo, ignorância ou apenas buscando visibilidade, pouco importa. Quem ler a publicação deve obrigatoriamente procurar saber a verdade sobre aquilo. Quanto ao jornal (J), sim, trata-se de uma notícia falsa. O mesmo fato, a mesma estória, possui classificação diferente. Por quê? Porque notícia é exclusividade de jornalistas, repórteres, e órgãos jornalísticos devidamente credenciados, criados para este fim. Quando pessoas comuns são colocadas na mesma cesta juntamente com órgãos de imprensa, rádios, tvs, revistas, sob o carimbo "fake news", o controle fica mais fácil, pois basta acusar algum de disseminar "fake news", que pode ser presa. A primeira atitude para frear a sanha controladora e censura que hoje assistimos, é parar de usar o termo "fake news". Percebam como muda o cenário e a análise, se em vez de acusar alguém de espallhar "fake news", falar "notícia falsa" ou "boato".
  • Ex-microempresario  31/08/2021 15:06
    "notícia é exclusividade de jornalistas, repórteres, e órgãos jornalísticos devidamente credenciados, criados para este fim"

    O espírito estatista do brasileiro não têm limites
  • Revoltado  31/08/2021 19:19
    Exato, ex-microempresário!

    Tudo o que sair desta alçada nada mais é do que as "tias do zap" espalhando fake-news para desqualificar a "ciência", fazendo apologia de remédios mais mortais que a peçonha de uma aranha viúva-negra, tais como o "kit preventivo precoce", pois somente as vacinas e o SUS salvam vidas, ao contrário do que preconiza o "genocida" do Bozo, responsável pelas 5 milhões de mortes ocorridas no Brasil pela COVID-19.
  • Douglas  21/08/2021 20:15
    Brasil a passos largos para uma ditadura totalitária impiedosa e mortal.
    E o pior de tudo é que, caso consigam derrubar Bolsonaro ( desejo que não, de coração e mente), não haverá para onde correr porque o mundo inteiro está caindo ao abismo.
    Tomo por exemplo a Austrália, país de primeiro mundo e até então exemplo de crescimento econômico e social, pois bem, agora o STF deles está prendendo quem sai às ruas para protestar contra a ditadura do lockdown (depois de 01 ÚNICO caso da variante nova).
    Lá, se você sai à rua sem motivos (motivos que a corja política define como justificáveis) aí você será um criminoso, um terrorista, uma ameaça à Saúde pública da Austrália e tem que ser preso, sem direito à nada!
  • Thiago  22/08/2021 18:26
    Tá tudo explicado na bíblia, Apocalipse, Lucas e alguns outros versículos de outros aqui e ali.

    Sim, é o tempo e é na nossa geração.
  • Luiz Fernando  22/08/2021 22:50
    Não entendi, você está se referindo ao fim do mundo? O mundo pode passar por ciclos eternos ou seja podem acontecer infinitos começos, meios e fins de mundos e universos a vida pode ser cíclica e eterna sem um criador.

    Eu acho que o Presidente Bolsonaro se reelege sim ainda no 1º turno em 2022, bom pelo que eu tenho visto a maioria da população esta com ele e vai votar nele.
  • Felipe  22/08/2021 23:13
    Não é a primeira vez e nem será a última que farão alarmismo baseado em argumento bíblico.
  • Luiz Fernando  23/08/2021 02:52
    É verdade Felipe você tem toda razão é bem por aí mesmo.
  • Bolsodilma cirolulaguedes  21/08/2021 22:15
    Leandro , de onde o fed se financia pra pagar juros sóbre os depósitos voluntários?
  • Leandro  21/08/2021 23:37
    O pagamentos dos juros sobre essas reservas voluntárias dos bancos vem do patrimônio líquido do Banco Central.

    No Brasil, o BC lucra quando faz swaps e vende dólares. Nos EUA, o Fed lucra basicamente operando títulos públicos e hipotecas. É desse lucro que vêm os juros pagos aos bancos. Por isso a baixíssima resistência a este arranjo. Não aumenta a dívida pública e o dinheiro não é do Tesouro.

    Entretanto, se formos ser um tanto preciosos, pode-se sim dizer que o dinheiro é do Tesouro. Afinal, sempre que o BC lucra, ele remete uma parte para o Tesouro. Consequentemente, se esse lucro agora passar a ser usado para pagar juros aos bancos, o Tesouro ficará sem esse dinheiro. Logo, as contas públicas também serão afetados, embora indiretamente.
  • Lauro Müller  21/08/2021 23:25
    Hoje a caça é contra "direitistas", "bolsonaristas", "propagadores de Fake news", imaginem se a esquerda (radical com Lula ou Haddad ou moderada com Doria ou Ciro) chegar ao Planalto em 2023, quando estes grupos estiverem silenciados ou presos, a munição virá para os Ancaps e libertarios em geral pois a midia Pro$$tituta, jornais, universidades estao todos nas maos da esquerda. Nunca imaginei isso, mas será um tragedia MAIOR AINDA se Bolsonaro nao se reeleger, eu percebo em conversas aleatorias o odio ao governo bolsonaro. É quase certeza que ele irá perder.
    Foi bom enquanto durou pessoal
  • Humberto  22/08/2021 00:27
  • Maiky  22/08/2021 00:57
    Kkk sempre que posso acesso esse site ,lendo essa matéria me pergunto em nome da liberdade de expressão vale tudo , uma pessoa pode chamar a outra de filho da puta , e tudo bem nera liberdade de expressão.
  • anônimo  22/08/2021 03:44
    como sua leitura é totalmente rasa nem vou perder meu tempo elaborando muito :

    qual é o problema de te chamar de FDP se voce se comporta como um ?

    por acaso so podemos expressar aquilo que te agrade ?

    voce é da geraçao do "palavras machucam" , certo ?

    imagina um jogo de futebol onde a torcida ao inves de xingar canta legiao urbana e cassia eller , realmente um mundinho utopico que o maiky sonha ...
  • Luiz Fernando  22/08/2021 16:22
    Achei seu comentário muito interessante, eu lembro a muitos anos atrás se não me engano na decáda de 80 ou inicio da decada de 90, eu tava jogando bola na rua e aí um rapaz da Igreja protestante convidou amigavelmente a galera para ir jogar uma partida de futebol se não me engano num Sábado e uma coisa que me chamou a atenção foi que ele disse não foi exatamente com essas palavras mas a ideia era essa essa "vai ter jogo no dia tal do pessoal da igreja e lá não se fala palavrão", eu acho que a religião cristã contribuiu também para essa mentalidade. Não sei se todos os cristãos concordam com isso.
  • Douglas  22/08/2021 05:28
    Dúvida sincera: se eu chamar você de fdp, você aciona o Xandy ou o Luisinho Boca de Veludo?

    Quanto ao cerne da sua pergunta, respondido em detalhes aqui:

    www.mises.org.br/article/3214/para-que-serve-a-liberdade-de-expressao--e-quais-os-seus-limites

    www.mises.org.br/article/2229/a-liberdade-requer-coragem--inclusive-para-ver-e-ouvir-o-que-nao-quer-
  • Vinicius  23/08/2021 02:09
    Sobre esse ponto de visto eh preciso ter coragem mesmo.
    Se alguém com uma arma na mão disser que vai te matar e vc vai ser corajoso pra não fazer nada, afinal, ele está no seu direito de livre expressão, eu te dou o parabéns! Do contrário, soará hipocrita.

    Já teve cozinheiro indo pra delegacia porque não quis cozinhar pro bolsonaro e chamou ele de diabo.
    Teve gente respondendo a inquérito porque chamou bolsonaro de pequi roído.

    Mas quando vem alguém com arma em punho fala que vai acabar com outrem é liberdade de expressão.
    Desculpa, mas não tem como não reavaliar meus conceitos e motivações para esse artigo ser lançado somente agora e não antes em uma das muitas marcas bolsonaristica
  • Leitor Antigo  23/08/2021 14:06
    "Se alguém com uma arma na mão disser que vai te matar e vc vai ser corajoso pra não fazer nada, afinal, ele está no seu direito de livre expressão, eu te dou o parabéns! Do contrário, soará hipocrita."


    Artigo inteiro sobre isso, inclusive linkado ao fim do atual:

    Para que serve a liberdade de expressão - e quais os seus limites

    Trecho:

    Finalmente, o segundo limite à expressão é a ameaça iminente de agressão física, um ódio prestes a descambar para as vias de fato de forma manifesta e presente. 

    Exemplo prático: se João jura Pedro de morte ou promete agredi-lo fisicamente, João está, de livre e espontânea vontade, deixando explícito que irá ou retirar a vida de Pedro ou atentar contra a propriedade de Pedro (seu corpo). João, o agressor, está de livre e espontânea vontade confessando sua intenção de matar ou agredir Pedro.

    Sociedades decentes criminalizam tal ameaça. No entanto, vale dizer que, em legítima defesa, Pedro está liberado para se antecipar e fazer o mesmo com João.


    "Desculpa, mas não tem como não reavaliar meus conceitos e motivações para esse artigo ser lançado somente agora e não antes em uma das muitas marcas bolsonaristica"

    Uma característica estranha do brasileiro, e presente em você, é ter raiva de quem é coerente, independente e, acima de tudo, corajoso para ir contra a tendência. Este Instituto sempre foi pró-liberdade e anti-estado. Não mudou absolutamente nada, e mantém suas posições inflexíveis. Estranho seria se este Instituto passasse a defender autoritarismo estatal e a punição de terceiros inocentes por simplesmente exporem suas opiniões sobre urnas eletrônicas na internet ou por criticarem as divindades do Supremo.

    Já outros por aí mudam de posição totalmente de acordo com a conveniência.
  • Vinicius  23/08/2021 18:00
    Que bom então que vcs entendem que Roberto Jeferson deve estar preso.
    O cara ameacou embaixador chinês, as eleições, o Barroso e até as autoridades de segurança que por Ventura fossem fechar igreja que desrespeita a lei.

    Queria ver tb solidariedade para a mulher que bateu panela contra bolsonaro e foi presa. Será que teve artigo sobre liberdade de expressão naquela vez?
  • Leitor Antigo  23/08/2021 19:28
    Até onde se sabe, ele postou um video segurando duas Glocks dizendo-se pronto para se defender contra agressões. Dizer-se pronto para se defender contra agressões é o exato oposto de dizer que vai sair atacando todo mundo.

    Jefferson foi preso porque xingou ministros do Supremo (basicamente, chamou-os de "veados", "rabo preso", "rabo solto" e "advogados do PCC"), e não por dizer que iria matá-los. Pare de passar essa vergonha defendendo seus deuses.

    Quanto a essa estória de que uma mulher "foi presa por bater panela", ela mostra bem sua honestidade intelectual. A mulher foi detida após ameaçar derrubar motoqueiros e ultrapassar uma área isolada. Ficou uma tarde na delegacia e foi prontamente liberada.

    Se tudo o que você tem é fake news, vá para o seu blog mentir por lá (atenção, moderação! Estão emporcalhando os comentários aqui).

