rss Assine o RSS de Artigos da Mises.org.br
Odiar o governo e os governantes não é o mesmo que defender a liberdade
por , quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016
revolucionário.jpgHá sempre aqueles defensores da liberdade que, ao verem a ascensão de candidatos radicais que representam uma ameaça à ordem política estabelecida, se sintam animados, pois isso, segundo eles, representa um aberto descontentamento com o status quo.

Mas há um problema: o poder estatal ao qual nos opomos não é idêntico à elite governante (o establishment) que rejeitamos.  É perfeitamente possível você derrubar o establishment e, ainda assim, ficar com uma gigantesca máquina de exploração legalizada.  Todas as agências reguladoras, todas as leis criadas por políticos, todas as regulamentações e todos os demais poderes estatais continuam intactos.

E com um novo problema: outra pessoa estará agora no comando do estado.  Simplesmente houve uma troca da elite governante.  E o novo establishment pode ser ainda pior do que aquele do qual você acabou de se livrar.

Com efeito, normalmente é.  Talvez sempre.

leia mais...

rss Assine o RSS de Artigos da Mises.org.br
O atual arranjo cambial tem apenas 45 anos - e decorre de um acidente artificialmente criado
por , terça-feira, 9 de fevereiro de 2016
dolares.jpgPouco se comenta sobre isso, mas o arranjo de taxas de câmbio flutuantes é uma invenção extremamente jovem.  Fará apenas 45 anos de idade em agosto deste ano.

No entanto, se você é do tipo que acompanha o que os economistas dizem, terá a impressão de que câmbio flutuante não apenas é uma espécie de lei que jamais deve ser transgredida, como, mais ainda, terá a impressão de que tal arranjo sempre predominou na história do mundo, e que para sempre predominará.

Errado.

leia mais...

Artigos anteriores

veja mais...

  Mises Brasil Summer School
        Local: São Paulo - SP
        Data: 24/02/2016 20:22


Mais acessados








Multimídia   
  Podcast Mises Brasil
        por Bruno Garschagen - 06/01/2019
  Conferência de Escola Austríaca 2014
        por Diversos - 23/10/2014
  Fraude - Explicando a grande recessão
        por Equipe IMB - 31/10/2012
veja mais...



Instituto Ludwig von Mises Brasil



contato@mises.org.br      formulário de contato           Google+
Desenvolvido por Ativata Software