38º Podcast Mises Brasil - Lucas Grassi Freire




logo_baixa.jpgENTREVISTA 38 - LUCAS GRASSI FREIRE

Atualmente concluindo o doutorado em Relações Internacionais na Universidade de Exeter, na Inglaterra, Lucas Grassi Freire desenvolve um instigante trabalho de investigação de metateoria nessa área utilizando ensinamentos da Escola Austríaca, fruto de seus estudos anteriores sobre a metodologia econômica e a filosofia da ciência na obra de Ludwig von Mises para a monografia de graduação em economia na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Nesta entrevista ao Podcast do Instituto Mises Brasil, Lucas explica como os conhecimentos prévios da Escola Austríaca o têm ajudado nos estudos acadêmicos do doutorado em Relações Internacionais:

"Uma das conclusões que emergiu desse trabalho era que a metodologia Austríaca estava imune a algumas críticas que a filosofia da ciência poderia levantar. Outra conclusão é que isso abre um espaço para introduzir a Escola Austríaca por uma outra via, que é a via da metolodogia para uma audiência que talvez não conheça, ou para conquistar um espaço na disciplina. E isso me chamou a atenção para o fato de que, em geral, disciplinas acadêmicas têm uma camada de pesquisa e debates que não é, no caso da economia por exemplo, sobre estrutura de mercado, ou sobre competição ou política econômica, mas sobre as bases do conhecimento acadêmico e científico de uma determinada disciplina. A percepção de que existe uma camada intermediária de discurso me levou a analisar como, nas Relações Internacionais, podemos identificar a camada de discurso e qual seria o papel dela, que eu tenho chamado de metateoria, ou seja, teoria sobre teoria.

Um outro sentido em que essa pesquisa inicial sobre a Escola Austríaca me ajudou foi dar um certo impulso para procurar uma clareza de raciocínio, porque é importante esclarecer qual o problema e qual a abordagem que precisa ser introduzida em resposta a esse problema, e como ela lida com aquele problema de uma maneira melhor do que as abordagens rivais. Outro ponto é que isso também me alertou para o fato de que algumas diferenças entre várias abordagens em uma disciplina acadêmica, seja ela uma ciência natural ou social, tem a ver não com os fatos ou com a teoria em si, mas com os pressupostos filosóficos por trás da teoria, sejam eles de natureza ontológica, epistemológica ou mesmo de valores".

Lucas, também graduado em Relações Internacionais pela PUC de Minas Gerais e com mestrado em RI na mesma Universidade de Exeter onde é assistente de ensino, também explicou porque a sociedade internacional, sob a perspectiva da Escola Inglesa de RI, funciona de forma anárquica, e sobre a posição pacifista do professor inglês e teórico da área Martin Wight, e de que forma sua teoria complementa ou avança teoricamente, no plano internacional, a concepção libertária da não-iniciação da agressão.

Editor do blog Política Reformada e coautor do blog I Think Therefore IR, Lucas falou sobre como a concepção de praxeologia pode ajudar a entender a política, comparou, com base na sua experiência em ambos os países, o grau de esquerdismo na academia brasileira e inglesa e contou como conheceu as ideias libertárias e a Escola Austríaca.   







Nenhum comentário / Seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário / Seja o primeiro a comentar!

Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
  Nome
  Email   (também utilizado para o Avatar, crie o seu em www.gravatar.com)
  Website
Digite o código:

Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.







Multimídia   
  Podcast Mises Brasil
        por Bruno Garschagen - 06/01/2019
  Conferência de Escola Austríaca 2014
        por Diversos - 23/10/2014
  Fraude - Explicando a grande recessão
        por Equipe IMB - 31/10/2012
veja mais...



Instituto Ludwig von Mises Brasil



contato@mises.org.br      formulário de contato           Google+
Desenvolvido por Ativata Software