    Eu tenho compromisso com a liberdade e com a coerência. Você tem apenas com sua ideologia autoritária.
  • L Fernando  23/08/2021 15:28
    O cara pega dois exemplos que sequer foram desta forma e esquece as dezenas e dezenas ao contrário;
    Alias qual o crime que cometeu o jornalista que ficou quase um ano detido e o Deputado Federal que ainda esta preso?
    Me explique porque o que tentou esfaquear o Bolsonaro não foi permitido investigar e nem quebrar o sigilo do notebook e celular?
    ESQUERDISTA É O SER MAIS HIPÓCRITA QUE CONHEÇO
  • ALEXANDRE JOSE ALMEIDA DA SILVA  26/08/2021 14:40
    ... "
    Se alguém com uma arma na mão disser que vai te matar e vc vai ser corajoso pra não fazer nada, afinal, ele está no seu direito de livre expressão, eu te dou o parabéns! Do contrário, soará hipocrita."

    Opinião é uma inclinação (leve ou radical) a cerca de um entendimento sobre algo com um belo grau de subjetivismo. Se a questão é objetiva não faz sentido falar em opinião. Opinião sobre coisas objetivas é proselitismo. Em outras palavras, você não opina sobre a luz ser mais rápida que o som, afinal isto está 99,99999999999999...9...% determinado. Se um dia um gênio estabelecer que o som é mais rápido que a luz, ele não irá demonstrar isso apenas com uma opinião, mas, com um experimento que prove a sua tese. Agora, você falar que o calor é mais agradável que o frio, que pizza é melhor que salada, que o campeão brasileiro de 88 é o sporte não o flamengo, aí você está tendo opiniões, ou praticando seu direito de opinião.

    Alguém dizer que vai matar outro alguém não é liberdade de opinião. É ameaça. Você pode até ser da opinião de que seria melhor para o mundo que aquele indivíduo tivesse um IAM e falecesse, isto é liberdade de opinião, mas daí, a você, ativamente dizer que dará cabo desta ação isto é ameaça à integridade fisica de outrém (que é um direito de outrem). Não ha nem o que se falar em conflitos de direitos a este respeito. É ameaça, é crime e tem de ser indiciado.

    "Já teve cozinheiro indo pra delegacia porque não quis cozinhar pro bolsonaro e chamou ele de diabo."

    O que eu li superficialmente sobre isso deu conta de que o tal cozinheiro falou nas redes sociais que iria colocar veneno na comida de PR. Isso também não é liberdade de opinião. É ameaça. Você tem sérias dificuldades em diferenciar opinião, de ameaça hein?



    "Teve gente respondendo a inquérito porque chamou bolsonaro de pequi roído."

    Isso chama-se ofensa, a depender do contexto de como é dito. Qualquer um é livre para achar alguém um pequi roído e também é livre para falar. Mas se impelido deve provar. Se não provar, fica exposto a isto ser tipificado em alguma lei q discipline sobre o tema.


    "Mas quando vem alguém com arma em punho fala que vai acabar com outrem é liberdade de expressão."

    Não é liberdade de expressão. É ameaça indireta. Menos grave do que dizer que vai envenenar a pessoa fisica do PR, mas, é ameaça indireta. O outrem que se sentir ameaçado deve impelir as autoridades instituídas a questionar o ameaçador quem é que está sendo ameaçado Se não é dado nome aos bois, ou é comprovado em nível de investigação, não se pode tipificar em ameaça a alguém pois alguém não é determinado.



    "Desculpa, mas não tem como não reavaliar meus conceitos e motivações para esse artigo ser lançado somente agora e não antes em uma das muitas marcas bolsonaristica"

    Qualquer um com bom senso enxerga que o PR é sem jeito para muitos aspetos. Mas, qualquer um também desprovido de ideologismos políticos enxerga que o mesmo entrou na PR com uma postura bastante republicana e quanto mais foi podando privilégios mais foi incomodando o sistema pre-estabelecido. Revezaram-se os algozes ao ponto de minar a imagem do PR e desperta-lhe o destempero. O PR está virando o presidente que a oposição (nunca propositiva) quis que ele fosse. O cerceamento da liberdade de expressão com a criação absurda de criminalizar a opinião (que é diferente de ameaça) não passa de um tripé na celeuma criada para desestabilizar o governo do atual PR.

    [ e olha q eu nem votei nele viu ]

  • Ex-microempresario  22/08/2021 13:54
    Comentário que começa com "kkk" pode saber que vem bobagem....
  • capitalista chinês  22/08/2021 15:12
    Pobre, Maiky. Mais outro adulto (normalmente esquerdista) feito de gelatina, que ainda vive sob a proteção materna e acredita num mundo perfeito, negando-se a cortar o cordão umbilical e se tornar um adulto maduro e responsável.

    Já tratado o assunto da liberdade de expressão acima pelos colegas, a fábula abaixo talvez te ajude a lidar com as ofensas:


    Perto de Tóquio vivia um grande samurai, já idoso, que agora se dedicava a ensinar o zen budismo aos jovens. Apesar de sua idade, corria a lenda que ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.
    Judô - Respeito e bem estar mútuo

    Judô – Respeito e bem estar mútuo

    Certa tarde, um guerreiro – conhecido por sua total falta de escrúpulos – apareceu por ali. Era famoso por utilizar a técnica da provocação: esperavajavascript:__doPostBack('ctl00$ContentPlaceHolder1$cmdPreviewComment','') que seu adversário fizesse o primeiro movimento e, dotado de uma inteligência privilegiada para reparar os erros cometidos, contra-atacava com velocidade fulminante.

    O jovem e impaciente guerreiro jamais havia perdido uma luta. Conhecendo a reputação do samurai, estava ali para derrotá-lo, e aumentar sua fama.

    Todos os estudantes se manifestaram contra a ideia, mas o velho aceitou o desafio.

    Foram todos para a praça da cidade, e o jovem começou a insultar o velho mestre. Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou todos os insultos conhecidos – ofendendo inclusive seus ancestrais.

    Durante horas fez tudo para provocá-lo, mas o velho permaneceu impassível.

    No final da tarde, sentindo-se já exausto e humilhado, o impetuoso guerreiro retirou-se.

    Desapontados pelo fato de que o mestre aceitara tantos insultos e provocações, os alunos perguntaram:

    "Como o senhor pode suportar tanta indignidade? Por que não usou sua espada, mesmo sabendo que podia perder a luta, ao invés de mostrar-se covarde diante de todos nós?"

    "Se alguém chega até você com um presente, e você não o aceita, a quem pertence o presente?", perguntou o samurai.

    "A quem tentou entregá-lo", respondeu um dos discípulos.

    "O mesmo vale para a inveja, a raiva, e os insultos", disse o mestre. "Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carregava consigo"
  • Alexandre  23/08/2021 10:50
    Defendo o direito de cada um falar o que quiser, mesmo que seja "fake news", "anti-científico", seja lá o que for. Proibir isso é nos chamar de ineptos, de imbecis incapazes de fazer nossa própria avaliação do que é crível ou não. Pela liberdade de opinião.
  • Régis  23/08/2021 14:08
  • Régis  23/08/2021 14:15
    Aliás, com a turma do PT, qualquer um que seja, ninguém mexe:

    Deputado do PT, advogado de Lula, propôs fechar o STF em abril de 2018

  • Joao Paulo  23/08/2021 16:29
    Muito bem lembrado!
  • Lucius  23/08/2021 15:23
    Onde está os artigos sobre economia, que me fizeram abrir os olhos para uma realidade que me estava oculta?! Gostaria de análises sobre o cenário econômico, se Guedes faz mesmo as coisas corretamente, análises críticas sobre isso. Mas tudo que vejo agora no Mises são defesas de extrema-direita!!!
    Estou ansioso pra ver o velho Mises, prevendo o que vai acontecer daqui a 1 ano ou 2 anos e depois mostrando, no futuro: "olhe o dissemos que iria acontecer...". Nenhum extremo é bom (extrema-direita ou esquerda) sendo preciso um senso moral muito equilibrado para apontar error e acertos, seja de qual corrente política ou econômica esteja no poder!!!
    Então diretores do Mises, vamos arregaçar as mangas, e voltara àquele trabalho de educação maravilhoso, que fez alguém como eu, de "pensamento econômico de esquerda" entender por quê estas ideas estão erradas, com fatos, dados, história, lógica e economia. Que fez alguém de esquerda como eu, entender por quê o socialismo conduz a miséria, a entender como os governos destroem uma economia de uma nação, bem como a indicar à pessoas comuns este site, que me fez entender sobre inflação, intervenção estatal na economia e tantas outras coisas que destroem nossa moeda e poder de compra e principalmente, como se proteger disso!
    Hoje repudio tanto a extrema esquerda quanto a direita e sinceramente, não vejo futuro nem com Lula e muito menos com Bolsonaro. Pra mim, qualquer bom prefeito ou governador que tenha feito uma gestão com equilíbrio fiscal e moderna é um excelente candidato a presidente do Brasil!

    Prefeitos: www.gazetadopovo.com.br/republica/avaliacao-prefeitos-capitais-ibope/
    Governadores: www.gazetadopovo.com.br/republica/governadores-avaliacao-capitais-ibope/

    Índice Firjan de Gestão Fiscal: www.firjan.com.br/ifgf/downloads/download-ifgf-indice-firjan-de-gestao-fiscal.htm

    www.correio24horas.com.br/noticia/nid/saiba-o-que-salvador-fez-para-se-tornar-1o-lugar-em-gestao-publica/

    Como dito, qualquer um nesta lista, nas 5 primeiras colocações, na minha opinião, seriam bons presidentes, como reflexos diretos em nossa economia!
  • Introvertido  23/08/2021 21:30
    Sérgio, mesmo que a existência de Cristo como algum 'deus' seja algum dia comprovada como verdadeira, o que estipula que a interpretação de um Papa seja absoluta, sendo que nem a própria bíblia, um matérial moralista, é?

    Se deus existe, e deseja estipular regras absolutas em sua própria criação, eu espero que no futuro tal sujeito escreva um novo livro e julgue os humanos ele mesmo, pois eu nunca vi um material tão relativista, existem inúmeras igrejas por ai que se contradizem, pois possuem interpretações da bíblia diferentes uma das outras.

    Você diz seguir verdades absolutas de um determinado profeta, mas você, por si só, segue a palavra dos homens, pois deus não existe, assim como suas palavras também não possuem significância absoluta, e nem objetiva, pois ela não fala sobre tudo, e nem sobre muito, pois este material chamado 'biblia' é vago e se contradiz inúmeras vezes, em um versículo deus diz que os problemas devem ser resolvidos "olho por olho, dente por dente", mas já no novo mandamento, Cristo diz o total oposto: "se levar um tapa no lado esquerdo, ofereça o outro lado", isso por si só já comprova que a palavra desse 'deus" e sua opinião sobre às coisas não é absoluta e nem imutável.

