rss Assine o RSS de Artigos da Mises.org.br
Maduro, Mugabe, Milosevic - e o bolívar como papel higiênico
por , terça-feira, 30 de junho de 2015

maduro.jpgO que Slobodan Milosevic, Robert Mugabe e Nicolás Maduro têm em comum?  Além da adoção do Manifesto Comunista, a hiperinflação.

A 552% ao ano, a inflação de preços da Venezuela é atualmente a maior do mundo.  Atualmente, a Revolução Bolivariana está pressionando os preços a uma taxa de 40% ao mês.

Mas será que esses números impiedosos bastarão para derrubar o reino de Maduro?  É provável que não.  A Iugoslávia de Milosevic e o Zimbábue de Mugabe vivenciaram taxas de inflação muito maiores que as da Venezuela, e ambos ficaram no poder por vários anos. 

Slobodan Milosevic já estava no poder quando a inflação aniquilou a economia da Iugoslávia.  A insanidade inflacionista de Milosevic chegou ao ápice em janeiro de 1994, quando a taxa de inflação mensal alcançou 313.000.000% (trezentos e treze milhões por cento) — quase nove milhões de vezes maior que a atual taxa mensal da Venezuela.  Não obstante, Milosevic se manteve firme no poder da Iugoslávia — ou no que restava dela — por mais seis anos.  Após a guerra do Kosovo e com a saída de Milosevic, e com a eleição de um novo presidente em 2000, as coisas se estabilizaram.

leia mais...

rss Assine o RSS de Artigos da Mises.org.br
E se a Grécia sair do euro?
por , segunda-feira, 29 de junho de 2015
Greece_2347277b.jpgSempre que um país passa por problemas econômicos, surge um grupo de economistas dizendo que tudo pode ser corrigido caso o governo simplesmente desvalorize a moeda — isto é, deprecie sua taxa de câmbio.

Não obstante não seja possível encontrar um só exemplo de país que tenha saído da pobreza e se tornado próspero depreciando sua moeda em relação às outras, tal "solução" segue impavidamente em voga. A desvalorização da moeda é uma panacéia que ainda atrai muitos "pensadores" e continua sendo uma ideia extremamente popular entre alguns círculos de economistas.

Aproveitando o momento, façamos um exercício mental para analisar as prováveis consequências da desvalorização.  Vamos utilizar a Grécia como exemplo.

leia mais...

Artigos anteriores

veja mais...


Mais acessados








Multimídia   
  Podcast Mises Brasil
        por Bruno Garschagen - 06/01/2016
  Conferência de Escola Austríaca 2014
        por Diversos - 23/10/2014
  Fraude - Explicando a grande recessão
        por Equipe IMB - 31/10/2012
veja mais...



Instituto Ludwig von Mises Brasil



contato@mises.org.br      formulário de contato           Google+
Desenvolvido por Ativata Software