28/11/2016 00:00  por  Rodrigo da Silva \  economia

Brasil, 2016.

Os estados estão falindo.
As escolas estão sendo invadidas.
As câmaras legislativas estão sendo depredadas.
Os políticos estão sendo presos.
dinheiro acabou.

Ninguém acredita na imprensa. 
Ninguém acredita no governo.
Ninguém acredita nos sindicatos.
Ninguém acredita em partido político algum.

Somos o país que mais mata.
O que mais burocratiza.
O que menos oferece retorno dos impostos.
O que mais violenta professores.
O que tem mais medo de tortura policial.
O líder em mortes por balas perdidas.


19/11/2016 00:00  por  Fabio Barbieri \  economia

A atual crise do PT, confirmada pelo recente fracasso nas urnas nas eleições municipais, causou um significativo aumento nas ocorrências do curioso hábito de ornamentar com belas aspas o termo "esquerda".

Os analistas políticos que se identificam com tal rótulo, mas não com o partido, na ausência da famosa autocrítica por parte deste último, afirmam que, com a corrupção sem precedentes, o PT teria traído a causa original. Reconhecem, com menor frequência, que as políticas econômicas que nos legaram a grave recessão presente prejudicaram os mais pobres, via inflação e desemprego. Sendo assim, concluem eles, o partido não representaria a verdadeira esquerda, sem aspas.


08/11/2016 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

Hillary assusta muito porque é parte da elite que bebe conselhos e embolsa grana de outros elitistas, que por sua vez optam por nem tentar entender por que Trump tem várias dúzias de milhões de seguidores. Hillary e sua trupe, em caso de vitória, devem agir na linha do "ganhamos mesmo, e vamos aprofundar a imposição da agenda do politicamente correto e da social-democracia à la francesa, e de quebra vamos continuar menosprezando e ignorando o outro lado.".

O problema é que, por incrível que pareça, a polarização estridente de hoje tende a piorar. E uma piora aumenta as chances de um impeachment, cenário que mesmo hoje já se pode enxergar ao longe. Pode-se chegar a um ponto de ebulição, dependendo de quem Hillary nomear à vaga atual na Suprema Corte.

Continua.


01/11/2016 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

Gosto de muito do que o Leandro Karnal fala, mas nesta ácida crítica ao empreendedorismo ele errou feio.

Ele critica o empreendedorismo por ser uma 'religião'; diz que a busca pelo êxito junto ao mercado (isto é, o êxito em bem servir, atender e saciar as necessidades e desejos de terceiros, de modo a assim também alcançarmos nossos objetivos pessoais) é uma frustrante busca de felicidade.

Karnal critica metas, critica a livre associação de pessoas em torno de um objetivo comum, e critica a busca por resultados.


31/10/2016 00:00  por  Fernando Ulrich \  economia

Em maio de 2010, o usuário laszlo escreveu em um fórum de discussão que desejava comprar duas pizzas e pagaria 10.000 BTC para quem conseguisse entregar na sua casa em Jacksonville, na Flórida.

Quatro dias depois da oferta inusitada, um usuário localizado na Inglaterra acudiu laszlo e topou o desafio. Depois de encontrar uma pizzaria na cidade do sujeito, o cidadão inglês fez a encomenda e pagou com seu cartão de crédito ao redor de US$ 25 pelas duas pizzas. Considerando a atual cotação do Bitcoin, 10.000 BTC equivalem a cerca de US$ 6,5 milhões.

Ou seja, uma pizza milionária digna de um lugar no Guinness Book.


31/10/2016 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

Rodrigo Galindo fez algo para o qual não há desculpa nem defesa (como ele próprio reconhece). Tampouco serei eu quem irá defendê-lo. Mas aproveitarei o gancho para fazer um comentário sobre esse tão pouco compreendido ramo, que é o processo seletivo de consultorias. Há uma falha conceitual a respeito da "correta remuneração" dessa atividade.

27/10/2016 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

A centralização de poder (diagrama A, caso do Brasil) concentra decisões em um ponto central relevante, como Brasília. Erros e falhas se propagam por toda a rede e a comprometem.

A descentralização de poder (diagrama B, caso dos Estados Unidos) melhora a robustez, mas ainda apresenta os mesmos problemas nos níveis regionais.

A distribuição equitativa de poder (caso C, libertarianismo) apresenta o melhor resultado, protegendo o tecido social e permitindo a máxima interação mútua.

Libertários se concentram na infraestrutura de poder, prevendo que um melhor desenho gerará benefícios impossíveis de prever.


26/10/2016 00:00  por  Fernando Ulrich \  economia

Os tempos definitivamente mudaram. Isso é surpreendente e mostra a transição evidente no padrão de consumo e produção de conteúdo midiático que estamos testemunhando.

TV aberta, jornais impressos, rádio, e demais mídias tradicionais talvez não sumirão da face da terra, mas estão cada vez mais em pé de igualdade diante das novas tecnologias.

No futuro, talvez sejam menos relevantes que as novas formas.

Qualquer um hoje tem a seu dispor ferramentas poderosíssimas para criar e produzir conteúdo original e fazer disso um negócio ou um modo de vida.


03/10/2016 00:00  por  Flavio Augusto \  filosofia

Votar é seu direito, mas é obrigatório.

FGTS é seu direito, mas é obrigatório ficar retido pelo governo, rendendo menos que a inflação.

Ser representado por um sindicato é seu direito, mas a contribuição sindical é obrigatória pra sustentar sindicalistas.

Mais de 70% dos empregos no Brasil são gerados por micro e pequenas empresas, mas empresário é só um explorador.

Político que voa de jatinho e se hospeda em hotel 5 estrelas com dinheiro de impostos pagos pelo povo, por empresas e por empreendedores é alguém com "consciência social".  Já os empreendedores que ralam pra pagar esses impostos e empregar o povo são a "elite".


25/09/2016 00:00  por  Diversos Autores \  economia

Sim, a possibilidade de o aluno agora ter o direito de escolher quais matérias ele quer fazer e quais não quer fazer representa um avanço.  Isso é digno de aplausos e merece elogios.

Mas de nada adianta essa maior liberdade se, em troca, nossos filhos serão obrigados a ficar 7 horas por dia sob o controle de professores engajados, de politiqueiros e de agitadores sindicais



CATEGORIA
  
POST POR DATA