clube   |   doar   |   idiomas
Intenção de compras no Natal é a maior desde 2014, mostra FGV

O indicador da Fundação Getulio Vargas que mede o ímpeto de compras no Natal avançou para 65,5 pontos neste ano. O resultado é superior ao registrado em 2018 (61,1) e o melhor nível para a data desde 2014, quando o país entrou em recessão. A FGV estima que as vendas devem crescer acima de 2,1% este ano em relação ao Natal anterior puxadas principalmente pelo ânimo dos brasileiros com a liberação do FGTS. A média de preços dos presentes, também considerada na pesquisa, aumentou de R$ 86 para R$ 104. Outro dado importante para o comércio é que o percentual de consumidores que anteciparam as compras do Natal na Black Friday caiu de 33% para 18,2%.


autor

Money Report
Money Report é uma plataforma de comunicação que envolve Portal de notícias.

Do ponto de vista editorial, Money Report defende a redução do tamanho do estado, o livre mercado, a democracia e o estado de direito.






Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.