    Ou talvez, quem sabe, Jesus na verdade seja um completo fanfarrão, que distorceu todos os mandamentos desse 'deus" para popularizar sua própria religião, o cristianismo, mas tal afirmação já mostra que às palavras de tal sujeito não possuem nada de absoluto.

    Se formos seguir por sua lógica, então basta os togados do STF dizerem que estão fazendo tudo "em nome de deus", que tudo está resolvido, basta fazer uma interpretação de um versículo da bíblia que tudo está absolutamente justificado.

    Aliás, ele já fazem isso com a constituição, mas assim como a bíblia, a constituição não possui nada de absoluto.

    Assim como é possível haver existir uma instituição judiciária numa república que utilize da constituição criada por um bando de políticos "iluminados", também é completamente possivel haver uma instituição judiciária numa teocracia cristã que utilze da bíblia para aplicar a lei, um material relativista, moral e vago.

    Boa parte das leis humanas positivistas foram criadas em base em alguma religião ou ideológia, será que atingimos a paz? O Oriente médio está até hoje guerreando entre si baseando-se em um livro vago, relativista e moral, livro esse, aliás, que é inspirado na própria bíblia.

    Botar religião em um diálogo sobre ética é algo tão contraditório, que dá vontade de criticar o falante, pois 'deus' é algo puramente moral, o que a bíblia diz ou não, na verdade não significa nada na realidade, pois a existência de deus não está comprovada, assim como os efeitos de suas palavras não são absolutas e muito menos observaveis na realidade.

    Um 'deus' pode dizer que a terra foi criada em 7 dias, mas isso não anula em nada às comprovações científicas que mostram que o planeta terra se desenvolveu, na realidade, por bilhões de anos, até finalmente chegar no estado que possa haver seres vivos racionais habitando nela.

    Quanto antes às pessoas entenderem que a existência do Estado é uma contradição jurídica , melhor.
  • Em Tempo  24/08/2021 01:47
    Caro Introvertido,

    Desculpe, mas a sua observação aqui está muito supérflua, rasa. A Bíblia não tem erros e sim, é "moral", porque foi essa moral que Deus nos ensinou e permitiu que a Humanidade chegasse civilizada até o século XXI ( claro, agora, com o ateísmo vigente, se diz que tudo pode, até homem casar com homem e "adotar", filhos, sendo que, neste caso, a ciência concorda com a Religião: apenas XX e XY geram filhos, principalmente nos animais carnívoros, ou não?), logo, sim, a Bíblia está correta, o grande problema, é a leitura errada, a compreensão errada dela que muitos têm, ou valores como: família, propriedade, pagamento correto para QUEM trabalha e punição para aqueles que abusam, roubam propriedade, etc., está errada?

    Papa é infalível quando promulga, cria Leis, regras, baseadas no Evangelho, quando não faz isso, como o atual argentino, ele é falível, pois atua fora da Lei de Deus. Sempre foi assim, desde o primeiro papa.

    Sete dias, meu caro, nada tem a ver com o nosso tempo aqui de 24 horas, 7 dias por semana, ano com 365 dias ( isso foi criado muito tempo depois....), sete dias, é um tempo indefinido, pois 7 é um número importante e foi usado como um símbolo, não "7" dias da nossa atual semana, com 24 horas cada um, ok?

    Simbolismo, analogia, já ouviu falar nisso? Pois é, meu caro.

    Você comparar essa afirmação Bíblica com o tempo de "bilhões" de anos da nossa forma atual de medir o tempo, como se "7" dias bíblicos fossem medidos na nossa atual forma de medir o tempo, é muita infantilidade, me perdoe a palavra.

    Cuidado para não interpretar tudo ao pé da letra. Nem nas ciências exatas tudo pode ser levado ao "pé" da letra, na expressão literal de um termo.

    Boa sorte.

    Abs.
  • Em Tempo  24/08/2021 03:39
    Correção: onde está escrito " animais carnívoros", leia-se: animais mamíferos.

    PS: quem dera que os juízes do Supremo de qualquer país seguissem as Escrituras Sagradas, Bíblia, para dar as suas sentenças, mandar prender ou soltar. Não haveria injustiças, pois se uma Constituição é alterada de tempos em tempos, imagine a interpretação dela por pessoas inescrupulosas?

    A Bíblia, no que tange às Leis de Deus, jamais estará errada.
  • Ex-microempresario  24/08/2021 18:40
    "...quem dera que os juízes do Supremo de qualquer país seguissem as Escrituras Sagradas..."

    Isso foi dito pelo mesmo comentarista que disse, mais abaixo:

    "Deus não tem que explicar tudo claramente, por isso é usados analogias, simbolismos, linguagem figurada."
  • capitalista chinês  24/08/2021 19:25
    Já imaginou a base de julgamento na teocracia cristã do "Em Tempo" para aqueles que não são cristãos?

    "Não se ponham em jugo desigual com descrentes... pois o que há de comum entre o crente e o descrente?" (2 Coríntios 6: 14,15).

    "Uma coisa repugnante foi cometida em Israel e em Jerusalém; Judá desonrou o santuário que o Senhor ama; homens casaram-se com mulheres que adoram deuses estrangeiros" (Malaquias 4:11).

    "Foram mulheres estrangeiras que fizeram o rei Salomão pecar. Ele era mais famoso do que todos os reis das outras nações. Deus o amou e o pôs como rei de todo o povo de Israel, e no entanto ele caiu nesse pecado. Será que nós vamos seguir o exemplo dele e desobedecer ao nosso Deus, casando com mulheres estrangeiras?" (Neemias 13:26)
  • Em Tempo  25/08/2021 08:46
    Bom, a grande maioria das pessoas no mundo, caro Capitalista Chinês e ex -microempresário, são cristãos, incluindo os que desenvolveram o Capitalismo no mundo, ou os srs. não sabem disso?

    31,7% por cento das pessoas no mundo, são cristãs, isso hoje em dia, pois o número era bem maior ( agora, com os muçulmanos e chineses tendo mais filhos que os cristãos, os números estão diminuindo...),logo, dizer que as passagens bíblicas não serão entendidas por muitos, lamento informar: sim, elas serão e grande parte das pessoas entenderão bem o que está no Antigo Testamento, do judaísmo, que os cristãos aceitam, e o Novo Testamento, este, cristão.

    A afirmação dos dois aqui, apenas denota o mais básico, o nada evoluído da espécie humana: criticar por odiar e não querer entender! Lembrando que aqui é um site focado em Economia Liberal com vários links sobre a grande influência do Cristianismo no desenvolvimento do Liberalismo Econômico, caros senhores!

    Sugiro que consultem esses links aqui no Mises, antes de falar sem conhecimento e passar vergonha.

    Chega a ser engraçado, muitos aqui negarem essa relação entre Livre Mercado e Cristianismo. E nisso, caros senhores, os aproxima muito do que sempre é criticado aqui, inclusive pelos senhores: o Comunismo, pois este, é ateu, nega Deus, nega Cristo e nega o livre mercado!

    Percebem a vossa incoerência???

    A Bíblia original, Antigo Testamento, totalmente escrita em hebraico, a língua dos judeus. O Novo Testamento, tem em hebraico, latim, grego e...Aramaico! A língua da época de Cristo, que seria uma forma mais simples do hebraico.

    Logo, sim, escrito em parábolas, sentido figurado, facilmente entendido por todos, inclusive os senhores, ou, penso eu: os senhores não conseguem entender um texto da ficção científica, física quântica, caso tenham interesse? O mesmo acontece com a Bíblia.

    Se quiserem, entenderão, com certeza!

    Encerrando, caros senhores: tanto no aramaico, como no hebraico, uma palavra tem vários significados, aliás, tal como acontece com as línguas modernas.

    Quanto Cristo fala que "é mais fácil um camelo passar pelo buraco da agulha do que um rico entrar no céu", isso significa, primeiro: agulha, não é a de costurar, mas sim, uma espécie de porta estreita e "rico", não é alguém como Gates, Soros, etc., mas todo aquele que for mesquinho, apegado ao dinheiro, isso serve para um trilionário, como para alguém com apenas 20 reais no bolso, mas que se recusa a gastá-lo por estar totalmente apegado a ele, ainda que precise consumir algo com esse dinheiro.

    "agulha" e "rico", tinha significado diferente do que conhecemos hoje. "irmão", em aramaico, era todos os parentes próximos ( exceto pai e mãe...), ou seja: primos, tios.

    Cuidado, senhores, para não seguir a máxima dos comunistas, socialistas, nazistas: Se não gosto, não procuro entender e digo que aquilo é falso ou não existe!

    Boa sorte, caso queiram pesquisar os links que passei para outro comentarista aqui, sobre a grande importância do Cristianismo na difusão do Liberalismo Econômico no mundo.

  • Em Tempo  25/08/2021 08:47
    Bom, a grande maioria das pessoas no mundo, caro Capitalista Chinês e ex -microempresário, são cristãos, incluindo os que desenvolveram o Capitalismo no mundo, ou os srs. não sabem disso?

    31,7% por cento das pessoas no mundo, são cristãs, isso hoje em dia, pois o número era bem maior ( agora, com os muçulmanos e chineses tendo mais filhos que os cristãos, os números estão diminuindo...),logo, dizer que as passagens bíblicas não serão entendidas por muitos, lamento informar: sim, elas serão e grande parte das pessoas entenderão bem o que está no Antigo Testamento, do judaísmo, que os cristãos aceitam, e o Novo Testamento, este, cristão.

    A afirmação dos dois aqui, apenas denota o mais básico, o nada evoluído da espécie humana: criticar por odiar e não querer entender! Lembrando que aqui é um site focado em Economia Liberal com vários links sobre a grande influência do Cristianismo no desenvolvimento do Liberalismo Econômico, caros senhores!

    Sugiro que consultem esses links aqui no Mises, antes de falar sem conhecimento e passar vergonha.

    Chega a ser engraçado, muitos aqui negarem essa relação entre Livre Mercado e Cristianismo. E nisso, caros senhores, os aproxima muito do que sempre é criticado aqui, inclusive pelos senhores: o Comunismo, pois este, é ateu, nega Deus, nega Cristo e nega o livre mercado!

    Percebem a vossa incoerência???

    A Bíblia original, Antigo Testamento, totalmente escrita em hebraico, a língua dos judeus. O Novo Testamento, tem em hebraico, latim, grego e...Aramaico! A língua da época de Cristo, que seria uma forma mais simples do hebraico.

    Logo, sim, escrito em parábolas, sentido figurado, facilmente entendido por todos, inclusive os senhores, ou, penso eu: os senhores não conseguem entender um texto da ficção científica, física quântica, caso tenham interesse? O mesmo acontece com a Bíblia.

    Se quiserem, entenderão, com certeza!

    Encerrando, caros senhores: tanto no aramaico, como no hebraico, uma palavra tem vários significados, aliás, tal como acontece com as línguas modernas.

    Quanto Cristo fala que "é mais fácil um camelo passar pelo buraco da agulha do que um rico entrar no céu", isso significa, primeiro: agulha, não é a de costurar, mas sim, uma espécie de porta estreita e "rico", não é alguém como Gates, Soros, etc., mas todo aquele que for mesquinho, apegado ao dinheiro, isso serve para um trilionário, como para alguém com apenas 20 reais no bolso, mas que se recusa a gastá-lo por estar totalmente apegado a ele, ainda que precise consumir algo com esse dinheiro.

    "agulha" e "rico", tinha significado diferente do que conhecemos hoje. "irmão", em aramaico, era todos os parentes próximos ( exceto pai e mãe...), ou seja: primos, tios.

    Cuidado, senhores, para não seguir a máxima dos comunistas, socialistas, nazistas: Se não gosto, não procuro entender e digo que aquilo é falso ou não existe!

    Boa sorte, caso queiram pesquisar os links que passei para outro comentarista aqui, sobre a grande importância do Cristianismo na difusão do Liberalismo Econômico no mundo.

  • Em Tempo  25/08/2021 08:59
    PS: ao refutar, procurem usar a Razão, não refutar por refutar, apenas por odiar ou desconhecer a importância do Cristianismo para a Civilização Moderna, para o Liberalismo Econômico.

    Agora, creiam no que quiserem, a mim, não tem a menor importância, nem Deus deixará de existir pq. vocês não creem Nele. Todos são livres para defender o que quiserem, mas é bom não agir como um comunista que nega por desconhecimento ou puro ódio.
  • Ex-microempresario  25/08/2021 15:40
    Vc escreveu tudo isso apenas para confirmar o que eu já disse: você se acha o dono da verdade e todo mundo que não concorda com as suas idéias é "burro", "incoerente", "mal intencionado", tem "ódio", "não estudou", "não quer aceitar".

    Continue trancado no seu mundinho sectário e passe bem.
  • Em Tempo  26/08/2021 03:56
    Wow!

    Eu vivo em "um mundinho sectário "??? O senhor é engraçado! Desde quando eu afirmei aqui QUE TODOS TEM QUE CONCORDAR COMIGO??? Mostre onde está isso no meu texto, por favor.

    O sr. leu o meu PS:, onde afirmo que "cada um crê no que quer"? Penso que não.


    Já pensou em fazer interpretação de texto? Penso que não. O sr., caro "ex-microempresario", demonstra pq é "ex", neste seu textinho aqui. Já vi o sr. fazer o mesmo com outros leitores que o sr. não concorda.

    Quando não tem argumentos, vem com palavras vazias e acusando os outros daquilo que o sr. é: sectário. Isso lembra Lênin.

    Passar bem.
  • Ex-microempresario  26/08/2021 16:33
    Q.E.D.
  • Bolsodilma cirolulaguedes  23/08/2021 21:50
    o humanos querem fabricar a própria verdade , por não serem capazes de enxergar a verdadeira verdade. dae quererem que a religião se adapte a eles, não eles a religião.
    a verdade não cabe nas mentes humanas pequenas.
  • Ex-microempresario  24/08/2021 18:35
    E a verdade pertence a qual das dezenas de religiões do mundo?
  • Luiz Fernando  24/08/2021 21:52
    As religiões são compostas de seres humanos.
  • Fraude  23/08/2021 21:51
    O combustível está caro por causa do ICMS, ou por causa da inflação? Porque os alimentos não estão aumentando tanto quanto os alimentos.
  • Felipe  24/08/2021 01:37
    A alíquota do ICMS é alta e é causa dos combustíveis mais caros, mas ela não explica a alta recente dos combustíveis. Alguns estados realmente aumentaram o ICMS, mas nenhum governador desvalorizou a própria moeda. A moeda corrente no Brasil é o real brasileiro, controlada pelo Banco Central do Brasil, em Brasília.

    O setor alimentício, ainda que seja regulado, passa longe do nível regulatório no setor de combustíveis. Para se ter ideia, os preços do etanol, gasolina e óleo diesel só deixaram de ser tabelados após a segunda metade da década de 1990! No setor de hortifruti, mesmo nesse nosso caos monetário, ainda conseguimos ver deflação de preços (recentemente foi na cebola, quase 20 % de deflação). Esses itens são sazonais e é por isso que eles possuem preço mais volátil (mesmo assim, não vemos falta de gêneros agrícolas nas gôndolas, graças ao mercado). Algum keynesiano reclamou da deflação dos preços das cebolas? O preço do tomate irá oscilar muito mais do que o seu derivado, coisas como extrato de tomate e afins.

    O pessoal que é do setor pode me esclarecer, mas o preço do etanol combustível é determinado pelo etanol no mercado internacional de commodities, em dólar americano (mas como não é moeda corrente, a força da nossa moeda também é importante). A última vez que ele caiu foi no ano passado, quando estava menos de R$ 3 o litro. Não sei se no passado houve quedas (talvez eu seja míope em acompanhar preço de combustível). Nos EUA, os preços dos combustíveis oscilam o tempo todo mas, como lá o setor é relativamente concorrencial, ocorre o seguinte: fazem de tudo para não repassar os aumentos de custos; quando o petróleo cai, eles repassam isso quase que integralmente, senão irão perder clientela. O setor de petróleo e derivados, apesar dessa liberalização dos preços, continua controlado pela Petrobras. Por algum tempo houve aquele congelamento bizarro do governo Dilma, logo depois sendo tirado (após os bobos a reelegerem). Petrobras ainda controla todos os derivados do petróleo, inclusive o gás de cozinha (do GLP). Não sei o que o Bolsonaro está esperando para fechar a ANP e o Ministério de Minas e Energia.
  • Leandro  24/08/2021 02:06
  • Felipe  24/08/2021 02:38
    Está caro esse etanol... acho que é só em Ribeirão Preto que o litro do etanol é perto dos R$ 4 (saudades dessa época). Como é uma commodity agrícola, é influenciado também pelo preço do açúcar. Se o açúcar fica muito caro, passa a ser mais atraente vender mais açúcar ao invés de mais etanol, o que gera pressão nos preços do etanol. Ah, eu vi agora que foi escrito exatamente isso no artigo... Falando nisso, após a extinção do Instituto do Açúcar e do Álcool pelo Collor (o qual era praticamente um monopólio), mudou algo nessa questão de se produzir etanol combustível? Leandro, esse artigo não tinha sido escrito por outro autor?

    Você disse que à partir da SELIC de 7,5 %, já teríamos juros positivos reais. Isso mesmo com um IPCA de 8,99 %?

    Aqui na cidade onde moro dois postos foram abertos recentemente. Acho que outro está em projeto em uma outra região.
  • Régis  24/08/2021 04:45
    "após a extinção do Instituto do Açúcar e do Álcool pelo Collor (o qual era praticamente um monopólio), mudou algo nessa questão de se produzir etanol combustível?"

    Mudou absolutamente tudo.

    Antes, a produção era supervisionada pelo estado e os preços eram rigorosamente controlados. Toda usina que falia era estatizada. Desabastecimento de álcool era coisa rotineira. No fim da década de 1980, quase toda a frota nacional era de veículos a álcool, e vivia faltando álcool nos postos (graças aos controles de preços). Era comum gente dormir na fila.

    Depois que mercado foi desregulamentado pelo Collor, nunca mais faltou álcool.
  • Trader  24/08/2021 04:47
    "Você disse que à partir da SELIC de 7,5 %, já teríamos juros positivos reais. Isso mesmo com um IPCA de 8,99 %?"

    O IPCA fechará o ano em torno de 7%. Ano que vem, com alguma sorte, ficará em torno de 4,5%.
  • Bolsodilma cirolulaguedes  24/08/2021 04:49
    Inflação. E os alimentos tão subindo sim. Carne vermelha subiu 50 por cento pra nunca mais cair. E a de frango recentemente aumentou 30 por cento.

    Infelizmente acho q vc já se acostumou com os preços dos alimentos.
  • Introvertido  24/08/2021 02:27
    Eu irei dividir a sua crítica em três pontos:

    1°: Você afirma que o moralismo imposto pela bíblia foi necessária para o progresso humano, mas isso é errôneo, pois não existe absolutamente nada que comprove que a igreja católica e o cristianismo ajudaram em alguma coisa.

    Na verdade, podemos observar que foi o total oposto: Depois que a hegemonia da igreja começou na Europa, os avanços tecnológicos europeus praticamente estagnaram, chegando ao ponto dos europeus icarem atrás até dos islâmicos no quesito tecnológico.

    O negócio foi tão feio, que essa era, onde a igreja possuia uma influência hegemonica na Europa, foi nomeada como idade das trevas pelos historiadores.

    Á igreja na verdade só prejudicou a Europa, devido ao fato de que havia bastante preconceito contra burgueses e cientistas.

    Os ensinamentos de Cristo também não ajudaram em nada no cenário geopolítico, os Europeus guerrearam e guerrearam.

    Como os bispados cobravam suas próprias taxas dos fazendeiros e comerciantes, á população acabou ficando sobrecarregada, tendo que pagar uma fatia para a igreja, outra fatia para os lorder feudais, e mais outra para coroa.

    Isso é conhecimento básico, ensinado até mesmo na escola, á população europeia antigamente era sobrecarregada com impostos, e a igreja não apenas não aliviou em nada, como também exigia sua própria fatia.

    Á coisa só melhorou mesmo nas grandes navegações.

    Ou seja, dizer que a igreja é responsável pela ascenção da humanidade é uma grande falácia.

    2°: Você pelo jeito não entendeu o ponto que eu quis passar em relação ao Papa, me diga: quem analisava se o papa ou os papas realmente seguiam a bíblia?

    Se você for análisar a história da igreja católica de forma imparcial, com compromisso apenas com a verdade, verá que foram muito os papas "faliveis" e "materialistas", que gostavam de poder e terras, e também autoritários, que faziam interpretações da bíblia ao seu bel prazer..

    Por isso, não faz qualquer sentido dizer que a palavra de um Papa é a palavra de Deus, afinal, existiram tantos papas "faliveis" quanto "infalíveis", e o prezado Sérgio fala como se os papas representassem a verdade absoluta, sendo que nem á própria bíblia possui alguma verdade absoluta.

    3°: Você fala que os "7 dias da criação" mostrados na biblia são puramente simbólicos, mas tal afirmação é uma completa falácia, afinal, o próprio deus bíblico disse que às palavras dele são "absolutas".

    Alem do mais, dizer que os "7 dias são simbólicos" também é uma inverdade, pois a bíblia deixa claro que os tais 7 dias representam os 7 dias da semana: domingo, segunda, terça, quarta, quinta, sexta e sábado, tais 7 dias foram adotados primeiramente pelos judeus, mas depois foi repassado os Europeus depois da queda do império romano, por meio da igreja católica.

    Abraços.
  • Em Tempo  24/08/2021 06:00
    Caro Introvertido, começo pelo fim:

    7 dias bíblicos são simbólicos, claro, não tem relação com os dias da semana que conhecemos hoje. Deus não tem que explicar tudo claramente, por isso é usados analogias, simbolismos, linguagem figurada.

    Veja isso, para vc. entender:

    www.respostas.com.br/deus-criou-o-mundo-em-sete-dias/

    Sim, a Bíblia é verdadeira, se você não acredita, você se baseia no quê? No que leu, escrito por ateus que NÃO viveram TODO o tempo bíblico, ou seja, tudo que está entre Gênese e Apocalipse, além dos Atos dos Apostolos, cartas de Paulo? Bem: você tem todo o direito de não crer, mas NÃO há nenhum estudo "científico" concreto que a Bíblia está incorreta. Vc. dirá: "mas se não tem estudos que provam que ela está correta, é uma divagação ...", bem, neste caso, há que se apegar ao que está ali, escrito, nos ensinamentos que vale para os dias de hoje; ou honrar pai e mãe, não praticar adultério, não roubar, não matar ( claro, em legítima defesa é outro assunto...), não levantar falso testemunho, não cobiçar as coisas alheias ( isso tem a ver com o direito à propriedade, ou não?), isso para ficar nos 10 Mandamentos, são ensinamentos errados? Fora as passagens de Cristo ( muito antes dele, os profetas pregam sobre o que escrevi antes...), onde tudo é dito pelo Filho de Deus em defesa do que é justo e digno, algo que vc., creio eu, defende, incluindo as pessoas deste Instituto aqui. Os valores da sociedade, meu caro, se baseiam nos valores judaico-cristãos, repito: dentro do que está escrito acima e isso, tirando os canalhas comunistas e pessoas sem escrúpulos ( sim, tem isso em muitos, incluindo os que se dizem "conservadores"...). Foram esses valores que nortearam toda a Civilização Ocidental. Claro, o código de leis humanas, são baseadas no código romano, mas este, com forte influência cristã.

    Quem fiscaliza se um papa segue as Leis de Deus antes de julgar? Bem, colégio de bispos existe desde o primeiro papa e eles, por conhecerem a Bíblia profundamente, sabiam e sabem quanto um papa emite algo que vai contra os Mandamentos de Deus, o Evangelho de Cristo. Se vc. acompanha hoje, as ações do argentino, vc. já percebeu a forte oposição que ele enfrenta de fieis leigos, padres, bispos e cardeais. Cardeal Carlo Viganò, Arcebispo Athanasius, são duas altas autoridades que já falaram em público dizendo que as atitudes de Francisco, vai contra Cristo. Procure na net. Uma rápida inserção do Google ou similar, lhe dará várias respostas sobre esse tema.

    Em mais de 2 mil anos de Igreja, óbvio que alguns papas, poucos, na verdade; erraram e foram apontados por isso, não é um jogo de acerto ou erro, ou algo baseado em achismos: se um papa, um bispo, um padre fala ou faz algo que está fora da Bíblia, logo, fora do que disse Deus e Cristo, os membros da Igreja aponta o erro, pois estudaram Teologia, leram várias vezes as Escrituras, conhecem a fundo o que está lá.

    Sobre a importância da Igreja na formação da Sociedade Moderna, este site tem vários exemplos disso:

    www.mises.org.br/article/1026/o-papel-crucial-da-religiao-no-desenvolvimento-da-ciencia-economica

    www.mises.org.br/article/2046/a-parabola-dos-talentos-a-biblia-os-empreendedores-e-a-moralidade-do-lucro

    www.mises.org.br/article/834/religiao-e-libertarianismo

    www.mises.org.br/article/781/liberalismo-e-cristianismo

    www.mises.org.br/article/3012/notre-dame-e-o-que-nos-perdemos

    Amigo: esqueça o que os professores, principalmente os de História, te ensinaram! E também, leia com muito cuidado os livros que falam contra o Cristianismo: geralmente foram escritos por pessoas que odeiam a Religião, normalmente por não conhecê-la ou pior; conhecem, mas querem deturpá-la, pois assim, podem trabalhar pelo Totalitarismo e dominar o mundo, algo que os comunistas, sempre ateus ( se um petista vai a uma reunião protestante ou na missa católica, é apenas para ter votos, pois ele nada crê ali. Marx, filho de Rabino, odiava Deus, por isso o apego ao materialismo...).

    Sobre Marx odiar Deus, veja isso, aqui no Mises:

    www.mises.org.br/article/1405/karl-marx-e-seu-caminho-escatologico-para-o-comunismo

    Eu lembro, caro, que ninguém é obrigado a acreditar em Deus, na Bíblia. O Criador nos deu o livre arbítrio, se vc. não crê, tudo bem para vc.

    Apenas um alerta: quando algum político, algum dirigente, algum representante de uma Igreja, disser que faz algo, que seja errado, em nome de Deus, não tenha raiva da Religião antes de verificar se aquilo que essa pessoa diz fazer em nome de Deus, está dentro do que Ele disse e Cristo confirmou. Isso é fácil fazer: uma rápida pesquisa no Google responderá a vc. rapidamente.

    Abs.
  • Ex-microempresario  24/08/2021 14:12
    Se alguém escrever um "tratado das falácias" pode usar o comentário acima como texto-base.

    Raciocínio circular:

    Sim, a Bíblia é verdadeira, se você não acredita, você se baseia no quê?

    Ou seja, a bíblia é verdadeira porque a bíblia diz que a bíblia é verdadeira.


    Apelo à ignorância:

    ...mas NÃO há nenhum estudo "científico" concreto que a Bíblia está incorreta

    Há milhares de textos, artigos, livros, teses, etc., mostrando os erros e contradições da bíblia. E a resposta é fingir que não existem? Parece petista repetindo feito papagaio "Lula foi condenado sem provas": vc pergunta se ele leu as duas mil páginas do processo e ele desconversa, para voltar a repetir a mesma coisa cinco minutos depois.


    Apelo à autoridade:

    ...membros da Igreja aponta o erro, pois estudaram Teologia, leram várias vezes as Escrituras, conhecem a fundo o que está lá.

    Então a bíblia está certa porque pessoas que leram a bíblia afirmam isso.


    Ataque ad hominem:

    ...tirando os canalhas comunistas e pessoas sem escrúpulos...

    ... leia com muito cuidado os livros que falam contra o Cristianismo: geralmente foram escritos por pessoas que odeiam a Religião...


    Notando que "pessoa sem escrúpulo" pode significar qualquer coisa. É o equivalente ao "todo mundo que eu não gosto é fascista" tão na moda nos facebook da vida.


    E mais:

    ...por isso é usados analogias, simbolismos, linguagem figurada.

    Um livro não pode usar linguagem figurada, que por definição depende da interpretação do leitor, e ao mesmo tempo querer ser a verdade absoluta. Quem determina qual a interpretação correta? Voltamos ao argumento da autoridade: "a minha interpretação é a correta, as outras estão erradas".

    Claro, o código de leis humanas, são baseadas no código romano, mas este, com forte influência cristã.

    Você está dizendo que o direito romano tem influência cristã? O "período clássico" do direito romano começa no século II a.C. !
  • Estado Mínimo   25/08/2021 00:13
    Muito bom os links desse Instituto sobre a importância do Cristianismo na formação da sociedade moderna, produtiva, ética.

    Não havia lido ainda e já li muitos artigos bons para um liberal ler. Infelizmente vários leitores de Mises não aproveitam esse acesso precioso e preferem tergiversar como um leitor que fala e comprova com artigos do próprio Instituto, sobre o referido assunto.

    Valeu, sr. em tempo.
  • Luiz Fernando  25/08/2021 13:58
    Cristianismo aí seria o Catolicismo Romano? Entendo que foram ações positivas sim e humanas de forma natural não creio que algo sobrenatural agiu.
  • Luiz Fernando  25/08/2021 15:20
    Quando se fala da bíblia temos três Bíblias: a Católica romana, a católica ortodoxa e a protestante, embora a maioria dos livros sejam os mesmos mas cada um cristianismo tem um determinado números de livros que difere das outras. quem definiu o número de livros que deve conter a Bíblia de maneira correta? Se foi o Magistério católico romano então os católicos romanos creem que o espírito santo agiu nesse Magistério, mas se assim for como fica a ação do espírito santo no caso dos protestantes e os ortodoxos ? Ora o espírito santo pela lógica só deveria agir em um Cristianismo. Isso indica uma falha do espírito santo.

    Os cristãos se dedicam em defender os Cristianismo em várias áreas do conhecimento humano como Ciência, Economia e tem todo o direito de agir assim, mas pelo que eu vejo não conseguiram ainda, e não sei se um dia vão conseguir de equacionar essa questão da unidade no âmbito interpretativo teológico e vejam os senhores essa questão interpretativa é básica e até hoje não conseguiram a unidade interpretativa teológica e observem isso é matéria essencial na religião cristã logo poderiam fazer talves um Concílio para resolver essa questão. Durante minha vivência percebi que um determinado número de protestantes não consideram o Catolicismo Romano como sendo cristão, nesse sentido se um católico romano diz que foi a Igreja Católica Romana que construi a civilização Ocidental ( tem até um livro sobre isso) de acordo com essa visão desses protestantes que construiu a civilização foram não cristãos.

    Tem uma interpretação que aceita que Deus já elegeu um determinado números de pessoas que serão salvos conforme Efésios 1:4-5 e vejam essa passagem nega que algum ser humano tenha o livre arbítrio para aceitar Cristo.

    Não nego que o Cristianismo tenha construído a civilização mas foi um ato de seres humanos foi algo natural foram méritos humanos não vi nada de sobrenatural nisso.

    Em relação a idade da Terra creio que com o passar dos anos os cristãos foram percebendo que "dias literais" não se encaixavam n na realidade e observando como funciona a natureza chegaram a conclusão que foi um tempo bem maior ou seja o relato bíblico teve que se adaptar ao conhecimento produzido por seres humanos. Será que Moisés ou Josué acreditavam nos dias literais, milhares ou milhões de anos?
  • Luiz Fernando  25/08/2021 15:31
    Em Tempo, parece que você é católico romano , olha eu sempre respeitei e respeito o Catolicismo Romano e pelo que eu entendi você não considera o atual Papa como sendo Papa, correto? Aí meu caro eu te pergunto? Cadê a ação do espírito santo para iluminar os religiosos católicos romanos na hora da eleição do Papa?? A Sé está vacante?

    Se você for católico romano teria como me explicar Tobias 5:6 porque está escrito que a distância de Ecbatana a Rages são dois dias de viagem ?
  • nill  05/10/2021 12:40
    1°: Você afirma que o moralismo imposto pela bíblia foi necessária para o progresso humano, mas isso é errôneo, pois não existe absolutamente nada que comprove que a igreja católica e o cristianismo ajudaram em alguma coisa.

    Introvertido. Pare de relacionar á Bíblia com a Igreja Católica. O catolicismo não tem nada haver com a Bíblia. Tanto que os católicos dizem no seu meio que se você ler demais a Bíblia, você vai ficar doido. Com certeza não fica doido. O máximo que acontece é o leitor profundo ver que os ensinamentos da bíblia não são seguidos pela Igreja católica . Que possui a sua própria visão das coisas. Introvertido . Você como estudioso já teve ter percebido e muito isto.

  • Introvertido  24/08/2021 02:35
    Felipe, seu comentário é praticamente inteligível para quem não domina o assunto, você aparentemente se empolgou com seus pensamentos e suas análises, e esqueceu de explicar direito o questionamento do rapaz, rsrs.
  • Felipe  24/08/2021 13:41
    Pode ser, para isso tem o texto lá do Leandro que ele atualizou.
  • Introvertido  24/08/2021 12:26
    Caro 'Em tempo', ainda estou longe estar convencido por qualquer um de seus argumentos;

    Primeiro vamos ao quesito do simbolismo, eu pessoalmente acho bem vago afirmar que qualquer afirmação errônea dita pela bíblia possua algum significado, até porque ela nunca disse qual significado é este, e afinal de contas, algo como "7 dias" não possui nenhuma significância real baseada em fatos concretos, e está completamente livre para ser interpretada.

    E você errou ao afirmar que os 7 dias não possuem nenhuma relação aos 7 dias da semana, o próprio livro de Gênesis deixa claro que 'deus' queria que os humanos seguissem um calendário com uma semana contendo 7 dias, os hebreus foram os primeiros á seguir tal norma, não á toa, eles diziam que o sabado era um feriado,.pois foi o dia na qual foi dito que 'deus' descansou.

    É frustante ter que explicar isso, pois é um fato histórico.

    Se a bíblia é de facto verdadeira em suas afirmações sobre a existência de uma divindade, não é o que pretendo debater, eu estou analisando a bíblia por meio uma ação feita como um fim nela mesma, não pretendo desmistificar nada, e nem mudar sua crença, meu objetivo inicial foi apenas mostrar que não tem como utilizar um material vago como a bíblia como uma material instrumental para aplicar a lei, pois humanos são seres corruptíveis, capazes de fazerem merda utilizando como base interpretações próprias.

    Não é a toa que o sistema judiciário é falho, e nunca deu certo, quanto às pessoas entenderem que o estado é, acima de tudo, uma contradição jurídica, melhor.

    Não é porque a igreja seguia a bíblia, que a inquisição, a caça aos hereges, e a escravidão foram evitadas, os responsáveis por adossarem tais ações utilizaram versículos da própria bíblia para se justificarem...

    Não apenas isso, como os próprios bispos e cleros também eram livres de interpretações, e brincavam com poder na era feudal, cobrando suas próprias taxas sobre os produtivos, ao invés de ajudá-los...

    E como eu também já disse anteriormente, não há nenhuma comprovação de que, de facto, a religião cristã ajudou a sociedade em algo, afinal, o ápice da igreja na sociedade cristã representou justamente a era na qual a sociedade ficou estagnada tanto tecnologicamente quanto socialmente, e essa era foi conhecida como era feudal, ou idade das trevas, época em que os impostos eram absurdamente altos, e que os produtivos contribuintes tinham que sustentar a igreja, o clero, a coroa, e o Estado papal. Os islâmicos, aliás, até o século XIII, eram comprovadamente mais avançados tecnologicamente que os cristãos, e os chineses durante essa era eram a nação mais desenvolvida do mundo, e continuou sendo a potência tecnológica até se tornar reclusa em relação mundo, enquanto os Europeus faziam às grandes navegações.

    Com novas descobertas, minerações, e técnicas, a sociedade europeia avançou consideravelmente.

    Ou seja, não há nenhuma comprovação de que a igreja ajudou a sociedade em algo, quando ela assumiu o poder europeu, a sociedade ocidental estagnou.

    Sinceramente, eu já expliquei tudo que tinha para explicar nos meus comentários anteriores, não gosto de ficar refutando uma coisa repetidas vezes, recomendo reler tudo que eu escrevi até agora, antes de sair repetindo frases já refutadas, se não vier com nenhum argumento novo, irei considerar esse debate como encerrado...
  • Em Tempo  24/08/2021 18:06
    Sério? Você teima, baseado nas suas "convicções" rasas e considera o debate encerrado? LOL. Você é mesmo engraçado. Tenta a área de humor, meu caro!

    Ou seja: ler os links daqui do Mises, você não leu, não é? Viva a presunção!

    A propósito: quem elogia Fernando Schüler, de esquerda, que escreve no Estadinho social-democrata, já dá para perceber a sua tendência política, logo, aproveita o site para aprender algo sério e útil.

    Você é mais um aqui que vem querendo ser o "sabe tudo". Não, meu caro, eu não quis te convencer. Tenho coisas muito mais importantes na vida.

    Mises está aqui, com os links abalizados que passei a vc. para aprender, entender antes de escrever presunções, mas vc. tem preguiça ou quer trollar. Não tenho tempo para isso.

    Boa sorte.
  • Pérsio  24/08/2021 13:11
    Ainda não chegamos ao nível de intolerância contra a liberdade de expressão que existe no Afeganistão. Lá, o Talibã está matando comediantes:

    revistaoeste.com/mundo/a-ultima-piada-de-nazar/
    dunapress.org/2021/08/02/taliba-admite-que-matou-comediante-afegao-depois-que-video-mostrando-sua-captura-e-assassinato-se-tornou-viral/
  • Yuri Sao Carlense  24/08/2021 14:46
    Até me surpreendi com um artigo desse saindo na mídia mainstream.

    Poderia facilmente ter sido publicado pelo IMB.

    ----------------------------------

    "O declínio da tolerância
    Uma República não se faz com um órgão de Estado fazendo a "curadoria" da sociedade, signifique isso o que significar"

    veja.abril.com.br/blog/fernando-schuler/o-declinio-da-tolerancia/amp/?__twitter_impression=true
  • Introvertido  24/08/2021 16:06
    Fernando Schuler? Ele é um cara bem sensato, já vi diversos artigos dele.

    É bom ter uma luz de sensatez, em uma área na qual 95% dos jornalistas são sociais-democratas autodeclarados.
  • Introvertido  24/08/2021 18:59
    Caro 'Em Tempo', vejo que está mais perdido que cego em tiroteio, mas é bom que você já tenha parado a discussão por meio de sua linguagem pejorativa cheia de lugares comuns e falácias, pois contradizer religioso teimoso é como tentar dialogar com a parede: é pura perca de tempo, e não dá nenhuma satisfação, pois o religioso já está convencido que a tal 'verdade absoluta' está ao seu lado.

    Aliás, vejo que você possui sérias tendências psicopatas, pois você fala sobre tudo, mas não refuta meus argumentos. É a arte de vencer um debate sem estar certo.

    Meu objetivo, aliás, nunca foi debater propriamente sobre a existência de divindades ou do 'deus' bíblico, mas vejo que muitos cristãos possuem uma tara em julgar às pessoas por meio de interpretações próprias. Não é atoa que todo religioso é hipócrita, pelo menos do meu ponto de vista.

    Quanto aos links, eu já li todos os artigos desse instituto, e eu sei que eles não comprovam absolutamente nenhum argumento seu.

    O único artigo interessante que você linkou foi o do Rothbard, que trata de explicar sobre às mudanças das explicações econômicas nos últimos séculos, mostrando que o moralismo religioso talvez tenha tido alguma influência no modo de pensar de alguns economistas mais liberais, mas isso também não comprova nada que você disse.

    Saudações.
  • Em Tempo  24/08/2021 23:32
    Um rápido PS:

    Eu, perdido? Ok, caro. Quando um cego não quer ver, ele faz o que vc. faz aqui: vem com argumentos vazios. Se realmente tivesse lido os links, teria entendido, claro, se quisesse entender, não é mesmo?

    Por que será que alguém sem argumentos tem o péssimo hábito de chamar os outros de "perdido"? Bem, para um admirador do Fernando Schüler, não se pode esperar mais nada.

    Sugiro que leia os artigos do Mises que lhe passei e se esforce em entendê-los. E para o seu bem: interpretação de texto é muito útil na vida.

    Seria bom que algumas pessoas percebessem, como está claro nos artigos do Mises e em muitos outros estudos, que sem Cristianismo seria o Islã mandando e nesse caso, caro, além da economia ficar toda centralizada, quem não seguisse Maomé, seria enforcado, etc.

    Para alguns é complicado enxergar o óbvio.

    Boa sorte e adeus.

  • Introvertido  25/08/2021 04:05
    Okay 'Em Tempo', guarde seus conselhos, interpretações e generalizações para si mesmo, não é assim que você debate? É a arte de vencer um debate sem estar certo, a priori, em ação.

    E como eu acabei de dizer no comentário acima, eu já li todos os artigos que você linkou, e eles não provaram absolutamente nada que você afirmou, o máximo de interessante que eu vi, para te ajudar na sua narrativa, foi um artigo do Rothbard, que afirmava que a cultura religiosa de terminadas regiões tiveram certo impacto moral na sociedade como um todo, fazendo determinadas populações valorizarem a honestidade, o trabalho duro, a poupança, etc.

    Mas tais impactos também não são absolutamente positivos se formos considerar a religião como um todo, e como eu já cansei de repetir, o ápice do cristianismo na Europa representou justamente a era da estagnação social europeia.

    Tal estagnação aconteceu simplesmente por causa do excesso de poder em uma mesma entidade, e sinto muito dizer, nenhuma entidade contratada por humanos é livre de ser corrompida. Devemos focar na descentralização do poder, e não na centralização teocrática em nome de um 'ser divino' ou de um livro que diz conter 'a verdade absoluta'.

    Tais entraves sociais e tecnológicas só foram desenferrujadas quando o poder e influência da igreja começou á ser reduzido.

    E como eu já cansei de repitir, nem de longe versículos bíblicos são livres de interpretação, até porque a bíblia é, por si só, um material extremamente vago, cheio de 'simbolismos', 'significados' e 'analogias', e foram por meio de interpretações de tais versículos vagos que a igreja e seus membros sempre utilizaram para justificar seus atos maléficos.

    A bíblia pode até ser, de um ponto de vista sem muitas análises profundas, um material que possa estimular o progresso humano por meio de uma moral importa pela sociedade nos indivíduos, mas passa longe de ser um material com aplicação jurídica e ética, pois qualquer aplicação coerciva de uma lei está livre para ter seus aplicantes e juízes corrompidos.

    Sonho pelo dia na qual tudo será descentralizado e feito de maneira voluntária, a livre-iniciativa e a concorrência significam tudo! E se dois sujeitos querem utilizar da palavra bíblica para resolverem seus conflitos voluntariamente, então que façam isso! Só não queira defender um sistema judiciário coercivo, e como eu também já cansei de repitir, o Estado é, acima de tudo, uma contradição jurídica.

    Quanto ao quesito de você ser cego, eu não possuo dúvidas quanto á isso, pois você abandonou o debate a priori para entrar no debate pessoal, com falácias ad hominem.

    Talvez nem seja cego, acho que é simplesmente uma falha na capacidade de raciocínio e de interpretação mesmo. E como eu já disse anteriormente, recomendo re-ler tudo que eu escrevi até o momento, pois você está deixando suas interpretações errôneas tirar o melhor de você, não á toa, agora está até com uma tara de mencionar toda hora o tal do "Fernando Schüler" em seus comentários, isso é desespero?

    Saudações.
  • Em Tempo  26/08/2021 04:02
    O único "desesperado" em confirmar as suas teorias rasas, caro, é o sr., Introvertido, pois repete sempre as mesmas bobagens, lol.

    Parece um outro leitor aqui.

    Eu já entendi: gosta de polemizar. Ok, repito, não tenho tempo para isso. Vai ler os links do Mises que te passei e tomar um bom chá de camomila.

    Passar bem.
  • ALEXANDRE JOSE ALMEIDA DA SILVA  26/08/2021 14:55
    Não é atoa que todo religioso é hipócrita, pelo menos do meu ponto de vista.

    ... Lamento por seu ponto de vista quando você generaliza.
  • Socorro Machado  25/08/2021 14:08
    Sim, todos os que se opõem aos divinos e iluminados defensores da "democracia", corremos o risco de prisão. Mas, pior do que correr o risco, é permanecer calado e passivo. Imaginemos o que seria o mundo se, alguns corajosos, não houvessem se insurgido contra o establishment? Não podemos nos calar!!
  • Andréa  25/08/2021 17:55
    Não sei como esse site consegue se preservar ativo e no ar expondo opiniões tão avessas aos magistrados. Daqui a pouco, só vou conseguir ler as matérias daqui pela deepweb.
  • ALEXANDRE JOSE ALMEIDA DA SILVA  26/08/2021 13:42
    Se venho a público e digo que ser homossexual é um aberração eu terei a resposta dos meus iguais proporcional à minha coragem ou inconsequência em expor a minha opinião. Terei apoio e terei críticas e o saldo é que terei a aceitação social que assumir ter quando resolvi expor a minha opinião.

    Se digo que na minha opinião o Sol é frio, e a gravidade terrestre não atrai os corpos para o centro da Terra, estaria manifestando uma opinião sem lastro nas conclusões científicas. Poderia ser (e certamente seria), taxado de louco ou de charlatão pelos meus iguais pois objetivamente estaria cometendo uma transgressão sobre algo que tido com encerrado. Igualmente, viveria com a aceitação dos meus iguais q as minhas opiniões determinassem. Mas mesmo neste cenário, nem a própria comunidade científica que poderia se sentir "mais ofendida" com certos níveis de contestação exige aceitação eterna de suas leis, ao contrário, vê na contestação - se frustrada - uma condição de reafirmar a verdade atual e na contestação confirmada uma condição de criar uma nova verdade.

    Entre outros aspectos, as OPINIÕES dos indivíduos colaboram para a existência das relações humanas em suas mais variadas apresentações. Uma pessoa adota uma criança porque é da opinião que isso reduzirá a miséria no mundo, outra cria animais de rua porque entende que está dando um exemplo de amor, um homem casa com outro homem porque entende que o ele busca não está limitado ao gênero oposto, um cara se diverte pulando de paraquedas porque é da opinião de que uma vida sentada no sofá é sem graça. E etc, etc, etc...

    Quem é capaz de tutelar isso? (Para quem acredita, somente Deus).


    Creio, e penso que isto compartilhado pela maioria da coletividade racional, que deveria ser inaceitável e por consequência impraticável punir alguém objetivamente na esfera do sistema de justiça meramente por causa da opinião (ou das opiniões) desta pessoa. Tal impossibilidade se caracteriza (ou se caracterizaria) pela natureza subjetiva do processo de criação das opiniões. Ninguém deveria se considerar capaz de restringir a opinião alheia, dado a simples incapacidade de se compreender em todos os seus aspectos os elementos objetivos e subjetivos que levaram aquela opinião a existir.

    Um marido e pai pode ter a opinião de que deve ser extremamente prazeroso pegar uma sacola pesada, vestir uma roupa quase do seu peso e ir escalar os 7 km do Monte Everest. Para sua esposa recém parida ver o seu marido e pai de seu filho admirando ou planejando este cenário pode parecer uma coisa que beira ao absurdo. E daí? Quem está certo? Quem anseia pela adrenalina da aventura ou quem anseia pela segurança de sua casa? Quem pode tutelar sobre isso e DETERMINAR que ir para o Everest acabando de ter virado pai é uma irresponsabilidade, ou um CRIME? Ninguém. Poder OPINAR, amigos, familiares e qualquer um que se interesse sobre a questão pode. E, cada ente do processo vive com as consequências de suas opiniões externadas perante os seus iguais.

    Sobre a opinião de cada um existe um julgamento dos seus iguais que é igualmente subjetivo e que atinge diversos níveis, do ostracismo completo até a censura pública pesada que supera até as mais rigorosas penas objetivas do código penal. E este é o máximo que deveria corresponder a censura sobre a opinião. Opinião julgando opinião.

    Se, opinião fosse os que os eminetes ministros do STF julgam ser, estaríamos até hoje comprando em vida na mão da igreja católica, terrenos no céu para podermos morar lá após a morte.
  • Introvertido  26/08/2021 14:32
    Caro 'Em tempo', se é para ser desonesto intelectualmente, então nem responda.

    Você está tão cego, que nem lê mais o que eu escrevo, na verdade você 'lê' apenas o que você quer que esteja escrito.

    Ultimamente venho dialogando com um monte de libertários desonestos, pelo jeito nem os principais utilizarios da lógica e dá razão escapam das falácias desonestas, trágico.

    Até agora você não entendeu o que eu estou querendo dizer, eu não estou criticando a religião propriamente dita, estou simplesmente falando que a religião é incompatível com a ética, e qualquer corpo, por mais moral que seja, sempre será corrompido pelo poder.

    Enquanto você não deixar de ser desonesto, nós não iremos á lugar algum. Vai ficar nesse ciclo, até um de nós cansar de ficar respondendo um ao outro
  • Introvertido  26/08/2021 14:45
    O seu problema, caro 'Em tempo', é que você está interpretando tudo errado, todos aqui estão simplesmente falando sobre o quão vago a bíblia é, e sobre a lacuna que um poder teocratico pode causar em uma sociedade, como perseguição aos gays, ateus, e por aí vai, se tudo for levado ao pé da letra, ou quando versículos são interpretados incorretamente, devido todos os 'simbolismos' e 'significados' que a bíblia possui.

    Você, ao invés de entender o que estamos tentando dizer, se auto-cegou pelo seu fanatismo cristão, você está literalmente colocando um monte de palavras nas bocas dás pessoas. Isso é algo extremamente falacioso, é a arte de vencer um debate sem estar aprioristicamente correto em ação.
  • Introvertido  26/08/2021 15:16
    Pensando bem, eu altero minha posição quanto á ideia de religião ser incompatível com a ética, pensei e refleti mais um pouco sobre o assunto, e notei contradições em tal posicionamento. Afinal, a ética libertária tem origens na própria ética cristã, então não faz sentido dizer que religião é incompatível com a ética.

    Mas eu ainda ainda mantenho minha opinião quanto á idéia de a ética religiosa ser incompatível com poderes governamentais, até porque absolutamente tudo é incompatível com poderes autoritários, qualquer corpo, seja lá qual for, sempre será corrompido pelo poder, e um livro cheio de significados e interpretações como a bíblia é o alvo perfeito para isto. Afinal, o Estado é por si só uma contradição jurídica.
  • Introvertido  26/08/2021 18:41
    "... Lamento por seu ponto de vista quando você generaliza."

    Ué, como eu mesmo disse, é do meu ponto de vista, na verdade eu diria que quase todos os seres humanos são hipócritas, pois sempre acabam se contradizendo em algum assunto cedo ou tarde.

    Para um ser humano não ser hipócrita, ou ele precisa necessariamente nunca ter tido uma opinião em sua vida, o que significa que ele precisa ser inocente e sempre estar em estado vegetativo, sem pensar, ou ele precisa ser alguém onisciente.

    Quando alguém me chama me hipócrita, eu nem sinto ofendido, pois eu sei que sou, você também é, todos somos, e religiosos também não escapam da regra.

    Além do mais, você tirou o meu texto fora do contexto, eu estava me referindo ao fato dos religiosos cristãos em geral amarem julgar os outros, sendo que o profeta deles já deixou claro que julgar os outros é pecado, logo, contradição com a própria bíblia que eles dizem seguir.
  • ALEXANDRE  27/08/2021 01:28
    Entendi. Baseado no seu entendimento do que seja "hipócrita" você tem a sua conclusão. É plausível. E é possível a partir das variações de significado que uma palavra pode ter dentro da língua.

    No meu entendimento (sem querer de forma nenhuma desvalorizar o teu), "hipocrisia" se relaciona frequentemente a dolo, de sorte que, incoerências pequenas sem relação com dolo, eu não interpreto como sendo "hipocrisia".
  • Carioca  27/08/2021 00:06
    Vejam como a mentalidade revolucionaria devagar vai corroendo as pessoas.
    Eu geralmente trabalho ouvindo notícias, até mesmo quando faço algum serviço externo, estou sempre ocupando meus ouvidos com alguma informação ou aprendizado.
    Trabalho com um idiota que todos os dias em que está lá me enche o saco.
    Por causa da mídia não tirar o Bonoro da boca, o cara vira e mexe vem me dar uma espetada por causa dos "direitos que estamos perdendo".
    Situação do cara: divorciado, a mulher se separou dele para viver com outro, e por causa da divisão de bens no divórcio ele se ferrou porque, advinhem: a esposinha largou dele exatamente quando ele perdeu o emprego.
    Ele é do tipo que reclama porque está tudo muito caro, mas acha que o "patrão tem que pagar". O cara não sabe nem quanto rende pra ele o próprio FGTS, mas acha isso uma maravilha.
    Estes dias, em um assunto sobre os impostos abusivos no Rio, o assunto se descambou para supermercados, sobre como está tudo tão caro e sobre como a violência tem contribuído para esse aumento abusivo. (Como se não bastasse já o PMDB ter feito um rombo no nosso rabo)
    Ele me solta: "Quer comprar barato? Eu te dou uma dica... vai lá na Pavuna que você encontra tudo na feira." (Se referindo a produtos roubados de caminhão)
    Eu retruquei logo: Tá maluco, cara? É por isso que tá tudo caro, é roubado...
    Ele diz: "Pelo menos não tá roubando trabalhador na rua..."
    Eu: Mas o caminhoneiro não é trabalhador? Você já viu que o Carrefour quer sair do Rio de Janeiro por causa de assalto?
    Ele: "Mas não é o caminhoneiro que é assaltado, é a empresa, o patrão é quem paga... esses malucos que assaltam bancos pra mim são heróis, porque não tá roubando ninguém, o prejuízo vai pro patrão"
    Eu: Vc tá é doido, cara? Quando o patrão leva prejuízo a conta vem pra gente.
    Ele: Não vem pra gente não, eles tem dinheiro rapaz...
    Nesse momento o telefone toca e a conversa se dispersa.
    Mas ja dá para entender como a mentalidade revolucionaria devagar vai corroendo as pessoas. Felizmente, o Brasil ainda não vive um socialismo de verdade, mas a punição para o povo é uma vida miserável por causa do excesso de estado burocrático. Cria-se leis para tudo com o apoio de parcela consideável da população. E a consequência disso é que vivemos amarrados em um estado sufocador, onde qualquer besteira dos nossos governantes, subtrai uma carne do nosso prato, tira uma coisa que nós compraríamos mas já tá caro demais, isso acaba gerando a violência, que desestabiliza o Estado e o obriga a ter mais força, e isso gera corrupção, e o ciclo aumenta, voltando do início, onde tudo começa com ESTADO se metendo aonde não é chamado. Nisso as pessoas gradativamente vão passando a se acomodar e achar que merecem (claro, por causa desse sofrimento todo) ter uma ajuda dos "grandiosos políticos" donos do poder. Só que eles se enganam de que para bater os poderosos, você precisa de mais poder para subjugar, e enquanto nada muda as pessoas vão cada vez mais sentando no colo do "Estado Papai", mais ficando alheios aos seus "benefícios", enquanto muita gente morre e mata por suas consequências.
  • ALEXANDRE  27/08/2021 01:57
    Seu raciocínio está correto. E o pior de tudo é que essa perspectiva não tem se imperado apenas sobre as classes com menos acesso a estudos e informações. Até classes tidas como informadas se demonstram altamente corrompidas pelo pensamento da coisa socializada e estatista.

    Esses dias estava ouvindo numa rádio 4 "jornalistas" comentando o fato de a Ford ter ido embora do Brasil porque "ela não queria pagar impostos". "Que aquilo era um absurdo". "Era inadmissível". "Que ela deveria pagar como todas as outras pagam", "Que o governo deveria processar a Ford para receber tudo o que ja tinha DADO de incentivos fiscais para aquela empresa em todos esses anos que ela aproveitou das benesses do Estado"

    Cara, eu fiquei com vontade de vomitar. Veja o nível de analfabetismo funcional dos caras. De jornalistas que tem acesso a difundir informações para centenas ou milhares de pessoas a qualquer momento de tempo, por ignorância promoverem tamanho desserviço aumentando a desinformação do povo.

    Os caras não entendem que o que eles defendem com legítimo e que de fato foi que fez a empresa ir embora, na verdade é ilegítimo. Que governo não dá benesse quando cobra impostos reduzidos, ele apenas abre mão de expropriar quem produz como rotineiramente faz. Não entendem que a Ford fez o que cada um deveria fazer (ir embora atras de um lugar melhor), se não fossem aprisionados no país pelo Estado e a prova disso é que o estado "da educação publica" e o cara sai do ensino médio sem saber sequer conjugar o verbo To Be.
  • Revoltado  27/08/2021 12:30
    E a mentalidade revolucionária será ainda mais vitaminada!
    Com a Lei 14.188/21e o Artigo 142-B na Constituição, uma mulher pode mandar um marmanjo à prisão por sere contrariada, por mínimo que seja. Na verdade, o texto é tão absurdo e surreal, que mesmo outras mulheres (amigas ou companheiras lésbicas) poderão sofrer respingos legais.
    A coisa é tão surreal que até o canal Visão Libertária fez um artigo só do tema!
    O que vai ter de cara que comerá o pão que o Diabo amassou e ejaculou dentro da casca depenado na Vara da Família ou mesmo pais de garotas menores padecendo numa Vara da Infância e Juventude chegará a níveis estratosféricos.
    Se o processo de divórcio de seu amigo doutrinado tivesse ocorrido mais recentemente, com certeza ele teria mais razões para lamentar a vidinha presente.

    www.youtube.com/watch?v=o7d4DuM4Umg
  • Estado máximo, cidadão mínimo.  27/08/2021 14:08
    Típica mentalidade de brasileiro "esperto" muito comum de encontrar desse seu colega aí. E são justamente comportamentos assim que sabotam qualquer perspectiva de melhoria social. Pessoas desse naipe não se tocam de que ninguém vai querer progredir de vida em um ambiente que a qualquer momento pode-se ser roubado ou via estado ou via criminosos.
  • Askeladden  27/08/2021 10:50
    Quem deveria proteger a constituição rasga ela.

    Você foi o escolhido! Foi dito que você iria destruir os Sith, não se juntar a eles! Você deveria ter trazido equilíbrio à Força, não deixá-la na escuridão.
    Você se tornou aquilo que jurou destruir.
  • Johannes  27/08/2021 14:07
    É claro que que é lícito! Como mais vocês querem combater fake news? Ou vocês negam que fake news influenciam eleições e ferem a democracia? Como mais vocês querem combater essa assustadora polarização política? Liberdade de expressão não é a mesma coisa que liberdade pra mentir e polarizar. É sério, saiam um pouco do condomínio fechado de vocês e vejam o mundo real com os próprios olhos!
  • Kepler  27/08/2021 14:24
    Correto. A melhor maneira de evitar a polarização é jogando na cadeia os defensores de apenas um lado, e pelo somes fato de terem feito críticas (dado opinião).

    Obrigado por explicitar o tipo de gente que defende isso.


    P.S.: gentileza explicar por que é errado haver polarização (que nada mais é do que discordância). Vocês estão com saudades da época em que havia total consenso esquerdista e que todos diziam amém para você, né? Lixo.
  • Marcos Rocha  27/08/2021 14:25
    Se fake news dá cadeia, então todo o PT era para estar enjaulado. Apenas veja a propaganda eleitoral deles em 2014. Era só mentiras e calúnias. E em horário nobre e com chancela oficial.

    Logo, diga aí: você defende cadeia para toda a cúpula do PT? Se você for minimamente coerente, sua resposta tem de ser sim'.
  • Revoltado  27/08/2021 14:55
    Amigo, não querendo desanimá-lo, mas espere deitado, porque mesmo sentado te cansarás, aguardando coerência dos canhotos petistas.

    Quando se trata de proteger a ideologia e obedecer aos "memorandos" da cúpula 13, aplaudem mesmo atitudes que alegadamente condenam em qualquer outra chapa mais à direita, como humilhar solenemente médicas com décadas de experiência na tal CPI da Covid-19 ou fazer pouco caso de pessoas modestas, quando estas confrontam investimentos na ifnra-estreutura feitos em países não muito democráticos, porém aliados do Partido dos Trabalhadores, enquanto controlavam o Executivo, vide o homem mal-tratado, quase tendo o celular confiscado pelos seguranças do Ladrão de 9 Dedos, quando este foi fazer caravana no Piauí.

    Nenhum dos mesmos canhotos que tenho como contatos em rede social vociferou algo contra. É como se nada tivesse ocorrido, sabes?
  • Fernando  27/08/2021 18:08
    Observe que todos que defendem censurar pessoas jamais dizem que estão defendendo censurado. Ao contrário, sempre dizem estar defendendo "causas nobres", como a "verdade", a "ciência", a "democracia" e até mesmo a "liberdade".

    1984 total.
  • Revoltado  27/08/2021 18:46
    Novlíngua orwelliana pura, meu caro!

    Os influenciados, coitados! São gado que marcham mugindo com alegria, para o abate.

    Nine-Fingers, uma vez mais confessa que deseja censurar qualquer coisa que chame-se mídia no Brasil (como se a mainstream já não lhe adulasse o suficiente). Contra quem ou quê bradam os progressistas em redes sociais? Com o Regime Militar que findou-se há mais de 35 anos e ironicamente criou uma penca de estatais que estes se estrebucham quando alguém cogita em privatizá-las.
    O mesmo Haddad tinha a mesma pauta como plano petista em 2018, mas ganhou votos dos mesmos beócios!
  • Aurílio Nascimento  31/08/2021 08:10
    "Se liberdade significa alguma coisa, significa dizer aos outros o que eles não querem ouvir" - A revolução dos bichos. George Orwell.
  • Revoltado  31/08/2021 19:24
    Outro dito, cujo autor não me lembro, mas é bastante real:

    "Queres irritar um conservador? Mente para ele. Queres irritar um esquerdista? Diz-lhe a verdade"

    Concordo em gênero, número e grau. Nem o Diabo (o Pai da mentira, conforme o Evangelho de João) corre tanto da verdade como os canhotos nutellas.
  • nill  04/10/2021 19:26
    As melhores frases sobre a lIBERDADE : " Aqueles que negam liberdade aos outros não a merecem para si mesmos. Tenho alma de vento, meu destino é ser livre. "
    Sem liberdade de criticar, não existe elogio sincero. Se você quer ser uma pessoa livre comece a pensar com a própria cabeça. Prefiro os perigos da liberdade ao sossego da servidão.
    A liberdade exige, antes de tudo, coragem. ! Às vezes, a liberdade é assustadora. Mas não há nada mais incrível do que assumir riscos e ser quem você é. Eu poderia perder todos os bens materiais e não me importaria. No entanto, se eu perder a minha liberdade, terei perdido tudo. Aquele que se conforma com pequenos relapsos de liberdade, jamais será verdadeiramente livre. Liberdade não prevê segurança. Para ser livre, é preciso ter coragem e se arriscar! Você precisa de força para lutar pela liberdade e de coragem para sustentá-la em sua vida. Ninguém pode domesticar o coração de quem fez um pacto com a liberdade. Liberdade não pode ser comprada e muito menos ganhada. Liberdade é uma conquista! Não basta querer ser livre, é preciso assumir as responsabilidades da liberdade! Que raie o sol da liberdade sobre o mundo e desperte a consciência da humanidade! Observação : se eu tivesse lido essas belas frases sobre a liberdade antes de ter lido este artigo do Mises. Talvez achasseessas frases sobre Liberdade meio caretas. Mas ! O Artigo : A irrefreável ascensão dos intolerantes: é lícito punir alguém pelo "crime" de proferir palavras? Prova o tanto que essas frases são verdadeiras e cheias de Sabedoria. Talvez o melhor deste Artigo do Mises seja nos despertar para a necessidade de lutar pela Liberdade. Por fim uma última frase. " Cada geração terá que lutar por sua liberdade" O autor esqueci o nome,mas Ele não estava apenas sendo poético com essa frase. Na realidade achamos que a Liberdade é igual o ar que respiramos. Basta dar uma tragada de ar. Na realidade a liberdade é conquistada todos os dias. Existem os inimigos da liberdade. Existem os inimigos da liberdade, repito. E se não tomarmos cuidado. A liberdade pode desaparecer por muito,muito tempo. Espero que não me ache apenas poético, mas um homem prevenido.
  • anônimo  05/12/2021 10:16
    Assunto off-topic:

    revistaoeste.com/politica/partido-de-bolsonaro-convida-mauricio-souza-para-disputar-eleicoes-em-2022/

    Será que ele se vendeu ao sistema ?


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.